Claudia Nina

Toda a minha ficção tem um pouco de confissão – pessoal ou da vida alheia. Acho que eu trouxe do jornalismo essa mania de tomar conta do mundo e, de alguma forma, transformar em texto o reflexo deste mundo em mim. Tenho 13 livros publicados – do romance ao infantil, passando pelo conto e os ensaios. Acho que só falta a poesia, mas esta eu fico devendo.



raiva

Colunistas

Aquela raiva repentina e sem razão

A família tinha terminado o ritual do banho depois da praia. Férias de janeiro....

rotina

Colunistas

Uma estranha aparição na rotina comum

Seria uma noite como todas as outras em uma casa de mornas rotinas. Nada...

abraco

Colunistas

Dentro do maior abraço do mundo

Teria sido um abraço como qualquer outro não fosse aquele o maior abraço da...

silencio

Colunistas

O silêncio misterioso da neta

Ninguém, nem mesmo a mãe, conseguia explicar o motivo daquele silêncio. O fato é...

memoria do corpo

Colunistas

A memória do corpo machucado

No meio da noite, ela acordou com muita dor no punho direito. Conhecia aquela...

mencao honrosa

Colunistas

Uma menção honrosa e um jogo de varetas

O colégio era daqueles mundos, dentro dos quais facilmente ela se perderia. Mas nunca...

futuro

Colunistas

Carta de mim para o futuro

Hoje estou na metade da vida – isso se eu chegar aos 100 anos....

avo

Colunistas

Carta à minha avó de chinelos de lã

Hoje me deu uma vontade de falar com você, vó. A gente sempre conversou...

outono

Colunistas

Que falta faz o nosso outono

Este ano não teremos o nosso outono. E eu que já tinha preparado o...

pai e filha

Colunistas

Carta ao pai durante a vigília

Você não sabe, mas eu precisava ouvir seus movimentos, passos, bocejos, tropeços, para não...

carta

Colunistas

Carta aberta ao meu amor de longe

Querido amor de longe, nesta guerra que nos distanciou ainda mais e nos deixou...

fuga

Colunistas

O treinamento da menina em fuga

Devia ter uns quatro anos. Seu irmão ainda não havia nascido, era uma sozinha...

amor

Colunistas

Quando o destino do amor é não serenar

Começaram a namorar no colégio e, juntos, eram uma eternidade. Tinham cara de eternos,...

espelhos

Colunistas

A menina na casa sem espelhos

Era bem pequena quando os pais morreram e foi morar com um tio, o...

aniversario

Colunistas

O aniversário esquecido no pé da escada

Quem olhasse aquele senhor de poucas palavras, sombrio, nunca diria que um dia foi...

rosa

Colunistas

Quando uma rosa não é uma rosa

O casamento ainda era frágil e, dentro dele, qualquer brecha poderia destruir suas paredes...

magico

Colunistas

O quase show do pequeno homem mágico

Vestiu-se com seu uniforme preto e colocou um chapéu. O primo estava lá para...

surpresa

Colunistas

A surpresa musical no ônibus

Estavam uma de frente para a outra no ônibus lotado de crianças. A menina...

passado

Colunistas

Um passado praticamente imutável

Ela viu as antigas cadeiras brancas, que continuavam sendo as mesmas antigas cadeiras brancas....

tempo perdido

Colunistas

Em busca de um tempo perdido

Dele só tinha uma foto tremida de seus 17 anos. Nada que documentasse um...

CONHEÇA ALGUNS DE NOSSOS PRODUTOS:

INICIAR CHAT ONLINE