Medicamentos: a hora certa pode ser decisiva

Descubra qual é o melhor horário para tomar cada tipo de remédio
 

As instruções na bula podem dizer apenas “uma vez ao dia”. No entanto, por causa do seu ritmo circadiano – o relógio biológico que governa o sono, a produção de hormônios e outros processos –, seu corpo não responde aos medicamentos da mesma maneira em horas diferentes do dia.

“Alguns medicamentos são bem menos eficazes e/ou menos tolerados se tomados no momento biológico errado”, afirma Michael Smolensky, professor de engenharia biomédica na Universidade do Texas.

Um campo de estudos de ponta chamado cronoterapia defende a sincronização do regime medicamentoso com seu ritmo circadiano para maximizar a eficácia e minimizar os efeitos colaterais. Eis os melhores horários para tomar remédios com base na cronoterapia e em outros fatores. (Observação: Jamais altere seu regime medicamentoso sem consultar o médico.)

Melhores pela manhã:

Antidepressivos Sono prejudicado é um efeito colateral comum de alguns inibidores seletivos de recaptação de serotonina, motivo pelo qual os especialistas em geral recomendam tomá-los ao acordar.

Medicamentos para osteoporose É difícil para o corpo absorver remédios à base de bifosfonatos, usados para prevenir e tratar a osteoporose. Por isso os médicos aconselham tomá-los com água em jejum, ao acordar, e esperar uma hora antes de comer, beber ou tomar outros medicamentos.

Melhores na hora do jantar:

Remédios para azia O estômago produz duas ou três vezes mais ácido entre as 22 e as 2 horas do que em qualquer outro período do dia. Portanto, medicamentos bloqueadores de histamina para reduzir a produção de ácido devem ser tomados 30 minutos antes do jantar. Isso vai controlar a acidez no estômago durante a madrugada.

Antialérgicos A rinite alérgica costuma piorar à noite e apresentar os piores sintomas pela manhã, quando os níveis de histamina, que desencadeiam os sintomas, estão mais altos. Anti-histamínicos tomados uma vez ao dia chegam ao pico de atuação entre 8 e 12 horas após a administração, portanto, tomá-los no jantar permite um melhor controle dos sintomas matinais. (Para anti-histamínicos tomados duas vezes ao dia, prefira pela manhã e à noite.)

Melhores ao deitar:

Remédios para o colesterol A produção de colesterol no fígado é maior após a meia-noite e menor pela manhã e no início da tarde;
assim, as estatinas devem ser tomadas logo antes de dormir.

Remédios para a pressão A pressão arterial em geral é mais alta durante o dia e mais baixa durante o sono. Mas muitos hipertensos não apresentam essa redução noturna, sobretudo com o avançar da idade. Isso é fator de risco de AVC, infarto e doença renal. Por isso, os médicos aconselham tomar certos anti-hipertensivos, como inibidores da ECA e bloqueadores de receptores de angiotensina, antes de dormir.

Conforme os sintomas:

Remédios para osteoartrite Segundo pesquisadores franceses, é melhor tomar anti-inflamatórios não esteroides, como o ibuprofeno, cerca de seis horas antes de a dor chegar ao auge, para terem efeito no momento certo. Se a dor tende a ocorrer à tarde, tome os remédios entre a metade da manhã e o meio-dia. Para dores à noite, tome-os no meio da tarde. E no jantar para dores de madrugada.   

 

Vote it up
634
Gostou deste artigo?OBRIGADO
 

 

 

Na Nossa Loja