De acordo com pesquisa encomendada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o número de famílias endividadas no Brasil representa 64% da população. Diante deste cenário, a economia doméstica é indispensável.

Economia colaborativa: saiba como ela pode mudar a sua vida

Com o País mergulhado em uma crise econômica sem precedentes, é preciso fazer ajustes nas finanças para fechar o mês no azul. Por isso, separamos 15 dicas de economia doméstica para toda família. Confira nos slides a seguir!

9 dicas de economia de água para ter um banheiro sustentável

  • kaitlyn baker/iStock

    1. Compare preços na internet

    Aparentemente boba, esta dica pode fazer você economizar muito. O maior ganho aqui não é dinheiro, é tempo. Existem sites que comparam o preço do que você pretende comprar em vários sites ao mesmo tempo.

  • PointImages/iStock

    2. Faça você mesmo

    Faça suas próprias coisas. Com a enxurrada de tutorais disponíveis na internet, hoje você pode aprender a fazer muita coisa. Desde sabão até itens de decoração, por exemplo. Esta hoje é uma tendência na internet, conhecida como DIY — sigla para Do It Yourself, ou Faça Você Mesmo.

  • William_Potter/iStock

    3. Use programas de relacionamentos de pontos

    Com programas de relacionamentos de pontos, é possível trocar sua pontuação desde viagens até itens para sua casa. A grande vantagem aqui é que você não precisa gastar mais para trocar seus pontos por benefícios. Você vai pegar os gastos que já faz e convertê-los em benefícios.

  • Viacheslav Peretiatko/iStock

    4. Troque programas fora por programas de casa

    Sair é sempre mais caro do que fazer um programa em casa. Portanto, na medida do possível, intercale sua programação.

  • LumineImages/iStock

    5. Não pague suas contas com atraso

    Embora inicialmente a multa e os juros pareçam insignificantes, o acúmulo deste valor por mês representa uma quantia relevante ao final do ano.

  • cyano66/iStock

    6. Compare preços de mercados

    Antes de fazer sua compra de mês, pesquise entre as opções de mercados próximos. Às vezes um deles é muito mais em conta do que os demais. Aproveite promoções do tipo Semana da Limpeza, por exemplo, para comprar itens desta lista com menor preço.

  • sergeyryzhov/iStock

    7. Faça lista de compras

    Não vá ao mercado sem saber o que comprar. É importante fazer a lista para saber não só o que precisa, mas também a quantidade necessária e evitar desperdícios de dinheiro.

  • Christina Vartanova/iStock

    8. Evite shopping

    Shoppings são verdadeiros templos do consumo. Evite-os sempre que possível.

  • RazoomGames/iStock

    9. Aprenda a cozinhar

    Comer em casa representa uma boa economia. Abuse dos tutoriais no YouTube para aprender a fazer qualquer tipo de prato!

  • wutwhanfoto/iStock

    10. Reveja seus gastos com planos de internet e celular

    Com a oferta de operadoras, é possível conseguir descontos e benefícios pagando menos. Pesquise e economize!

  • SIphotography/iStock

    11. Fuja de cartões com anuidade

    Hoje há uma oferta de bancos digitais no País que oferecem cartões livres de anuidade. Se você ainda paga esta taxa, negocie com seu banco ou simplesmente encerre sua conta e abra em um banco com mais vantagens para o seu bolso.

  • Natee Meepian/iStock

    12. Venda o que não usa mais

    Certamente tem algo em casa que não tem mais utilidade para você, mas tem valor de mercado. Na internet, dá para fazer uma renda extra vendendo o que você não usa mais.

  • AntonioGuillem/iStock

    13. Controle seus impulsos

    Reflita antes de comprar. Agir por impulso vai fazer você comprar e se arrepender.

  • champja/iStock

    14. Invista seu dinheiro

    É preciso ter equilíbrio. Não adianta economizar por economizar. Invista suas economias para acelerar seus ganhos.

  • Rawpixel/iStock

    15. Use planilhas

    Para organizar seus gastos e obter um mapeamento financeiro, as planilhas são as melhores aliadas. Só assim você saberá para onde está indo o seu dinheiro.