Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 14 de dezembro de 2019

Ex-Spice Girl Mel C defende empoderamento e pede que minorias se mantenham fortes

Imagem:

SÃO PAULO, SP – Melanie C pode ter encerrado sua turnê de reunião com as Spice Girls em junho deste ano, mas não abandonou o pop. A cantora de 45 anos continua fazendo sucesso no meio artístico, há 20 anos com carreira solo, tendo lançado no último mês o hit "High Heels".

A canção, elogiada pela crítica internacional, promove a mensagem da diversidade. Em seu clipe, Mel C convidou drag queens do coletivo LGBT Sink the Pink para fazer coreografias ao som de pop disco, com uma letra que, segundo ela, fala sobre "se soltar, se aceitar, se amar e ser feliz", mesmo em um meio repleto de preconceitos.

"Eu cantei na Parada Gay de São Paulo no começo deste ano, e estava muito consciente da situação política do momento. É muito difícil quando se tem tanto preconceito no mundo, muito triste para essas comunidades. Mas eu acho que ficarmos juntos é o único meio de ter sucesso nisso, e manter-se forte", contou a cantora em entrevista ao F5, acrescentando que acredita que as minorias têm, aos poucos, conquistado mais espaço.

"Você nunca vai mudar a opinião de todo mundo. Algumas pessoas são muito presas ao seu modo de pensar, mas eu acho que, pelo menos, se nos mantivermos juntos, poderemos nos manter fortes e sermos confiantes naquilo que acreditamos", completa.

Em junho, Mel C se apresentou para cerca de 3 milhões de pessoas na parada de orgulho LGBT em São Paulo, na Avenida Paulista, além de fazer shows na capital. Questionada sobre voltar à cidade, ela respondeu com um enfático "sim". Mais do que isso, ela planeja outras paradas além de São Paulo e Rio de Janeiro.

Sem planos para novas músicas das Spice Girls, Melanie trabalha atualmente em um possível oitavo álbum solo, que se confirmado, contará inclusive com "High Heels". Ele marca a volta da cantora após "Version of Me", lançado em 2016, e trará parcerias ainda não anunciadas.

"Estive trabalhando com muitos jovens artistas no Reino Unidos. Estou ansiosa para o meu álbum sair e vocês serem apresentados a novos nomes, além de mim. É bom trabalhar com jovens cantores e continuar falando sobre ‘girl power’", diz a cantora.

Mel C diz que tem acompanhado a cena pop atual, e que está contente com a nova geração de cantores. Uma de suas artistas favoritas é Billie Eilish, 17, quem ela descreve como "uma cantora insanamente talentosa".

"Eu amo a sua individualidade, o quão diferente ela é não apenas na música, mas na maneira como se veste, em seus vídeos, e o quão criativa ela é. Ela e seu irmão, que trabalham juntos, são escritores incríveis", afirmou. "Mas há muitos cantores jovens incríveis. Eu escuto muito pop com a minha pequena filha, e há pouco tempo fomos a um show da Ariana Grande".

Particularmente sobre sua carreira no mundo pop, Mel C é clara e assertiva ao dizer que não tem previsão de parar de cantar, e que, para a sorte dos fãs, pretende continuar se apresentando ainda por um bom tempo.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados