fechar busca

Publicações

Levando luz à escuridão


 

“Ser um pontinho de luz é iluminar a vida de alguém que está na escuridão.” Esse é o propósito de Luiz Gabriel Tiago, 39 anos, que há sete está à frente da empresa social Pontinho de Luz, que, entre outras ações solidárias, realiza treinamentos de gentileza, para promover o bem. “Eu não consigo ensinar ninguém a ser gentil, mas posso acentuar essa vontade de ajudar o próximo nas pessoas”, afirma Luiz Gabriel.

E é o que ele vem fazendo com dedicação: a rede já treinou 35 mil pessoas, no Brasil e no mundo, para arrecadando recursos com empresas e receber doações, que são encaminhadas aos projetos sociais apoiados pela Pontinho de Luz.

Os pedidos de ajuda chegam via internet. Após a recente indicação de Luiz Gabriel ao Prêmio Nobel da Paz, eles triplicaram. “Antes, recebíamos, por mês, até 25. Agora, são mais de 100 por dia. Montamos um mutirão para darmos respostas a todos. Infelizmente, não conseguimos atender a todos. Mas encaminhamos alguns para ONGs e cadastramos pessoas para receber, no futuro, cestas básicas”, explica Luiz Gabriel.   

Marta Figueiredo, responsável pelas ações sociais do Pontinho de Luz no Brasil, e Luiz Gabriel.

Os números da Pontinho de Luz impressionam: por mês, a empresa distribui cinco toneladas de alimentos, através das cestas básicas, destinadas às famílias cadastradas no Rio de Janeiro e em São Paulo. “Retiramos, aproximadamente, 300 famílias do estado de fome nos últimos anos. Isso equivale a 1.500 pessoas, pois a média para cada família é de cinco pessoas. Nesses sete anos, já arrecadamos 500 toneladas de alimentos”, afirma.

Levando uma vida simples, Luiz ainda mora na mesma casa, no bairro de Várzea das Moças, em Niterói. Antes de criar a Pontinho de Luz, enfrentou dificuldades, vendeu cafezinho na rua e foi office boy. “Foi quando aprendi que a solidariedade existe e que a população precisa de ajuda”, afirma.

Sobre a indicação para o Nobel da Paz, ele diz: “Não posso parar, vejo que estou no caminho certo. Sei que o meu trabalho é matar a fome e a sede, e fazer o bem.”

Falando sobre sonhos que gostaria de realizar, ele não hesita: “Gostaria que um dia a Pontinho de Luz perdesse o sentido de sua existência”,
finaliza, com a voz embargada.

 

Pontinhos que formam uma grande rede

Além de distribuir cestas básicas, a Pontinho de Luz realiza outros projetos sociais. Tudo é entregue aos participantes da empresa social e ajudam na concretização de cada ação.

Assistência para a população em situação de rua: entrega de alimentos, água, roupa e material de higiene.

Atendimento para gestantes carentes: apoio com remédios, vitaminas,
alimentação, fraldas, enxoval, berços, banheiras.

Realização de sonhos, como ida aos asilos para levantar e concretizar a vontade dos idosos: ir ao cinema, a um salão de beleza, entre outras.

Obras de reparos: mutirões para ajudar em pequenos reparos em casas
em situação de risco.

Dia do abraço: a rede da Pontinho de Luz marca um local, data e horário,
em todo o país, e distribui abraços.

 

Por Márcio Gomes

Leia mais:


ATENDIMENTO ONLINE

Tire suas dúvidas online

Iniciar Chat