Ano novo, novas leituras: como ler mais e melhor em 2021





Com a virada de ano, é normal repensarmos nossas metas e estabelecermos novos objetivos: seja começar uma nova atividade física, perder ou ganhar aqueles quilos tão desejados, planejar e fazer uma viagem depois que a vacina contra o coronavírus se tornar uma realidade, trocar de emprego, estudar e, por que não?, ler mais!

Leia também: confira 30 clássicos que você consegue ler em um dia

Sou uma dessas pessoas que adora estabelecer metas para mim mesmo. Sou um pouco viciado em metas literárias e, para esse ano, por exemplo, coloquei como objetivos: ler mais livros nacionais, ler mais autores independentes, ler gêneros com os quais não estou muito acostumado (como biografias e livros de poesia, por exemplo), e ler menos livros que sejam publicados em países de língua inglesa.

Publicidade

Nada muito específico, mas são objetivos que me tiram da zona de conforto e me ajudam a enriquecer meu conhecimento sobre outros lugares e outros autores.

Seu objetivo pode ser como o meu. Ou pode simplesmente ser algo como “ler mais” ou “ passar menos tempo nas redes sociais e mais tempo em contato com os livros”. Todos são objetivos válidos, mas eu sei como pode ser difícil conseguir chegar ao final do ano com aquela sensação de dever cumprido.

Existem dezenas de distrações e obrigações que nos impedem de ler todos os dias: nossos empregos, nossas casas e nossas famílias também precisam de atenção, e muitas vezes a leitura é uma atividade que acaba sendo deixada de lado. Mas isso pode ser revertido com algumas estratégias!

Ao longo dos anos, eu testei várias delas e, agora, compartilho com vocês as que dão mais certo comigo.

1. Separe um tempo para ler, nem que sejam 30 minutos por dia

Essa é a estratégia que mais funciona comigo: sempre que estou um pouco frustrado com o meu ritmo, separo um tempo diário dedicado exclusivamente à leitura. Nesse tempo, que varia entre 30 minutos ou 1 hora, me desconecto completamente do telefone, coloco um alarme para tocar, e dedico todo esse tempo apenas ao livro que estou lendo.

Se for impossível se manter tanto tempo desconectado, tente começar com 15 minutos, dê uma pausa para um descanso, e depois pegue o livro por mais quinze minutos. Vá aumentando esse tempo ao longo dos dias, e eu tenho certeza que, quando você menos esperar, estará lendo e nem se lembrará da existência da internet.

2. Leia antes de dormir

Ler antes de dormir também é uma dica valiosa. O acesso constante ao telefone, principalmente à luz que ele emite quando estamos deitados na cama, pode atrapalhar nosso sono, então um livro sempre é um ótimo companheiro.

Talvez você só consiga ler três páginas e logo fique com sono, e está tudo bem! Só não se empolgue e vire a noite lendo se tiver que trabalhar no dia seguinte! (Já aconteceu comigo, foi horrível acordar).

3. Abandone os livros que você não está gostando!

Essa é uma dica controversa. Conheço pessoas que vão até o fim quando começam a ler um livro, por mais que não estejam gostando dele. É uma mistura de pensar que ele vai melhorar com a preocupação de já ter dedicado energia às primeiras páginas, sem contar com o fato de que muitos desses livros são elogiados por todo mundo e você simplesmente não entende por que não está gostando dele.

Está tudo bem não gostar de alguns livros! Isso não faz de você menos leitor. Talvez você não esteja no momento de ler aquela história e, se pegá-la em outro momento, poderá aproveitar mais. Ou talvez você só não tenha gostado mesmo.

Publicidade

Quando você se liberta dessa obrigação de terminar um livro do qual não está gostando, passa a entender que há vários outros que você pode amar.

4. Leia em outros formatos

Algumas pessoas são extremamente apegadas ao livro físico. Gostam de sentir o cheiro do papel, de manuseá-lo, de passar as páginas e sentir o peso do papel nas mãos.

Mas há outras formas de ler! Você já tentou os livros digitais? Sabia que eles podem ser lidos não só em aparelhos dedicados exclusivamente para leitura, mas também podem ser lidos através de aplicativos de celular ou tablets?

E os audiolivros, já tentou alguma vez? Existem empresas dedicadas a fornecer esses livros em formato de áudio, e esse formato vêm se popularizando cada vez mais no Brasil.

Publicidade

Leia também: 35 livros de autores negros para ter outra perspectiva de mundo

Ler no celular ou ouvir uma história enquanto você está fazendo alguma tarefa automática, como lavar a louça ou caminhar, também são ótimas maneiras de melhorar o seu ritmo de leitura.

5. Não se esqueça de se divertir!

Todas essas estratégias não são nem um pouco válidas se você ficar preso em concluir uma meta de leitura auto imposta. A leitura por prazer deve ser encarada como uma forma de distração, assim como assistir a um filme ou a um seriado.

Então faça com que essa experiência seja leve! Não fique vidrado em números ou quantidade de livros lidos, porque no fim das contas o mais importante é tornar esse tempo proveitoso para você.

Essas são as minhas dicas! Vamos fazer com que 2021 seja um ano repleto de ótimas leituras para todos nós.