Faça uma busca
|
Publicado em: 24 de maio de 2018

Piada e café: uma combinação perfeita para espantar a preguiça

No Dia nacional do café a ordem é rir bastante

Imagem: zoljo/iStock
Você sabia que hoje é o Dia nacional do café? Esta data – incluída no calendário brasileiro desde 2005 – homenageia uma das mais deliciosas paixões nacionais: o café! Essa famosa bebida, como já abordamos aqui no site, além de saborosa ajuda a nos concentrarmos melhor e a combater a depressão e o estresse. Para provar que o café merece um dia só para ele, separamos algumas piadas curtas e engraçadas para darmos boas gargalhadas juntos. Confira abaixo: Certa noite, bem tarde, parei numa loja de conveniência de posto de gasolina para me servir de um café fresco. Ao segurar o bule, não pude deixar de notar que a bebida estava tão negra quanto asfalto e igualmente espessa. – Quanto tempo tem o café de vocês? – perguntei à mulher parada atrás do balcão. Ela deu de ombros. – Não sei. Só trabalho aqui há duas semanas.
Peter Culver
Nossa família estava deslumbrada com as paisagens e a multidão apressada durante uma visita a Manhattan. Disse à minha filha de 11 anos: – Esta é a cidade que nunca dorme. Ela comentou: – Deve ser porque tem uma loja de café em cada esquina.
Linda Foley
Enquanto acompanhava minha mãe, que estava internada, fui à cantina do hospital para tomar café. Pus uma fatia de pão numa torradeira automática e esperei que dourasse. Em vez disso, no entanto, ela ficou presa. Como eu não conseguia alcançar a torrada, uma moça que estava atrás de mim na fila assumiu o controle da situação. Com uma pinça comprida, ela conseguiu “fisgar” habilmente a torrada e puxá-la para fora. – Você deve ser instrumentadora de UTI – brinquei. – Não – respondeu ela. – Sou obstetra.
Donald Geiser
Uma vez eu estava no ônibus indo para o trabalho quando notei que em um dos pontos havia um homem tomando uma xícara de café. Assim que o ônibus se aproximou do ponto, ele terminou de beber o café e botou a xícara no chão. Essa atitude me surpreendeu, uma vez que parecia ser uma boa xícara de cerâmica. Dias depois, vi o mesmo homem novamente com seu café no ponto. Mais uma vez, ele colocou a xícara sobre a grama antes de subir no ônibus. Quando olhei para trás, vi um cachorro carregando a xícara na boca com cuidado e indo para casa.
Valerie A. Huebner
Um amigo, patrulheiro rodoviário, parou na nossa lanchonete para tomar um café e estava se preparando para sair. – Vá lá e pegue eles! – exclamei. – Acho que muita gente vai receber multa hoje, né? – Eu não aplico muitas multas – respondeu ele, sério. – Ah, que isso? – provoquei. – Você multaria sua mãe. – Não, minha mãe não dirige – disse Bill, ainda sério. Então um sorriso se abriu em seu rosto. – Eu a peguei atravessando fora da faixa uma vez e lhe dei uma advertência. Mas foi só isso.
D.S. Jones
Um primo advogado contou-me que, ao participar de um julgamento simulado na sala de aula, o professor – grande jurista na cidade – chegara à beira de um ataque de nervos com um aluno displicente e bagunceiro que não mostrara o mínimo de conhecimento de como representar o papel de advogado de defesa. Era comum naquela escola um funcionário interromper a aula para oferecer café ao professor. Como este se encontrava nervoso com a desatenção do aluno, desabafou: – Não quero café, quero capim. Aqui só precisamos comer capim. Toda a turma notou que ele estava muito zangado. O estudante em questão não se abalou e, mostrando um sarcasmo incomum, dirigiu-se ao funcionário: – Pois para mim pode servir um cafezinho mesmo, por favor!
Eliana Aparecida M. do Bonfim

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close