A evolução não é uma linha reta





A evolução não é uma linha reta.

Sabe aquela imagem que representa a evolução dos macaquinhos virando humanos?

Ou essa que ilustra o post que é ainda pior porque o homem está indo TRABALHAR?!?!

Publicidade

Na verdade, existem outras imagens entre aquelas.

Aquelas fotos dos livros só mostram a parte brilhante da evolução.

Mas as que estão entre aquelas, essas sim representam o verdadeiro processo.

Figuras deles frustrados consigo mesmos.

Sentados chorando na beira do rio.

Comendo uma barra de chocolate inteira.

Vendo filmes de drama.

Depois levantando e… Caindo novamente.

Porque a evolução é assim.

Um eterno programa de reality show.

Que todo dia é prova do líder.

Numa fase muito boa, lideramos a evolução com a autoestima lá no alto.

Mas tem dias que a gente só quer ficar quieto.

E isso também faz parte.

Não quer dizer que desperdiçamos todo o caminho.

Até porque não tem como evoluir cantando a música dos dedinhos da Angélica o tempo todo.

Sendo um ursinho carinhoso comendo doce de leite Viçosa.

Às vezes é no modo McGyver.

E às vezes no modo Carminha.

Publicidade

Mas ainda tem que haver amor e entendimento dentro de nós.

Ninguém sobe uma montanha de uma vez só.

A não ser que seja de carrinho elétrico.

Não é uma linha reta.

Na verdade, a evolução tem mais curvas que a serra de Petrópolis.

Uma hora lá no alto, outra hora, cá embaixo.

É importante entender isso.

Publicidade

Entenda isso.

E não adianta querer voltar no meio não.

Continua até o final mesmo que seja difícil e nada prazeroso.

Chegar no alto sabendo que você percorreu o caminho sozinho é demais.

Aí você pode abrir seu próprio pote de doce de leite Viçosa.

E comemorar.