Ferramentas de jardinagem: 11 dicas para cuidar dos equipamentos





Na hora de cuidar do jardim, não há ajudantes melhores do que as suas ferramentas de jardinagem. Com elas, é possível sulcar a terra, cortar ervas daninhas e aparar arbustos. Entretanto também é necessário saber como cuidar delas e fazer alguns reparos. Aproveite que a primavera está entre nós e conheça meios simples para cuidar das ferramentas!

SbytovaMN/iStock

REPAROS

1. A pá está coberta de ferrugem

Molhe a pá (ou qualquer outra ferramenta de jardim enferrujada) com a mangueira para remover a terra e lave-a num balde com água morna e sabão. Deixe-a secar e, então, friccione com um pano velho a superfície de metal com algum óleo fino para máquinas. Esfregue o metal com palha de aço até que brilhe. Se o procedimento parece trabalhoso demais, mergulhe a pá limpa num balde com refrigerante à base de cola durante a noite, permitindo que o ácido da bebida dissolva a ferrugem.

Além disso, com cuidado, lixe o cabo de madeira da ferramenta e esfregue óleo de linhaça fervido, ao longo do comprimento. Deixe secar ao sol. Isso conservará o cabo sem farpas e evitará que resseque.


VladimirFLoyd/iStock

Lave suas ferramentas com a mangueira e seque-as após cada uso – isso não apenas prevenirá a corrosão como ajudará a evitar a propagação de pragas e doenças de plantas transmitidas através do solo em torno do jardim.


schulzie/iStock

2. A pá está sem corte

Ferramentas como pás, enxadas e colheres de pedreiro são mais eficientes e seguras quando afiadas. A melhor ferramenta para isso é a lima – escolha uma que tenha por volta de 25 centímetros de comprimento e uma seção plana (em vez de curva ou triangular). A maioria das ferramentas de jardim é chanfrada (afiada) em apenas um dos lados.

Mantenha a pá estável apertando o cabo com segurança num torno. Segure a lima com firmeza, usando as mãos para agarrá-la dos dois lados. Examine o fio da ferramenta e encontre o ângulo chanfrado (em geral, por volta de 30 graus) no qual a lâmina foi afiada antes. Seguindo esse ângulo, empurre a lima na transversal do fio para que ela lime o metal; não tente afiar na volta (corte tirante). Repita o processo ao longo do fio até que o metal esteja brilhante e afiado.


DraftSeptember/iStock

Sempre armazene a pá pendurada sem tocar no chão para proteger a lâmina afiada. Se você perdeu a proteção à lâmina fornecida quando comprou a pá (ou se nenhuma foi fornecida), é fácil fazer uma. Usando um estilete, corte um pedaço de mangueira do mesmo comprimento que a largura da lâmina da pá e empurre-o na direção do fio da pá.


Six_Characters/iStock

3. As tesouras de podar não cortam

As tesouras de podar e de jardinagem podem ficar grudentas com seiva pegajosa e resina de plantas. Se isso acontecer, umedeça um pano de prato com aguarrás e limpe as lâminas. Coloque uma gota de óleo lubrificante ou similar no parafuso que segura as duas lâminas. Depois, limpe-as com água quente e algumas gotas de detergente para louça e seque-as tesouras antes de guardá-las.

Aperte o parafuso que mantém as lâminas juntas e friccione um pouco de óleo de máquina ao longo do comprimento das lâminas para conservá-las lubrificadas. Passado algum tempo, as lâminas ficarão cegas; não use lima nestas lâminas mais finas. Afie-as com uma pedra de amolar, da mesma forma que você faria com uma faca de cozinha.


AlexRaths/iStock

Afie somente as bordas já chanfradas (em geral, um lado da lâmina apenas) e siga o ângulo do chanfro existente enquanto afia para preservar o máximo da capacidade de corte. Para ter certeza de que afiou a lâmina inteira, pinte o fio com um marcador preto. Trabalhe com cuidado pela lâmina até ter removido todas as marcas de tinta.

Se mover a lâmina pela pedra de amolar for complicado, experimente segurar as tesouras na posição e movimentar a pedra de amolar ao longo da lâmina.


bodu9/iStock

Use sempre luvas grossas e óculos de segurança ao afiar ferramentas de jardinagem. Não se arrisque com bordas afiadas ou estilhaços de metal voando.


PaulMaguire/iStock

4. A forquilha rompeu-se ao meio

É inevitável que os cabos das ferramentas de jardinagem se quebrem com o uso, em geral onde a haste entra no encaixe de metal. Não é preciso se livrar da sua forquilha ou pá favorita, já que encaixar um cabo novo é simples.

1. Compre um cabo substituto que corresponda, tanto quanto possível, ao comprimento e ao diâmetro do que foi quebrado.

2. Use o perfurador, ou um prego, para martelar o rebite que prende o pedaço de haste no encaixe de metal.


artisteer/iStock

3. É bem provável que a haste velha esteja presa com firmeza no encaixe. Para retirá-la, conduza o parafuso forte bem dentro da haste quebrada. Prenda a cabeça do parafuso bem apertada no torno e, depois, segure o bloco de madeira contra o lado contrário dos dentes da forquilha. Martele a madeira. A haste deverá sair do encaixe, ainda ligada ao parafuso.

4. Com o martelo, conduza a nova haste com força para dentro do encaixe de metal – não deve haver folga entre a haste e o metal. Poderá ser necessário raspar a haste com uma faca para garantir uma boa adaptação.

5. Ponha uma broca em sua furadeira elétrica um pouco maior que o parafuso de retenção que você comprou. Fure através do orifício do rebite velho. Introduza o parafuso e aperte a porca com chave-inglesa para firmar o novo cabo.


Toa55/iStock

5. A mangueira está vazando

Se você detectar um vazamento, ou se houver queda na pressão da água, inspecione a mangueira com a água correndo para identificar a origem: pode ser um orifício pequeno na parede da mangueira ou um problema na junção da mangueira com o bico pulverizador.

Se o vazamento for na parede da mangueira, feche a torneira e seque a área danificada com papel-toalha. Preencha o orifício com uma gota de cola de contato; deixe secar e envolva esta parte com fita adesiva, estendendo pelo menos 10 centímetros de cada lado do orifício.


Anna-Khromova/iStock

Se o vazamento está no acoplamento entre dois pedaços de tubo, ou entre a mangueira e o bico do pulverizador, remova e seque a extremidade da mangueira e o acoplador. Esfregue uma gota de vaselina nas superfícies de ambas as extremidades da junção e recoloque.

Se a água jorrar da conexão entre a torneira e a mangueira, substitua a arruela de borracha dessa junção. Desatarraxe a mangueira e retire a arruela velha inteira, ou em pedaços, e encaixe a substituta. Atarraxe a mangueira na torneira e aperte.


SbytovaMN/iStock

CUIDADOS

6. Não deixe a terra grudar nas ferramentas

Quem tem um jardim ou mesmo uma horta pequena em casa, sabe que, com o tempo é possível que a terra passe a grudar nas ferramentas. Existe uma arma secreta para se resguardar contra ferramentas sujas – use um spray de óleo lubrificante, composto de óleos minerais. Borrife uma camada de óleo sobre uma pá ou colher de pedreiro antes de usá-la e você verá que mesmo a terra mais grudenta sairá com facilidade. Borrife as lâminas e o fundo do seu cortador de grama. Dessa maneira a grama molhada não vai aderir a ele. Outra dica é manter um balde com areia na garagem ou no depósito e mergulhar a pá ou a enxada nele antes de guardá-las. Assim, a areia raspará qualquer resíduo de terra ou outras impurezas.


artisteer/iStock

7. Deixe as ferramentas de jardinagem à vista

Por que os fabricantes de ferramentas de jardinagem fazem os seus produtos com cores que se misturam tão bem como jardim? Talvez por acharem que ao fazer isso venderão mais peças de substituição. Seja mais esperto do que eles. A fim de evitar que as suas ferramentas desapareçam, enrole fita isolante de cores fortes em torno dos cabos.

Mas, ainda que fiquem mais fáceis de encontrar, não deixe ferramentas caras em meio a canteiros de flores, arbustos ou mato alto. Além de ferramentas perdidas no jardim representarem um grande perigo para animais domésticos e crianças, a exposição às intempéries as estragará rapidamente.


thomas-bethge/iStock

8. Faça um suporte simples para ferramentas

Não há nada mais irritante e perigoso do que uma pilha de ferramentas de jardinagem negligentemente jogadas num canto do depósito. Para evitar a bagunça e os riscos, crie um suporte simples. Aparafuse uma ripa de madeira na parede, usando buchas se a estrutura for de tijolo ou concreto. Em seguida, compre um número suficiente de ganchos para ferramentas para acomodar todas elas, com alguns sobressalentes para o caso de você comprar mais.

Escreva ainda o nome da ferramenta acima do respectivo gancho para que você não tenha problemas em encontrar o que precisa.


wachira aekwiraphong/iStock

9. Enrole uma mangueira sem ajuda

Se você usa uma mangueira com listras longitudinais, é fácil enrolá-la sem torcer – é só manter as listras em linha reta enquanto a enrola e desenrola. Tire as dobras da mangueira puxando uma das extremidades por cima do gramado; o peso da própria mangueira ajudará a esticá-la e você poderá perceber pelas listras quando ela estiver reta. Deixar uma mangueira enrijecida no sol por uma hora ajudará a torná-la muito mais flexível e fácil de enrolar.


Liliboas/iStock

10. Faça um engenhoso porta-ferramentas

Pegue um pedaço de 25 cm de cano de PVC que tenha mais ou menos 40 mm de diâmetro e enterre-o de maneira que fique de pé no solo perto da extremidade da horta ou do canteiro de flores. Em um instante você se deu de presente um porta-ferramentas que poderá ser usado para manter o ancinho, a enxada ou a pá prontos para uso.


Aigars Reinholds/iStock

11. Faça durar cortadores de grama e roçadeiras

Antes de cortar a grama, verifique com cuidado se há pedras ou outros objetos duros: eles podem “comer” pedaços grandes das lâminas do cortador. Depois de cortar o gramado, sempre remova os restos de grama da parte inferior da plataforma da máquina para prevenir ferrugem.

Proteja as mãos com luvas grossas. Limpe o corte e as superfícies protetoras dos cortadores de detritos e seiva, que podem emperrar as lâminas.

Sempre drene o combustível dos cortadores de grama e das roçadeiras quando não for usar o aparelho por algum tempo.