BRASÍLIA, DF – O número de casos de suspeita de infecção por coronavírus no Brasil disparou nas últimas horas e chegou a 132 nesta quinta-feira (27) –eram 20 na quarta. Outras 213 notificações ainda não foram analisadas mas, segundo o Ministério da Saúde, esse volume deve incrementar as suspeitas.

O Brasil tem apenas um caso confirmado, de um um homem de 61 anos de São Paulo. Ele esteve na Itália, um dos países com mais casos.

Segundo o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, o aumento de casos de suspeita de infecção no Brasil se deve à ampliação de países com casos confirmados. Já há mais de 81 mil casos confirmados em 37 países. O número de mortes chega a 2.918 em todo mundo.

Dos 132 casos classificados como suspeitos no Brasil, 121 têm histórico de viagens para China, Itália ou Japão. Oito deles tiveram contatos com casos de suspeita no Brasil e outros 3 são pessoas com contatos com o homem infectado.

"A grande maioria dos 213 casos em análise deve entrar na lista de suspeitos", disse Gabbardo. "Os estados nos mandaram e entenderam que são casos suspeitos, mas não tivemos tempo suficiente para análise pormenorizada", disse Gabbardo.

Há 10 estados com casos de suspeita: São Paulo (55), Rio Grande do Sul (24), Rio de Janeiro (9), Santa Catarina (8), Paraná (5), Minas Gerais (5), Distrito Federal (5), Goiás (3), Mato Grosso do Sul (2) e Espírito Santo.