Como você reage à ansiedade? Muitas pessoas recorrem à comida para conter o nervosismo e acabam prejudicando a saúde em função disso.

Essa situação é bastante comum. Quando submetidas ao estresse intenso, a primeira ideia que ocorre a muitas pessoas é “atacar a geladeira”. Mas não é só isso. Distúrbios de ansiedade podem levar a problemas ainda mais sérios, como depressão e ataque cardíaco. Em alguns casos, medicação e terapia são necessárias, mas, na maioria das vezes, aprender a lidar com a ansiedade quando ela aparece já faz uma grande diferença.

Quando você está na meia-idade ou é mais jovem, o estresse e a ansiedade geralmente surgem de questões profissionais, de uma agenda apertada e da luta para equilibrar trabalho, família e vida pessoal. Mas para aqueles que já passaram do pico da carreira, que não têm mais crianças em casa, que não precisam mais fazer tudo em um dia só, o estresse aparece de formas diferentes.

Uma delas é o desapontamento. Desapontamento com em que a vida se transformou, como os filhos estão, como os extravagantes sonhos da juventude nunca se tornaram realidade.

Frequentemente, as pessoas não dão o devido valor à sensação de desconforto associada ao desapontamento. Mas é uma emoção natural pela qual todos nós passamos, e que não deve ser ignorada. Entender as causas do desapontamento pode ser um aprendizado valioso. Por exemplo, se você está decepcionado com o comportamento de outras pessoas, talvez tenha de rever suas expectativas em relação a elas. Lembre-se que nem todas as pessoas estão preparadas para atender às nossas expectativas.

Perceber que vivemos em um mundo enorme, repleto de vitórias e desastres, o ajudará a colocar suas angústias em perspectiva. O grande truque é perdoar o passado, ter esperança no futuro e viver o presente. Faça do dia de hoje algo espetacular. E de amanhã algo ainda melhor.