Você já ouviu falar de atacarejo? São comércios (mercados ou lojas) que vendem produtos tanto no atacado como no varejo, com preços mais baratos para os itens comprados em maiores quantidades (atacado), respeitando-se a uma quantidade mínima determinada pelo vendedor. Nas prateleiras são informados os dois preços para o mesmo item, dependendo da quantidade comprada.

Assim, por exemplo, você pode pagar R$1,20 por unidade comprando 01 vidro de detergente, mas se comprar a partir de 06 vidros, o preço por unidade cai para R$1,00. Um desconto de 20% sobre o preço final, mas para ter direito você precisa comprar no mínimo 06 unidades.

Quem define a regra é o vendedor

Ele pode determinar a compra de uma quantidade mínima de produtos iguais, ou variados. Por exemplo, você paga o preço do varejo para a compra de até 06 produtos iguais ou até 12 diferentes. A partir de 06 unidades do mesmo produto, ou 12 unidades de diferentes produtos, será cobrado um preço reduzido por unidade.

Para o vendedor vale a pena porque ele reduz o estoque e faz o dinheiro investido nas mercadorias postas à venda rodar mais rapidamente acelerando as vendas e, para o comprador é um bom negócio por conta dos descontos nos preços.

Cuidado com o exagero

É preciso tomar muito cuidado para não comprar coisas que você não precisa, ou uma quantidade muito maior do que aquela que consegue usar durante o prazo de validade restante do produto.

Além disso, a compra em quantidades maiores requer um espaço de armazenamento também maior na sua casa, que pode acabar ficando entulhada. Imagine comprar quilos de sabão em pó para aproveitar um desconto e em poucos meses jogar a metade fora. Nesse caso, toda a vantagem do preço reduzido virou pó!

Qual o truque para economizar? Chame os amigos e familiares!

Para aproveitar melhor as compras de produtos em atacados vale a pena reunir amigos ou familiares para dividirem o preço que será pago e as mercadorias adquiridas. Mais pessoas sairão ganhando. Já tínhamos dado essa dica de fazer compras coletivas no nosso artigo “Compras coletivas podem render bons descontos“.

A grande vantagem dos comércios que permitam as duas formas de compra – atacado e varejo – é ter a liberdade de poder optar por comprar em grande quantidade apenas as coisas que você já costuma consumir mais e em menor quantidade os itens que não quer que sobrem na dispensa de casa. Afinal, nem sempre os amigos consomem as mesmas coisas que você para ratearem todos os itens da sua compra.

Mas não deixe de comparar os preços dos produtos nos comércios da sua região para ter certeza de que a redução do preço para a compra no atacado vale mesmo a pena. Se um produto estiver em promoção com 50% de desconto em outro mercado e, no atacado a vantagem é de apenas de 20% de redução, vale a pena frequentar os dois fornecedores.

Leia também: 12 motivos para comprar produtos locais e economizar

O mais vantajoso mesmo é conseguir calcular quanto você consegue economizar no total da compra. Assim, pode optar pelo comércio onde o desconto total seja melhor, aproveitando melhor o seu tempo e evitando custo com deslocamento ou transporte. Para fazer bons negócios de verdade é preciso negociar, pesquisar, calcular e comparar.

Aproveite o valor economizado

Se você conseguir deixar de gastar 20% do total de uma compra que costuma chegar a R$ 1.000,00 ao mês, está deixando de gastar R$ 200,00, que pode ter outro destino! A economia com as compras poder ser aplicada em um investimento que te garanta um ganho no longo prazo, ou pode até mesmo financiar um programinha no final de semana.

Já garante as entradas de cinema, pipoca e transporte no final semana; ou você pode usar esta grana para cobrir o saldo negativo do cheque especial; ou antecipar uma parcela do empréstimo reduzindo a taxa de juros do período da antecipação. Ou seja, se você consegue tornar as compras racionais e mais econômicas, vale a pena reunir os amigos e fazer bons negócios no “atacarejo”. Boas compras e boa economia!

POR SAMASSE LEAL