6 receitas de comidas típicas de festa junina





Estas receitas são bastante típicas da festa junina, mas podem ser saboreadas em qualquer ocasião como as rabanadas de Natal, por exemplo. 

ss

Festa junina

O pé-de-moleque e a maçã do amor deixam o arraial mais animado! Poderia faltar a tradicional canjica? Claro que não! Mesmo que o arraial seja em casa, não deixe de fazer os pratos típicos das festas de junho.

dririchetto/iStock

1. Bolo de fubá caipira

1 xícara (chá) de margarina
2 xícaras (chá) de açúcar
1 lata de leita condensado
4 ovos
1 xícara (chá) de maisena
2 xícaras (chá) de fubá
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal
1 vidro pequeno de leite de coco (200 ml)
½ xícara (chá) de leite

Na batedeira, bata a margarina, o açúcar e o leite condensado até formar um creme claro. Junte os ovos, um a um, sem parar de bater. Retire da batedeira e reserve.

À parte, misture a maisena, o fubá, o fermento em pó e o sal. Passe por uma peneira e vá juntando à massa, aos poucos, acrescentando alternadamente o leite de coco misturado ao leite. Mexa tudo delicadamente até formar uma massa homogênea e lisa.

Transfira para uma fôrma com furo no meio untada e enfarinhada. Asse em forno médio, preaquecido, por 35 a 45 minutos. Deixe esfriar e desenforme.

Rendimento: 8 porções.


robertmandel/iStock

2. Maçã do amor

6 a 8 maçãs médias
1 xícara (chá) de água
3 xícaras de açúcar
½ xícara (chá) de glucose de milho
2 colheres (chá) de corante alimentício líquido vermelho
Palitos para espetar as maçãs

Lave as maçãs e enxugue-as bem para a calda aderir melhor.

Numa panela funda, coloque todos os ingredientes e leve ao fogo baixo até ferver, formando uma calda.

Para saber se a calda está no ponto ideal, pingue um pouco num copo com água fria. Pegue com a ponta dos dedos. A consistência tem de ser dura e, quando mordida, deve quebrar.

Espete as maçãs em palitos e passe-as na calda, girando para que todos os lados fiquem bem cobertos.

Coloque-as para secar num tabuleiro untado com margarina e sirva.

Rendimento: 6 a 8 unidades.

 

 


ChamilleWhite/iStock

3. Quentão sem álcool 

1 litro de suco de uva
3 litros de água
500 g de açúcar
6 cravos-da-índia
2 paus de canela
1 colher (chá) de gengibre, picado
Casca de 1 ou 2 laranjas

Numa panela grande, coloque o suco de uva, a água, o açúcar, os cravos e a canela.  Misture bem e leve ao fogo médio. Assim que começar a ferver acrescente as cascas de laranja e o gengibre. Deixe ferver por mais alguns minutos e sirva.

Caso sobre, conserve em geladeira e ferva novamente antes de consumir.

Rendimento: 16 a 20 porções.

 

 


jantroyka/iStock

4. Curau de milho verde 

8-10 espigas de milho verde, médias
2 litros de leite
1 pitada de sal
1 copo (americano) de açúcar
1 lata de leite condensado
Canela em pó para polvilhar

Passe as espigas descascadas por um ralador para retirar os grãos de milho. Bata-os no liquidificador com o leite e, em seguida, passe por uma peneira. Despreze a massa que ficou na peneira e coloque o líquido adquirido numa panela grande e alta. Acrescente o sal, o açúcar e o leite condensado e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até obter um creme.

Cozinhe por mais cerca de 20 minutos até formar um mingau grosso. Apague o fogo e transfira para um refratário retangular ou disponha em potes individuais. Polvilhe com canela em pó e leve à geladeira por cerca de 6 horas ou até gelar.

Rendimento: 10 a 12 porções.


jantroyka/iStock

5. Canjica 

500 g de milho branco para canjica
3 paus de canela
1 vidro pequeno de leite de coco (200 ml)
100 g de coco ralado
1 litro de leite
1 lata de leite condensado
1 xícara (chá) de amendoim torrado e moído
Açúcar a gosto

Lave bem o milho e coloque-o numa vasilha, completando com água o suficiente para cobri-lo. Deixe de molho de um dia para o outro (não é necessário trocar a água).

No dia seguinte, coloque-o numa panela de pressão com a água do molho e cozinhe por 50 minutos.

Quando começar a amolecer, junte os paus de canela e deixe cozinhar mais um pouco. Assim que estiver bem macio, coloque açúcar a gosto e acrescente o leite de coco, o coco ralado, o leite e o leite condensado. Misture bem, deixe ferver e apague o fogo.

Sirva quente, polvilhado com amendoim torrado e moído. Pode ser conservado em geladeira. Quando for reaquecer, leve ao fogo médio numa panela pequena apenas a quantidade a ser consumida, acrescentando um pouco mais de leite.

Rendimento: 10 porções.


PRABHASROY/iStock

6 Pé-de-moleque 

500 g de amendoim, cru e com casca
500 g de açúcar refinado
1 lata de leite condensado
1 lata (a mesma medida) de leite

Coloque todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre para não grudar.

Quando o doce se desprender do fundo da panela, como um brigadeiro bem consistente, despeje num tabuleiro untado com manteiga, alisando a superfície para que os pés-de-moleque fiquem na mesma espessura. Deixe esfriar completamente e corte em quadrados.

Se sobrar, conserve os pés-de-moleque num recipiente bem tampado e guarde em local fresco e seco.

Rendimento: 30 a 45 porções.