SÃO PAULO, SP – A Troposlab —aceleradora de negócios, projetos e pessoas—, acaba de abrir as inscrições para o programa Desafio Agroflorestal, em parceria com o Fundo Vale e a Reserva Natural Vale (RNV).

O objetivo é fortalecer o ecossistema de negócios sustentáveis, por meio de Sistemas Agroflorestais (SAFs). A chamada quer atrair projetos, negócios e soluções inovadoras que impulsionam esse modelo de agricultura baseado em agrofloresta, que traz impactos ambientais e sociais positivos.

Os setores que o Desafio pretende auxiliar são: logística, novos produtos (com foco no uso de matéria-prima natural), modelos de negócio, comercialização, processo produtivo e soluções financeiras.

Quem tiver interesse em participar do programa deve acessar o site (https://www.desafiogroflorestal.com.br/) e se inscrever no edital até 16 de março.

Desafio Agroflorestal conta com mentoria para atender assuntos específicos dos sistemas agroflorestais e negócios de impacto – Divulgação/FBB

Na terça-feira (10), será realizado uma webinar para esclarecimentos complementares. Os projetos selecionados serão divulgados no dia 20 de março.

Os selecionados iniciam o programa em abril com um treinamento imersivo e logo após passam pelo processo de aceleração, que segue até o final junho, quando ocorre o encerramento do programa no dia 29.

Além disso, as iniciativas premiadas vão participar do 4º Fórum de Investimentos e Negócios de Impacto, no qual terão a oportunidade de conhecer possíveis investidores para trabalhos de impacto no Brasil.

Dentro do processo de aceleração, a Troposlab vai aplicar uma metodologia de modelagem de negócios adaptável a cada estágio de desenvolvimento, ao tipo de projeto e ao perfil de cada empreendedor, tudo desenvolvido pela aceleradora.

O programa ainda vai contar com grupos de mentoria atendendo assuntos específicos dos Sistemas Agroflorestais e negócios de impacto. Durante a aceleração, também serão realizados alguns momentos de conexão dos empreendedores sociais com potenciais parceiros, clientes e usuários de valor para o negócio.

Já o Fundo Vale e a RNV vão auxiliar os negócios identificando potenciais parceiros e possibilitando conexões para viabilização e implementação da solução inicialmente proposta. O Fundo Vale também vai arcar com os custos dos participantes selecionados no treinamento imersivo e no encerramento, incluindo as despesas com hospedagem e transporte até os locais.