Dia Internacional da Mulher: 6 coisas que não queremos neste 8 de março





O Dia Internacional da Mulher surgiu como uma data em homenagem à luta das mulheres por melhores condições de vida e de trabalho. A data surgiu no início do século 20, nos Estados Unidos e na Europa, e veio se popularizando ano a ano, chegando a muitos outros países. 

Apropriada pela agenda capitalista, a data, no entanto, se tornou alvo de campanhas publicitárias e jogadas de marketing. Muitos ainda tentam  diminuir a importância da luta reduzindo a data ao simples ato de celebrar as mulheres dando presentes, mas esquecendo de valorizar suas lutas e ouvir suas demandas. 

Há alguns anos levanta-se o grito “Não queremos flores, queremos direitos”. Isso porque a banalização da data fez com que as lutas femininas não fossem levadas para a sociedade, reduzindo a data ao ato de distribuição de flores em massa como forma de agradar as mulheres.

Não só as flores, mas outras coisas feitas no Dia Internacional da Mulher, quando não acompanhadas de uma reflexão sobre a luta das mulheres pela igualdade, podem ser, na verdade, motivo para irritação.

Preparamos então uma lista com 6 coisas para não se dizer ou fazer no Dia Internacional da Mulher.

O que não fazer e dizer no Dia Internacional da Mulher

(Imagem: Atlas-Studio/iStock)

1. Presentear com flores

Não. Definitivamente não dê flores, se você não demonstra com suas atitudes que se importa com a nossa luta. No Brasil, uma mulher é morta a cada duas horas vítima de feminicídio. As flores podem não ser o melhor símbolo da nossa luta para mudar esse cenário. 

2. Dizer “Parabéns pelo seu dia” sem se importar verdadeiramente

O Dia Internacional da Mulher é um dia de luta e resistência. Por isso, não é necessário parabenizar as mulheres. Este dia deve ser um dia de escuta e de evolução para a mudança da sociedade e de atitudes machistas. 

3. Diminuir a importância da data

Também não vale o comentário “Todo dia é Dia da Mulher”. O Dia Internacional da Mulher marca o estouro de uma luta. É feito para refletirmos sobre os avanços, as conquistas e almejarmos um mundo mais seguro para nós.

4. Falar sobre o tal “Dia dos Homens”

Homens não precisam de um dia que celebre suas conquistas, pois não precisam lutar diariamente pelas suas vidas. Não morrem a cada duas horas vítimas de suas/seus parceiros e não são estuprados a cada 11 minutos.  

5. Dizer “Obrigado por tornar os dias mais bonitos com sua beleza”

(Imagem: Reprodução/Grey’s Anatomy)

Não use o Dia Internacional da Mulher para fazer elogios físicos às mulheres. Quer elogiar, recomende o trabalho de mulheres, conte ao mundo o quanto elas são incríveis no trabalho que fazem. 

6. Fazer tarefas domésticas como presente

Os afazeres domésticos são responsabilidades de todos que habitam uma casa. Não deve ser realizado apenas por mulheres. Por isso, não use o Dia Internacional da Mulher para “mimar” a mulher que vive com você, oferecendo-se para realizar essas tarefas. Faça isso todos os dias e sem esperar crédito e você estará contribuindo para uma sociedade mais justa. 

Especial