Algumas histórias parecem ter o poder de arrancar boas risadas. Confira algumas histórias engraçadas que separamos para você!

Quando eu era revisora, dei este exemplo aos colegas para ilustrar que a escrita pode ser tendenciosa com base no gênero. A professora escreveu no quadro-negro: “Se o homem soubesse o valor que tem a mulher andaria rastejando à sua procura.” E pediu aos alunos que inserissem a pontuação correta.

Os homens escreveram: “Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher andaria rastejando à sua procura.”

As mulheres escreveram: “Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria rastejando à sua procura.”

Susan Allen

CENA: Uma loja de equipamento esportivo.

Cliente: Você tem shorts de corrida?

Eu: Temos, sim. Com que velocidade você planeja correr?

Stephanie Chapman

Na minha piscicultura, comentava com uma senhora elegante, que estava comprando trutas, sobre as dificuldades em se criar a espécie no Brasil, como: baixa temperatura da água, quantidade de ração, controle do estresse do peixe, o nível de oxigênio da água, entre outras.

A senhora, mostrando-se interessada em saber detalhes, perguntou:

– Quando o nível de oxigênio é baixo, como você faz para fixar as máscaras de oxigênio?

Manoel M de Moraes

Leia também: Piadas engraçadas para contar aos amigos

Eu dava aulas às crianças de uma creche. Recentemente, na academia, um rapaz entrou correndo na sala dos pesos e tropeçou. Em vez de me oferecer para ajudar, a “professora da creche” que tenho dentro de mim ralhou:

– É por isso que andar é melhor do que correr.

Fonte: tumblr.com

CENA: Uma piscina pública. Estou testando o cloro e o pH da água quando uma mulher se aproxima.

Mulher: O cloro está certinho? Posso entrar na água?

Eu: É claro.

Mulher: Porque na última vez que viemos aqui, quando voltamos para casa, estávamos com a pele escura.

Eu: Ah, o cloro não faz isso com a pele…

Mulher: Ah, não? Então o que faz?

Eu: …O sol?

Fonte: notalwaysright.com

De novo?

É compreensível que pacientes internados se distraiam, o que pode explicar estas declarações ouvidas por enfermeiras:

  • Paciente, quando lhe perguntaram seu principal sintoma: “Bom, meu cabelo dói.”
  • “Havia uma bolinha dura na minha boca. Acho que pode ser meu ovário.”
  • “Na verdade, não caí. Foi um pouso controlado.”
  • “Ah, estou com muita prisão de ventre! Por favor, me arranje um colírio!”
  • Paciente com convulsões: “Tive de vir ao pronto-socorro porque parei de tomar meu feno capital.” (Ele queria dizer fenobarbital.)
  • “Meu pai tem tireoide, e acho que eu tenho também.”

Fonte: nursebuff.com

Gostou das histórias e piadas acima?  Que tal se divertir mais um pouco? Clique aqui e continue rindo!