Disbiose intestinal: o que é, sintomas e como tratar


Já ouviu falar em disbiose intestinal? Esse problema pode surgir por vários motivos e geralmente apresenta sintomas como diarreia, náuseas e gases, que podem ser facilmente confundidos com outras doenças. Embora seja um problema simples de ser resolvido, a disbiose intestinal, se não for tratada, pode fazer com que as bactérias ruins migrem para o sangue, podendo causar uma infecção em todo o organismo que, nos casos mais graves, pode levar à morte.

Conheça mais sobre a disbiose intestinal e saiba como identificá-la, evitá-la e tratá-la.

O que é disbiose intestinal?

A disbiose intestinal trata-se de um desequilíbrio da flora bacteriana intestinal que reduz a capacidade de absorção de nutrientes e causa carência de vitaminas. Esse desequilíbrio na flora bacteriana é causado pela diminuição do número de bactérias boas do intestino e aumento das bactérias capazes de causar doenças.

Qual a causa da disbiose intestinal?

Como explicamos anteriormente, a disbiose intestinal ocorre quando há um desequilíbrio entre as bactérias protetoras e agressoras no intestino ou estômago. Mas, o que causa esse desequilíbrio? Bom, há diversos fatores que podem contribuir para o quadro, no entanto, os principais são:

  • Uso prolongado de antibióticos, antiácidos, corticosteróides (anti-inflamatórios não esteroidais: AAS, ibuprofeno, cetoprofeno, piroxicam, diclofenaco, nimesulida etc);
  • Comer muito rápido sem mastigar direito;
  • Fermentação de alimentos sem bactérias;
  • Alimentação pobre em fibras;
  • Consumo excessivo de açúcar, gorduras e proteínas;
  • Má digestão;
  • Deficiência de vitaminas e minerais;
  • Alcoolismo;
  • Prisão de ventre;
  • Doenças intestinais pré-existentes (inflamação intestinal e diverticulose);
  • Baixa imunidade;
  • Estresse;
  • Jejum prolongado.

Quais os sintomas da disbiose intestinal?

Imagem ilustrativa da saúde da flora intestinal. Crédito: BRO Vector / iStock.

Como dito no começo do texto, a disbiose intestinal pode causar diversos sintomas que podem ser facilmente confundidos com outras doenças. Alguns deles são:

  • Náuseas;
  • Cansaço;
  • Candidíase de repetição;
  • Períodos alternados de diarreia e prisão de ventre;
  • Queda de cabelo;
  • Distensão abdominal;
  • Dores de cabeça;
  • Gases e arrotos;
  • Unhas fracas;
  • Fezes mal formadas;
  • Problemas de pele como acne e urticária.

Ao perceber a soma de alguns desses sintomas, procure um médico para investigar melhor e receber o diagnóstico correto.

Como é feito o tratamento?

Para tratar da bisbiose intestinal é preciso consultar um nutricionista, porém, uma alimentação mais rica em verduras, legumes e frutas com certeza ajudará. Praticar atividade física regularmente também auxiliará na eliminação das toxinas absorvidas pelo organismo.

É possível que, em um primeiro momento, o nutricionista receite algum remédio para ajudar a regular a flora intestinal.

Além disso, os probióticos e prebióticos também podem colaborar para manter o intestino saudável. Os probióticos aumentam os níveis de vitaminas do complexo B e aminoácidos do hospedeiro, assim como causam uma maior absorção de cálcio e ferro. Eles também aumentam a imunidade e atuam no controle do colesterol. Os prebióticos estimulam o trânsito intestinal, contribuem na consistência das fezes, evitando diarreias e prisões de ventre, elimina o excesso de glicose (açúcar) e colesterol e, também, estimulam o crescimento das bifidobactérias que suprimem a atividade de outras bactérias que podem formar substâncias tóxicas.

Guia