Mitos da economia verde

Derrubamos algumas concepções erradas e muito comuns
 

Aparelhos como TVs e notebooks não gastam energia quando ligados na tomada sem ser usados.

Falso: Alguns aparelhos elétricos gastam energia mesmo quando não estão em uso. Esse “poder de vampiro” desperdiça energia, e o melhor modo de evitar isso é tirar o aparelho da tomada. Quem desliga os aparelhos da tomada em vez de deixá-los em modo stand by pode economizar cerca de 170 reais por ano, em média.

Usar a lava-louças gasta mais energia do que lavar os pratos à mão.

Falso: Ao contrário do que se possa pensar, usada de modo adequado a lava-louças pode gastar menos energia do que a lavagem dos pratos na pia. Só ligue a máquina com a carga completa e arrume a louça corretamente. Quando possível, use o ciclo ecológico, que consome menos água e energia.

Os painéis solares não geram eletricidade em dias nublados.

Falso: Embora sejam mais eficazes sob sol forte, os painéis solares continuam a captar a energia da luz difusa, mesmo em dias nublados. Os meses de verão são mais produtivos porque há mais horas de luz do que no inverno.

No desktop, os protetores de tela poupam energia.

Falso: Como o monitor continua ligado, o protetor de tela é só mais um programa e consome energia como qualquer outro. Embora os computadores tenham configurações de suspensão e desligamento que poupam energia, desligar o monitor ou mesmo o computador durante as pausas é o modo mais eficaz de evitar o desperdício.

Deixar o ar-condicionado ligado direto gasta mais energia do que ligar e desligar quando necessário.

Falso: Quando você liga e desliga o ar-condicionado muitas vezes, o consumo de energia aumenta. Nos modelos mais modernos, com a tecnologia “inverter”, ao atingir a temperatura desejada o compressor diminui a velocidade de rotação, mas não desliga totalmente, mantendo a temperatura desejada e poupando energia.

...e quanto ao carro

Motores menores sempre gastam menos combustível.

Falso: Um carro grande equipado com um motor 2.0 pode gastar menos do que o mesmo carro com um motor 1.6, porque o motor maior se esforça menos para deslocar o mesmo peso. Num teste realizado no Reino Unido, uma minivan com motor pequeno teve uma eficiência muito menor no uso do combustível do que outra com motor maior.

Vote it up
625
Gostou deste artigo?OBRIGADO
 

 

 

Na Nossa Loja