As cozinhas são grandes consumidoras de energia e água, além de serem também as maiores fontes de resíduos nas casas. Assim, vale a pena dedicar um tempo à avaliação de sua rotina na cozinha e fazer algumas mudanças.

Reduzir gastos na cozinha significa usar os recursos com inteligência e escolher eletrodomésticos eficientes. Considerar aparelhos que não gastam muita energia elétrica no ato da compra também é uma forma de economizar e ajudar o planeta.

Além das dicas a seguir, é preciso entender que é preciso tomar medidas inteligentes. A reciclagem, por exemplo, é essencial para uma cozinha econômica, já que é possível reutilizar embalagens de diversas formas.

Entenda a seguir como reduzir gastos na cozinha com medidas e escolhas simples:

Bet_Noire/iStock

5. Reciclar é a regra de ouro!

Reaproveite embalagens sempre que puder. Garrafas, potes e plásticos em geral podem ser lavados e reutilizados indefinidamente.


JimmiLarsen/iStock

6. Observe o lava-louças

Procure modelos que ofereçam opção de uso intermediário. Alguns têm duas gavetas, que podem ser usadas juntas ou separadas. Usar
apenas uma pode garantir uma economia de 9 litros de água.


fotokostic/iStock

7. Guarde a água para as plantas

Lave frutas e verduras numa bacia ou tigela com água em vez de usar a torneira. Reaproveite a água depois para molhar a grama ou as plantas.


BrianAJackson/iStock

8. Inove com a torradeira

Se puder, prepare pequenos pratos em pequenos utensílios, como uma torradeira ou uma frigideira. A torradeira, por exemplo, gera apenas um quarto das emissões de gases do efeito estufa de um grill elétrico para realizar a mesma tarefa.