Se você estiver com pouco dinheiro, comprar alimentos saudáveis em supermercados pode parecer um luxo. O que esquecemos é que podemos comer sem gastar uma fortuna se soubermos onde comprá-los por um preço justo. O lugar onde vivemos e as limitações de tempo nos mostram que temos poucas escolhas de onde comprar. Mas vale a pena procurar alimentos locais, em mercados próximos ou produtores agrícolas. Em vez de precipitar-se indo ao supermercado, faça um passeio na feira, compre ovos frescos, frutas, carnes e outros produtos. Conheça as vantagens de cada estabelecimento e economize nas suas compras.

• Supermercados

Graças ao imenso poder de compra, os supermercados proporcionam ofertas de preços aos consumidores com que os pequenos varejistas não conseguem competir. Mas quando se trata de alimentos frescos de alta qualidade – frutas, vegetais, ovos, carne, peixe -, frequentemente cobram mais do que os comerciantes, como quitandas, peixarias e açougues.

Os supermercados são especialistas em oferecer promoções e ofertas de preços que soam fantásticas e atraem os clientes, mas, se você parar para examiná-las, as ofertas podem não ser tão vantajosas quanto parecem. Portanto, seja sensato e só aceite aquelas dos alimentos que você realmente quer.

Cinco maneiras de economizar nos supermercados

  1. Nunca faça compras quando estiver com muita fome – você fica muito mais suscetível a guloseimas e outras comidas que, em outras circunstâncias, não entrariam no carrinho.
  2. Faça compras com um amigo – divida o preço de combos e promoções que vêm em grandes quantidades.
  3. Olhe as prateleiras de cima a baixo – pois os produtos mais baratos, geralmente, estão longe do alcance das mãos.
  4. Não compre saladas pré-lavadas, embaladas ou legumes pré-cortados – a menos que você esteja correndo contra o tempo, pois são caros e não possuem mais os mesmos nutrientes.
  5. Leve uma garrafa d’água – beba enquanto estiver na fila do caixa, assim você evita pegar alguma guloseima que esteja por perto. Além disso, às vezes, o cérebro confunde sede com fome.

• Feiras

As barracas de frutas e legumes são muitas vezes o principal chamariz e podem ter bons preços. Diferente dos supermercados, o feirante normalmente compra de um mercado de atacado e no mesmo dia vende os produtos frescos a clientes a varejo. O fato dos produtos serem mais frescos do que os encontrados nos supermercados já é uma grande vantagem para o nosso consumo.

Como os feirantes têm apenas despesas modestas, com frequência podem vender frutas e legumes de boa qualidade por preços bem menores do que os dos supermercados. No entanto, é provável que os produtos oferecidos a preços de banana não estejam mais tão frescos; por isso, preste atenção ao que você está comprando.

• Lojas independentes

Com sorte, você deve ter perto de casa os tradicionais açougues, quitandas, padarias ou peixarias e poderá comprovar que esses comerciantes têm mais condições de lhe oferecer qualidade e valor excepcionais. Em cidades do interior, um açougue recebe seu fornecimento de áreas muito próximas e, se você quiser um corte específico de carne, ele terá conhecimento necessário para providenciá-lo. As peixarias oferecem pescados e frutos do mar de qualidade e preços mais baixos do que os supermercados. As pequenas padarias, que produzem pão de modo artesanal, estão aparecendo em áreas urbanas atualmente. Frutas e legumes podem ser mais baratos em quitandas do que no supermercado. Vale a pena pesquisar os preços! Além disso, comprar produtos locais ajuda não só a economia da região como do seu bolso; veja algumas vantagens!

→ Dica extra

Com o crescimento das compras pela internet, os supermercados agora abastecem uma proporção crescente de clientes por meio de sistemas de entrega em domicílio. Várias empresas de menor porte e agricultores também vendem alimentos interessantes, úteis e de boa qualidade pela internet ou pelo telefone. Pode ser uma boa ideia juntar alguns amigos para tornar a compra mais acessível, visto que nesses casos existe a cobrança do frete.

 

Hoje em dia comer bem por um preço mais em conta não é tão difícil assim. Mas, se para você a única opção é o supermercado, a gente te dá mais algumas dicas para as compras não pesarem no orçamento do mês. Confira esses 9 truques e economize!