Faça uma busca
|
Publicado em: 19 de agosto de 2020

Histórias engraçadas para todas as idades

A gente pode até envelhecer, mas não pode perder o bom humor.

Imagem: filipefrazao/iStock

Envelhecer com saúde e bom humor é tudo de bom, não é mesmo? Divirta-se com algumas histórias engraçadas que provam que o bom humor é para todas as idades!

______________

No meu aniversário, recebi um cartão engraçadíssimo. O texto brincava com o fato de nosso corpo envelhecer, mas nossa mente continuar “afiada como navalha”.

Quis agradecer à pessoa que enviou o cartão, mas não deu.

Ela se esqueceu de assiná-lo.

MERIS M. MACK

______________

Alguém me recomendou uma nova dentista. Ao fim da segunda consulta, quando me preparava para sair, perguntei:

– E como é o seu nome?

– Patricia – respondeu ela.

– Esse eu não esqueço – comentei. – É o nome da minha irmã.

Ao que ela reagiu, dizendo:

– Foi o que você disse da última vez.

IRIS CRADDOCK

______________

Logo após a morte do meu pai, minha avó, de 90 anos, insistiu para que minha mãe fizesse um check-up. Depois de muita relutância, mamãe marcou a consulta. O médico não apenas lhe deu um atestado de perfeita saúde como disse que ela viveria até os 110 anos.

Para nossa surpresa, minha avó não pareceu contente com o resultado. Ficou sentada, em silêncio, por alguns minutos, e então comentou com um suspiro:

– O que é que eu vou fazer com uma filha de 110 anos?

B.L.M.

______________

Meu sobrinho de 4 anos tinha feito um desenho para a avó e estava ansioso para mostrar a ela. Ao encontrar a porta do banheiro aberta, ele entrou na hora em que a avó saía do chuveiro, ensopada e sem toalha.

Ele a olhou de cima a baixo por um momento e então observou:

– Vovó, você fica melhor de óculos.

Rir é o melhor remédio

______________

Um amigo de meu pai era conhecido por seu ótimo senso de humor. Depois de assistir várias vezes ao filme sobre a vida de Joana d’Arc, ele acabou por memorizar algumas cenas. Então foi de novo ao cinema, aguardou a hora em que a heroína se dirige à fogueira e gritou da plateia:

– Joana!

A atriz parou por uns instantes, virou-se e encarou a câmera. Logo em seguida, ouviu-se dele outro grito:

– Não é nada não, pode ir!

E Joana lhe deu as costas, continuando seu caminho rumo ao cada falso. Já perdida a seriedade do filme, o cinema veio abaixo em gargalhadas.

CARMEN L. DE BASSI

______________

Continue se divertindo com mais piadas e histórias engraçadas!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados