Em tempos de crise, é comum que o pessimismo se espalhe. Mas existem diversos estudos que buscam estabelecer relações entre a vida e a saúde das pessoas e o poder do pensamento positivo. E há indícios de que o otimismo tem efeitos não só na saúde mental como também na saúde física. Então é urgente que, se não formos do time otimista, aprendamos a desenvolver nossa capacidade de gerar pensamento positivo. O otimismo pode até prolongar a sua vida.

Para começar, quem tem uma visão otimista em relação à vida acaba tendo mais energia para encarar os desafios que surgem no dia a dia sem se deixar abater. Quem pensa positivo costuma seguir aquele velho ditado: “Tudo dará certo no fim. Se ainda não deu certo, é porque não chegou ao fim”, em vez de ficar repetindo para si mesmo: “Tudo acontece comigo… Por que eu?” O efeito dessa atitude sobre o humor e o equilíbrio mental é enorme.

Já quando o assunto é a saúde física, diversos estudos mostram que o otimismo espanta o estresse, um grande vilão da vida contemporânea. É sabido que o estresse é um gatilho importante para muitas doenças, como problemas de pele, doenças cardiovasculares, depressão e distúrbios de ansiedade, entre outras. Mais um ponto para o pensamento positivo!

Então, que tal trocar agora mesmo aquele padrão de pensamento negativo que às vezes nos arrebata por outro, de pensamento positivo? Siga as dicas abaixo!

Turma da Mônica e Corpo Humano

Os 5 passos para você construir o pensamento positivo:

1 Seja gentil consigo mesmo. Para isso, não dê atenção à voz negativa crítica em sua cabeça. Abaixe o volume negativo e aumente a voz que o encoraja.

Saiba mais sobre o poder da gentileza.

2 Analise as situações corretamente. Não as considere em termos absolutos, como “horrível” ou “excelente”. Há sempre um meio-termo. Há mais cinza do que preto ou branco no nosso mundo.

3 Não rotule a si mesmo nem aos outros. Nem seja tão exigente consigo mesmo. Quando você se considera “fraco” e os outros “fortes” e “seguros”, sempre fica em desvantagem. Todas as pessoas cometem erros.

4 Não verbalize seus medos. Procure pensar friamente quando estiver se sentindo pressionado, e evite o uso de linguagem emotiva, como “não consigo fazer isso”.

5 Enfatize as coisas boas. Quando alguém perguntar sobre o seu dia, pense no que deu certo e dê mais destaque a isso. Lembrar das coisas boas é muito mais produtivo do que lembrar das coisas ruins.