SÃO PAULO, SP – Depois que a boyband One Direction fez uma pausa em 2015, um de seus membros, Louis Tomlinson, 28, passou por duas tragédias familiares.

Em dezembro de 2016, ele perdeu a mãe, Johannah Deakin, que batalhava contra uma leucemia. Dois anos depois, sua irmã, Felicite, foi vítima de uma overdose.

Desde então, Louis precisou assumir o posto de chefe da família e tem, portanto, cuidado de suas duas irmãs mais novas, Daisy e Phoebe, ambas de 16 anos.

Em entrevista à revista do jornal britânico The Telegraph, o artista disse que está pagando para que as duas frequentem uma cara escola privada nos arredores de Doncaster, na Inglaterra.

"Sem querer parecer sentimental, eu gosto de cuidar das pessoas, é muito legal", disse ele à publicação. Segundo Louis, ele aprendeu a se comunicar e a lidar melhor com as irmãs depois da morte de Johannah.

"As mortes foram muito particulares e tiveram um grande impacto sobre mim… Mas eu acho que lidar com a família, como eu posso estar lá para ela, isso foi foi muito mais fácil na segunda vez, porque na primeira eu estava de luto e não sabia o que dizer."

Ainda de acordo com o músico, a melhor forma que encontrou para lidar com a dor foi justamente ajudando outras pessoas.