fechar busca

Saúde

Antes de abrir aquela lata de refrigerante, leia isto


Num dia quente, refrigerantes gelados ajudam a combater o calor. Mas será que também são prejudiciais à saúde?

1. Eles engordam

O Brasil quer reduzir em 30% o consumo de refrigerantes o consumo de refrigerantes, segundo o Ministério da Saúde. Uma revisão de 88 estudos verificou que quem toma refrigerante regularmente pesa mais do que quem não toma.

O corpo não registra todas as calorias do mesmo modo. Quando comemos demais, tendemos a compensar comendo menos na próxima refeição; mas não compensamos as calorias do refrigerante.

Um estudo de oito anos com 50 mil mulheres, publicado na revista Journal of the American Medical Association (JAMA), constatou que as que tomaram mais refrigerante engordaram oito quilos ou mais no período.

2. Podem causar diabete

O estudo da JAMA também descobriu que as mulheres que tomavam mais refrigerante viram o risco de diabete tipo 2 aumentar 83%. Isso não surpreende, porque refrigerante engorda e estar acima do peso aumenta o risco de diabetes; mas não é só isso.

Os refrigerantes contêm muito xarope de milho com alto teor de frutose. Quando os tomamos, o nível de açúcar no sangue dispara e produzimos mais insulina para resolver isso. Com o tempo, o corpo se acostuma a produzir esse excesso de insulina, o que provoca resistência à insulina, principal causa de diabete tipo 2.

O fígado também converte o xarope de milho rico em frutose em ácidos graxos com mais rapidez do que a glicose.

3. Podem enfraquecer os ossos

Os refrigerantes podem aumentar o risco de fraturas, mas não todos. Os de sabor cola são os maiores culpados. O ácido fosfórico adicionado para reforçar o sabor impede que o cálcio seja absorvido pelos ossos e os enfraquece.

Um estudo com mais de 2.500 homens e mulheres realizado pela Universidade Tufts, em Massachusetts, constatou que as mulheres que bebiam refrigerante sabor cola tinham ossos mais fracos do que as que não tomavam. Com os refrigerantes diet o efeito é o mesmo, mas os outros sabores não tiveram impacto sobre a densidade óssea.

4. O veredito

Embora um refrigerante de vez em quando não faça mal, se quer algo refrescante é melhor água aromatizada (mas não adoçada).

Leia mais:


ATENDIMENTO ONLINE

Tire suas dúvidas online

Iniciar Chat