No futuro, a inteligência artificial pode ajudar você a poupar dinheiro com combustível – é o que indica um projeto em desenvolvimento na Universidade do Tennessee-Chattanooga.

Apoiada pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos, a universidade trabalha em um novo modelo de interseções de tráfego que visa a redução de consumo de energia.

Leia também: Cancelar corridas de Uber pode gerar multa de até R$ 20

A previsão é de que o projeto leve três anos em desenvolvimento. Por meio dele, os pesquisadores pretendem construir um sistema de controle de tráfego adaptativo dinâmico, que utilize a inovação em conectividade para tornar os corredores urbanos mais inteligentes.

“Este projeto é todo sobre conectividade. Como podemos usar a infraestrutura e os veículos conectados para melhorar os sistemas de controle de tráfego adaptativo”, afirma Mina Sartipi, Diretora do Centro de Informática Urbana e Progresso da Universidade do Tennessee-Chattanooga.

Benefícios ao meio ambiente

(Imagem: ANGHI/iStock)

Dados de 2020 revelam que o setor de transporte foi responsável por mais de 69% do consumo de petróleo e 28% do total de emissões de gases que contribuem para o efeito estufa nos Estados Unidos.

Além disso, sinais de trânsito ineficientes contribuem para atrasos em 295 milhões de horas no trânsito, sendo responsáveis ​​por 5 a 10 % de todos os atrasos relacionados ao trânsito.

A expectativa é de que o novo sistema também otimize o tráfego para diminuir os prejuízos ao meio ambiente.

Com informações: City News (Via The NextWeb)

Ana Marques
Ana Marques
Jornalista formada pela UFRJ, Ana é entusiasta de tecnologia, dos dispositivos móveis e da inteligência artificial, mas também defensora das relações humanas e das conexões feitas por meio de encontros. Sua relação com a cobertura tecnológica teve início em 2016, no TechTudo, ainda como estagiária. Em 2018, passou a integrar a equipe de Conteúdo do comparador Zoom.com.br, onde foi editora de Mobile (Celulares, Tablets e Wearables) & Eletrônicos até agosto de 2020. Atualmente é autora no Tecnoblog.