Assine a nossa newsletter, e receba o melhor conteúdo da web onde você estiver.

fechar busca

Institucional

35 coisas que os médicos fazem para cuidar do coração


Imagem: shutter_m/iStock

A doença cardíaca mata mais do que todos os cânceres somados. Eis como cardiologistas e outros profissionais de saúde reduzem essa probabilidade para si mesmos.

1. Como ovos

“A ciência mostra que uma alimentação sem colesterol não reduz necessariamente o colesterol da pessoa. Na verdade, quando seu nível no alimento é alto, esse colesterol costuma agir como antioxidante. Os ovos são ricos em proteínas que saciam e em gorduras essenciais.”
DRA. CAROLYN DEAN, naturopata.

2. Durmo oito horas por noite

“A falta de sono está ligada à pressão arterial mais alta, fator de risco para cardiopatias. Tento me deitar às dez toda noite. Não assisto à TV logo antes de me deitar e escureço o quarto. Também nunca bebo cafeína depois das dez da manhã e evito bebidas alcoólicas nas noites de trabalho.”
DRA. JENNIFER HAYTHE, cardiologista.

3. Uso as escadas

“Os confortos modernos, como os elevadores e escadas rolantes, reduzem a quantidade de exercício que fazemos no cotidiano. Para contrabalançar, subo escadas em todas as oportunidades.”
DR. RICHARD WRIGHT, cardiologista.

4. Medito

“O estresse provoca a liberação de catecolamina, composto orgânico que pode levar à insuficiência cardíaca e ao infarto. Obtenho alívio com 20 minutos diários de meditação.”
DRA. ARCHANA SAXENA, cardiologista.

5. Pratico crossfit

“O exercício reduz o ‘pico de cortisol’, o jorro de hormônios do estresse ligado ao aumento do risco de infarto e AVC.”
DR. ADAM SPLAVER, cardiologista.

6. Procuro sempre motivos para rir

“Ver o humor nas situações cotidianas me ajuda a ter uma boa visão das coisas. Rir dilata as artérias e mantém baixa a pressão arterial.”
DRA. SUZANNE STEINBAUM, cardiologista.

7. Como frutas vermelhas

“As frutinhas vermelhas têm antioxidantes naturais, como as vitaminas C e E, e antocianina, pigmento que lhes dá sua cor, e ambos ajudam o coração. Como essas frutinhas regularmente, frescas ou congeladas.”
DR. NITIN KUMAR, gastroenterologista. 

8. Respeito o poder da pressão arterial

“Em 2015, um estudo que fizemos constatou que baixar a pressão arterial sistólica (o número mais alto) para 120 mm reduzia em 25% a taxa de morte devida a cardiopatia, insuficiência cardíaca, AVC e infarto. É importante manter a pressão sob controle com alimentação saudável, atividade física e controle do peso.”
DRA. CORA E. LEWIS, epidemiologista.

9. Cuido dos dentes

“A boa higiene bucal provoca menos inflamação sistêmica a curto prazo. Embora sejam necessárias mais pesquisas para determinar se isso reduz infartos e AVCs – o vínculo é discutido há décadas –, ter a boca saudável é importante para o bem-estar geral.”
DRA. JULIE CLARY, cardiologista.

10. Tomo a vacina contra a gripe todo ano

“Vacinar-se contra a gripe é bom, principalmente para quem tem cardiopatia e insuficiência cardíaca. Recentemente, foi comprovado que a vacina protege da fibrilação atrial recente (ritmo cardíaco irregular).”
DR. JASON GUICHARD, cardiologista.

 

Por Charlotte Hilton Andersen

Saiba mais sobre o que os médicos e outros profissionais fazem, lendo o artigo na íntegra, na revista Seleções de fevereiro de 2018.

 

Leia mais:


ATENDIMENTO ONLINE

Tire suas dúvidas online

Iniciar Chat