Faça uma busca
|
Publicado em: 31 de dezembro de 2019

Pão sem glúten e outros 11 tipos de pães para fazer em casa

O pão é sempre uma ótima opção para qualquer hora do dia, além de combinar com quase todo o tipo de alimento. Veja estas receitas e escolha a sua!

Imagem: eskymaks/iStock

Muitos consideram o pão um alimento de preparo difícil e demorado, porém nada poderia estar mais distante da verdade. Depois de descobrir a mágica de fazer pães em casa, você verá que a maioria dos industrializados não pode competir com os feitos por você. É possível usar todos os tipos de farinhas e fazer pães sem glúten e com glúten também. Além disso, grãos, óleos nutritivos, sementes e nozes estão liberados para garantir que cada mordida seja plena de nutrientes e de sabor.

Separamos receitas de pães de vários lugares do mundo; pães árabes, irlandeses e indianos. Você também poderá preparar pães integrais e o básico pão branco. Então, aproveite a nossa seleção e escolha a sua preferida para acompanhar um bom café!

  • VikkiePix/iStock

    Pão básico

    Esta é a receita versátil de um ótimo pão básico. Com ela você pode preparar pães variados, usando tipos diferentes de farinha ou acrescentando ervas, nozes, queijo, azeitonas, sementes, frutas secas, ou ainda modelando a massa em pãezinhos. Nem é preciso ter forma para pão, pois ele pode ser assado num tabuleiro.

    Ingredientes

    Para 1 pão redondo grande (rende cerca de 12 fatias)

    • 340 g de farinha de trigo branca para pão
    • 340 g de farinha de trigo integral para pão e mais um pouco para polvilhar
    • 1 colher de chá de sal
    • 1 envelope de fermento biológico seco instantâneo, cerca de 7 g
    • 450 ml de água morna

  • Qwart/iStock

    Modo de preparo

    1 – Numa tigela grande, peneire as farinhas de trigo branca e integral e o sal, incluindo o farelo que restar na peneira. Acrescente o fermento seco e faça um buraco no centro da farinha para despejar ali a água morna. Com as mãos, incorpore aos poucos a farinha à água.

    2 – Modele a massa, formando uma bola que seja firme ao toque e que se desprenda dos lados da tigela. Se necessário, acrescente um pouco mais de farinha ou um pouco mais de água.

    3 – Transfira a massa para uma superfície de trabalho ligeiramente enfarinhada e sove-a por cerca de 10 minutos ou até ficar lisa e elástica. Ponha a massa numa tigela grande, levemente untada, e cubra-a com filme de PVC. Deixe fermentar num local aquecido por cerca de 1 hora ou até ter dobrado de volume.

    4 – Devolva a massa crescida à superfície de trabalho e insira o punho fechado, como se desse um soco nela. Amasse-a delicadamente, formando uma bola bem-feita e coloque-a num tabuleiro grande, untado. Cubra com um pano de prato úmido e deixe fermentar num local aquecido por mais 1 hora ou até ter novamente dobrado de volume.

    5 – Próximo ao fim do tempo de crescimento, preaqueça o forno a 220ºC. Descubra a massa e polvilhe-a com um pouco de farinha. Depois, com uma pequena faca de serra, faça 4 cortes no topo do pão, de um lado ao outro. Asse por 35 minutos ou até obter um som oco, ao bater com os dedos na base do pão.

    6 – Ponha o pão numa grade metálica e espere esfriar completamente antes de fatiá-lo. Conserva-se por até 5 dias.


  • • Para preparar um pão branco, use 675 g de farinha de trigo branca para pão e dispense a integral. Para obter um pão com muita textura, use 675 g de farinha de trigo integral para pão e dispense a branca.
    • Para obter um pão com mais cálcio, misture a massa com leite semidesnatado morno em vez de água, ou use uma combinação de água e leite.
    • Para assar o pão na forma, depois do primeiro tempo de crescimento, modele a massa e coloque-a numa forma untada com capacidade para 900 g. Deixe crescer até dobrar de volume e asse como na receita principal.
    • Para preparar pãezinhos, depois do primeiro tempo de crescimento, divida a massa em 20 pedaços iguais. Para pãezinhos redondos, modele cada porção como uma bola grosseira, depois role-a com a mão em concha sobre a superfície de trabalho, para deixá-la perfeita. Se quiser pãezinhos ovais, modele cada porção com as mãos e faça uma marca no centro com a lateral do dedo mínimo.


  • Seleções de Reader's Digest

    Broa multigrãos com sementes

    Sirva esta broa de textura crocante bem fresca e cortada em pedaços. Fica excelente acompanhando uma sopa ou com queijo. Você pode variar como quiser a combinação de sementes ou usar apenas um tipo.

    Ingredientes

    Para 1 broa (cortada em 8 pedaços)

    • 300 g de farinha de trigo branca para pão
    • 200 g de farinha de trigo integral para pão
    • 100 g de farinha de trigo-sarraceno
    • 75 g de fubá
    • 2 colheres de chá de sal
    • 1 envelope de fermento biológico seco instantâneo, cerca de 7 g
    • 1 colher de chá de açúcar mascavo
    • 3 colheres de sopa de sementes de girassol
    • 2 colheres de sopa de sementes de abóbora
    • 2 colheres de sopa de sementes de linhaça
    • 2 colheres de sopa de óleo de girassol
    • 450 ml de água morna
    • um pouco de leite semidesnatado para pincelar

    Confira o modo de preparo a seguir!


  • MalyDesigner/iStock

    Modo de preparo

    1 – Numa tigela grande, peneire as três farinhas, incluindo os farelos que ficarem na peneira. Acrescente o fubá, o sal, o fermento e o açúcar.

    2- Misture todas as sementes e reserve 1 colher de sopa para decorar. Junte o restante à mistura de farinhas.

    3- Faça um buraco no centro dos ingredientes secos e despeje ali o óleo e a maior parte da água. Aos poucos, incorpore as farinhas à água até formar uma massa lisa. Transfira a massa para uma superfície de trabalho e sove-a por cerca de 10 minutos ou até estar lisa e elástica.

    4- Ponha a massa numa tigela grande, levemente untada, e cubra-a com um pano de prato úmido. Deixe fermentar num local aquecido por 1 ½ hora ou até ter dobrado de volume.

    5- Devolva a massa crescida à superfície de trabalho ligeiramente enfarinhada e insira nela o punho fechado. Com firmeza, amasse-a por alguns minutos. Modele-a como uma bola e coloque-a num tabuleiro grande untado. Cubra com filme de PVC untado e deixe crescer por mais 20 a 30 minutos ou até ter aumentado bastante de volume e, quando pressionada, voltar à forma original.

    6- Próximo ao fim do tempo de crescimento, preaqueça o forno a 230ºC. Descubra a massa e, com uma faca afiada, faça cortes profundos para marcar 8 pedaços. Pincele com leite e salpique as sementes reservadas.

    7- Asse por 15 minutos, depois reduza a temperatura do forno para 200ºC. Asse por mais 15 a 20 minutos ou até a broa estar dourada e produzir um som oco quando você bater com os dedos na sua base. Deixe esfriar numa grade metálica. É melhor consumi-la no mesmo dia.


  • • Modele a massa como um “pão-bolha”. Enrole 8 bolinhas e, no tabuleiro, junte-as, num formato redondo, apenas encostando umas nas outras. Depois de assadas, elas podem ser separadas e servidas como pãezinhos.
    • Em vez de fubá, use aveia em flocos e substitua as sementes por 3 colheres de sopa de aveia trilhada, 2 colheres de sopa de sementes de papoula e 2 colheres de sopa de gergelim.


  • arfo/iStock

    Pão integral rápido

    Com apenas um tempo de crescimento e sem necessidade de ser sovado, este pão não poderia ser mais fácil de se preparar. Ele tem como base a receita de pão nutritivo que qualquer pessoa pode preparar em casa rapidamente. Com textura densa e úmida, é um pão consistente que fica ótimo torrado.

    Ingredientes

    Para 1 pão grande (rende cerca de 14 fatias)

    • 450 g de farinha de trigo integral para pão.
    • 1 colher de chá de sal
    • 2 colheres de chá de fermento biológico seco instantâneo
    • 1 colher de chá de açúcar mascavo ou mel claro
    • 450 ml de água morna
    • 1 colher de sopa de farinha de trigo branca para polvilhar

  • djedzura/iStock

    Modo de preparo

    1 – Unte levemente uma forma de pão com capacidade para 900 g ou forre-a com papel-manteiga. Reserve-a num local aquecido enquanto prepara a massa.

    2 – Numa tigela grande,  peneire a farinha e o sal, incluindo o farelo que restar na peneira. Acrescente o fermento seco e faça um buraco no centro. Misture o açúcar ou mel à água morna e despeje-a no buraco feito na farinha.

    3 – Usando as mãos ou uma colher de pau, misture tudo e bata vigorosamente por cerca de 2 minutos ou até a massa desprender-se dos lados da tigela. Ela estará bem mole e pegajosa.

    4 – Transfira a massa para a forma já preparada, cubra com um pano de prato úmido e deixe fermentar num local aquecido por cerca de 30 minutos ou até a massa ter crescido até quase a borda da forma.

    5 – Próximo ao fim do tempo de crescimento, preaqueça o forno a 200ºC. Descubra a massa e polvilhe uniformemente a superfície com um pouco de farinha. Asse por 30 a 40 minutos ou até o pão ter crescido bem e estar dourado. Ao tirá-lo da forma ele deve parecer leve e produzir um som oco quando você bater com os dedos na sua base.

    6 – Desenforme o pão e, se necessário, devolva-o ao forno por mais 5 minutos para endurecer as laterais e a base. Ponha-o numa grade metálica para esfriar. Conserva-se por até 5 dias.


  • • Para preparar um pão integral light maltado, substitua a farinha de trigo integral por 200 g de farinha de trigo escura maltada, 225 g de farinha de trigo branca e 30 g de aveia em flocos finos. Antes de assar, pincele com ovo batido e salpique 2 colheres de sopa de trigo para quibe.
    • Para preparar 2 pães pequenos, divida a massa em duas formas com capacidade para 450 g e asse por 30 a 35 minutos.


  • Seleções de Reader's Digest

    Pão light de centeio

    A farinha de centeio tem menos glúten que a de trigo, portanto produz um pão de textura mais densa e úmida.

    Ingredientes

    Para 1 pão pequeno (rende cerca de 24 fatias finas)

    • 300 g de farinha de centeio
    • 100 g de farinha de trigo branca para pão
    • ½ colher de chá de sal
    • 1 colher de chá de açúcar
    • 1 envelope de fermento biológico seco instantâneo, cerca de 7 g
    • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem
    • 200 ml de água morna

  • katerinasergeevna/iStock

    Modo de preparo

    1 – Numa tigela, peneire a farinha de centeio, a farinha de trigo, o sal e o açúcar, e junte o fermento. Misture o azeite de oliva com a água morna e despeje a mistura sobre os ingredientes secos. Mexa, primeiro com uma colher de pau e depois com as mãos, a fim de obter uma massa pegajosa e um pouco granulosa.

    2 – Transfira a massa para uma superfície de trabalho enfarinhada e sove-a por cerca de 10 minutos ou até estar lisa. A massa deve ficar bem firme. Modele-a como um pão oval de cerca de 18 cm de comprimento e coloque-o num tabuleiro untado. Cubra frouxamente com filme de PVC e deixe fermentar num local aquecido por cerca de 1 hora ou até ter quase dobrado de volume. A massa estará ligeiramente rachada na superfície.

    3 – Próximo ao fim do tempo de crescimento, preaqueça o forno a 200ºC. Descubra o pão e asse por 40 a 45 minutos ou até estar levemente dourado e produzir um som oco quando você bater com os dedos na base.

    4 – Ponha o pão numa grade metálica e espere esfriar. Depois, ponha-o num saco de plástico e espere até o dia seguinte (este procedimento faz com que a crosta fique mais macia). O pão se conserva por até 2 dias.


  • • Para preparar um pão preto de centeio, junte 2 colheres de sopa de melado à água com azeite.
    • Use farinha de trigo integral em vez de branca.
    • Para um pão mais leve, use 200 g de farinha de centeio e 200 g de farinha de trigo branca.


  • Seleções de Reader's Digest

    Pão de batata

    Preparado da maneira tradicional, com batatas amassadas na hora, este pão leve e macio tem um sabor delicioso e uma textura úmida. É excelente cortado em fatias finas e usado para preparar sanduíches leves, ou torrado e consumido com um pouco de mel. A batata aumenta o tempo de conservação deste pão.

    Ingredientes

    Para 2 pães pequenos (cada um rende cerca de 14 fatias)

    • 400 g de batatas, lavadas, escovadas e cortadas em pedaços grandes
    • 700 g de farinha de trigo branca para pão
    • 1 colher de chá de sal
    • 1 envelope de fermento biológico seco instantâneo, cerca de 7 g
    • 1 colher de sopa de melado

  • UllrichG/iStock

    Modo de preparo

    1 – Ponha as batatas numa panela com água fervente e deixe cozinhar em fogo brando por 15 minutos ou até ficarem macias. Escorra, reservando a água do cozimento. Quando as batatas estiverem frias o suficiente para serem manuseadas, descasque-as. Amasse as batatas até obter uma pasta homogênea. Deixe esfriar.

    2 – Numa tigela grande, peneire 600 g da farinha de trigo e o sal. Acrescente as batatas amassadas e, com as pontas dos dedos, incorpore a farinha. Adicione o fermento e misture bem.

    3 – Meça 300 ml da água do cozimento das batatas, que deve estar morna. Adicione o melado e mexa até que ele dissolva. Despeje esta mistura sobre a farinha e mexa bem. É mais fácil fazer isso com as mãos. Acrescente o restante da farinha, conforme o necessário, a fim de obter uma massa macia, sem ser pegajosa.

    4 – Transfira a massa para uma superfície de trabalho enfarinhada e sove-a por 5 a 10 minutos ou até ficar lisa e elástica. Ponha a massa numa tigela grande, untada, e cubra-a com um pano de prato. Deixe fermentar num local aquecido por 40 minutos ou até ter atingido cerca de uma vez e meia o seu volume.

    5 – Devolva a massa crescida à superfície de trabalho e insira nela o punho fechado. Amasse-a por cerca de 3 minutos. Divida a massa ao meio e modele cada pedaço em forma de pão. Ponha-os em 2 formas para pão, bem untadas com capacidade para 450 g. Cubra novamente com o pano de prato e deixe fermentar num local aquecido por cerca de 20 minutos.

    6 – Próximo ao fim do tempo de crescimento, preaqueça o forno a 180ºC. Descubra os pães e asse-os por 40 a 45 minutos ou até estarem bem crescidos e dourados e produzirem um som oco quando você bater com os dedos na base. Desenforme-os sobre uma grade metálica e deixe esfriar. Esse tipo de pão se conserva por até uma semana.


  • • Para preparar um pão de batata com cebola grelhada e alecrim, na hora de sovar a massa, adicione 1 colher de chá de alecrim fresco picado, no final da etapa 3. Corte 1 cebola roxa em fatias de 1 cm de espessura. Pincele-as levemente com azeite de oliva extravirgem e cozinhe-as numa grelha preaquecida até ficarem macias e escurecidas dos dois lados. Retire-as do fogo e pique-as grosseiramente. Deixe esfriar um pouco e incorpore-as à massa durante a sova, antes de dividi-la ao meio e de modelar os pães.
    • Para preparar um pão de batata mais nutritivo, substitua metade da farinha de trigo branca por farinha de trigo integral.


  • Seleções de Reader's Digest

    Pão sem glúten

    Este pão dourado e crocante tem uma textura densa, úmida e deliciosa. Os ingredientes são fáceis de encontrar em lojas de produtos naturais, e a receita é muito simples. O fermento biológico confere  um sabor tradicional, enquanto o bicarbonato de sódio e o creme tártaro ajudam no crescimento da massa.

    Ingredientes

    Para 1 pão (cerca de 15 fatias)

    • 200 g de farinha de arroz integral
    • 200 g de fécula de batata
    • 100 g de farinha de soja
    • 1 colher de chá de sal
    • 1 envelope de fermento biológico seco instantâneo, cerca de 7 g
    • 1 ½ colher de chá de mel
    • 1 colher de chá de azeite de oliva extravirgem
    • 400 ml de água quente (na qual se consegue mergulhar o dedo mínimo e contar até 10)
    • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
    • 2 colheres de chá de creme tártaro

  • IriGri8/iStock

    Modo de preparo

    1 – Numa tigela grande, peneire as farinhas de arroz e de soja, a fécula de batata e o sal. Retire cerca de um quarto da mistura e reserve. Acrescente o fermento e faça um buraco no centro da farinha.

    2 – Nesse buraco, adicione o mel, o azeite e a água quente. Misture os ingredientes secos com os líquidos, a fim de obter uma massa homogênea e espessa.

    3 – Cubra a tigela com filme de PVC e deixe-a num local aquecido por 30 minutos para ativar o fermento. Próximo ao fim desse tempo, preaqueça o forno a 200ºC.

    4 – Junte o bicarbonato de sódio e o creme tártaro à mistura de farinhas reservada e peneire-a sobre a massa levedada. Misture tudo delicadamente. A massa deve parecer espumante. Transfira-a para uma forma de pão antiaderente, bem untada, com capacidade para 900 g.

    5 – Asse por 25 a 30 minutos ou até ficar firme, crocante e dourado. Desenforme-o sobre uma grade metálica para esfriar. Este pão se conserva por até 2 dias e é muito gostoso torrado.


  • • Para preparar um pão preto sem glúten, use apenas 50 g de farinha de soja e substitua a fécula de batata por 200 g de farinha de trigo-sarraceno. Este pão tem a crosta escura e o miolo escuro e úmido, com uma textura pesada.
    • Para preparar um delicioso pão sem glúten com sabor de milho, substitua as farinhas de arroz e de soja e a fécula de batata por 200 g de farinha de milho, 200 g de maisena e 100 g de farinha de trigo-sarraceno. Use 360 ml de água quente. Este pão tem a crosta mais clara e o topo reto levemente rachado.
    • Para preparar um pão sem glúten dourado, substitua as farinhas de arroz integral, de soja e a fécula de batata por 200 g de farinha de milho ou fubá e 200 g de arroz moído. Use 360 ml de água quente. Este pão tem uma crosta dourado-clara e textura levemente granulosa.


  • Seleções de Reader's Digest

    Pão árabe

    Estes pãezinhos são deliciosos assim que saem do forno, ainda mornos. São um ótimo acompanhamento para sopas, pastas e patês, ou, frios, podem ser cortados ao meio e recheados: experimente queijo de cabra com legumes grelhados e cebola roxa; carne e legumes grelhados; ou pasta de grão- de-bico e salada crua.

    Ingredientes

    Para 10 pãezinhos

    • 450 g de farinha de trigo branca
    • 1 colher de chá de sal
    • ½ colher de chá de açúcar
    • 1 envelope de fermento biológico seco instantâneo, cerca de 7 g
    • 300 ml de água morna, ou conforme a necessidade

  • lisaaMC/iStock

    Modo de preparo

    1 – Numa tigela, peneire a farinha de trigo e o sal, depois junte o açúcar e o fermento. Faça um buraco no centro da farinha e despeje nele bastante água morna para obter uma massa mole.

    2 – Transfira a massa para uma superfície de trabalho ligeiramente enfarinhada e sove-a por cerca de 10 minutos ou até ficar lisa e elástica. Ponha a massa numa tigela levemente untada e cubra-a com um pano de prato. Deixe-a fermentar num local aquecido por 1 a 1 ½ hora ou até ter dobrado de volume.

    3 – Devolva a massa crescida à superfície de trabalho levemente enfarinhada e insira o punho fechado, como se desse um soco. Depois sove-a novamente por 2 a 3 minutos. Divida-a em 10 pedaços e modele-os como bolas. Abra cada bola, formando um pão oval com cerca de 5 mm de espessura. Deixe-os na superfície enfarinhada para que cresçam em temperatura ambiente por cerca de 30 minutos.

    4 – Próximo ao fim do tempo de crescimento, preaqueça o forno a 230ºC. Ponha no forno 3 tabuleiros antiaderentes (ou 3 tabuleiros enfarinhados) para aquecê-los por cerca de 5 minutos. Disponha os pãezinhos árabes nos tabuleiros quentes e asse-os por 8 a 10 minutos ou até estarem firmes e dourados.

    5 – Coloque-os numa grade metálica para esfriar. Sirva-os quentes ou esquente-os na grelha ou na torradeira, se necessário. O pão árabe é melhor se for consumido no dia em que foi feito, mas pode ser conservado por 1 a 2 dias, embrulhado em papel-alumínio.


  • • Para preparar pães árabes com sementes, antes de levá-los ao forno, pincele-os com água e salpique gergelim ou outras sementes. Ou, na hora de sovar, na etapa 2, incorpore à massa 2 colheres de sopa de sementes diversas.
    • Para pãezinhos com ervas, na etapa 2, sove a massa incorporando 1 colher de sopa de alecrim fresco picado ou 2 colheres de sopa de manjericão fresco picado.


  • Seleções de Reader's Digest

    Pão de massa azeda

    O delicioso pão de massa azeda é feito de uma levedura cujos agentes se encontram presentes na atmosfera e na farinha. Embora necessite de mais tempo de crescimento, não é um pão de preparo difícil, e o restante dos fungos responsáveis pela fermentação pode continuar a ser “alimentado” para preparar mais pães.

    Ingredientes

    Para 1 pão grande e redondo (rende cerca de 20 fatias)

    Levedura

    • 100 g de farinha de trigo branca
    • 100 ml de água morna, de preferência mineral

    Para “alimentar” a levedura 200 g a 300 g de farinha de trigo branca água morna, de preferência mineral.

    Massa

    • 500 g de farinha de trigo branca
    • 1 colher de chá de sal
    • 240 ml de água morna, de preferência mineral, ou conforme a necessidade

  • Sedaeva/iStock

    Modo de preparo

    1 – Para a levedura, numa tigela, misture a farinha e a água até obter uma pasta pegajosa. Cubra com um pano de prato úmido (não use filme de PVC) e deixe na bancada da cozinha por 2 dias, umedecendo o pano de prato sempre que necessário. Se depois de 2 dias a mistura borbulhar e exalar um cheiro de leite, você pode fazer a primeira alimentação. (Pode levar até 4 dias para atingir esse estágio.) Se houver bolor ou se a pasta tiver um cheiro desagradável, jogue-a fora e comece tudo de novo.

    2 – Para alimentar a levedura, acrescente 100 g de farinha de trigo e a quantidade necessária de água morna para obter uma massa mole. Cubra a tigela e deixe descansar por 24 horas. Neste ponto, a levedura terá uma aparência ativa e borbulhante. Mexa bem, depois descarte metade da levedura. Acrescente mais 100 g de farinha e água morna suficiente para formar uma massa, como antes. Cubra outra vez a tigela e deixe descansar por 12 horas. Se a levedura tiver uma aparência ativa e borbulhante, está pronta para ser usada. Caso contrário, alimente-a mais uma vez e espere mais 6 horas.

    3 – Para a massa, misture numa tigela grande a farinha de trigo e o sal, e faça um buraco no centro. Pese 200 g da levedura e misture-a com a água morna, depois despeje a mistura na farinha. Aos poucos, incorpore a farinha ao líquido até formar uma massa mole.

    Continua!


  • Mizina/iStock

    4 – Transfira a massa para uma superfície de trabalho enfarinhada e sove-a por cerca de 10 minutos ou até estar bem elástica. Ponha a massa novamente na tigela lavada, cubra-a com um pano de prato úmido e deixe fermentar num local aquecido por 3 a 8 horas ou até ter dobrado de volume. O tempo de crescimento depende da temperatura ambiente e da força da levedura. (Uma levedura nova proporcionará um crescimento mais lento e menos volume.)

    5 – Devolva a massa crescida à superfície de trabalho e insira nela o punho fechado. Modele-a, formando uma bola e deixe-a numa cesta ou coador forrado com um pano de prato muito enfarinhado. Cubra com um pano de prato úmido e deixe crescer por 2 a 6 horas ou até ter novamente dobrado de volume.

    6 – Próximo ao fim do tempo de crescimento, preaqueça o forno a 220ºC. Coloque o pão sobre um tabuleiro untado e, com uma faca afiada, rapidamente faça cortes no topo do pão, de um lado ao outro. Asse por cerca de 35 minutos ou até obter um som oco, ao bater com os dedos na base do pão.

    7 – Transfira o pão para uma grade metálica e espere esfriar. Conserva-se por até 5 dias.


  • • Conserve a levedura que sobrou na geladeira, num recipiente hermético. Antes de usá-la, deixe à temperatura ambiente, “alimente-a” mais uma vez, como na receita principal, e espere 6 horas. Cada vez que preparar um pão, você terá uma sobra de levedura. Mantenha-na refrigerada, “alimentando-a” a cada 4 dias para mantê-la viva, e o sabor será aprimorado.

    • Em vez de água mineral, você pode usar água filtrada fervida em temperatura ambiente.

    • Para preparar um pão de massa azeda em estilo francês, substitua 50 g de farinha de trigo branca por farinha de trigo integral.

    • Para preparar um pão de massa azeda em estilo alemão, mais pesado, substitua metade da farinha de trigo branca por farinha de centeio.


  • Seleção de Reader's Digest

    Pão naan

    Naan é o pão achatado indiano, tradicionalmente assado nas laterais de um forno de barro. O formato de gota característico se configura à medida que o pão estica ao ficar pendurado no forno. Esta receita simples produz fabulosos pãezinhos na grelha — leves e macios — que combinam com um delicioso chai latte. Melhor de tudo: são rápidos e fáceis de preparar.

    Ingredientes

    Para 4 pães.

    • 2 colheres de chá de óleo de girassol
    • 250 g de farinha de trigo branca
    • ¼ de colher de chá de sal
    • ½ colher de chá de bicarbonato de sódio
    • 170 g de iogurte natural de consistência firme

  • GreenArtPhotography/iStock

    Modo de preparo

    1 – Corte 4 pedaços de papel-alumínio, cada um medindo 28 x 20 cm, e pincele-os com o óleo de girassol. Numa tigela, peneire a farinha de trigo, o sal e o bicarbonato de sódio. Acrescente o iogurte e mexa bem para misturar tudo e formar uma massa mole. Transfira-a para uma superfície ligeiramente enfarinhada e sove-a por 5 a 7 minutos ou até ficar lisa.

    2 – Preaqueça a grelha à temperatura alta. Corte a massa em quatro pedaços. Na superfície enfarinhada, com um rolo, abra um dos pedaços no formato oval, com cerca de 25 cm de comprimento e 18 cm de largura. Disponha essa massa oval sobre um dos pedaços de papel-alumínio já preparados. Repita o procedimento com as porções restantes de massa.

    3 – Coloque o pão naan, com o papel alumínio, na grelha, se possível a cerca de 15 a 20 cm de distância do calor. Cozinhe até formarem-se bolhas no pão e ele corar um pouco em alguns pontos, o que leva cerca de 2 minutos. É preciso verificar constantemente para garantir que não passe do ponto.

    4 – Vire o pão e cozinhe do outro lado por 1 a 2 minutos ou até ficar firme e corado em alguns pontos. Embrulhe o pão cozido num pano de prato para mantê-lo aquecido enquanto prepara os pães restantes. Sirva-os quentes ou mornos.


  • • Para preparar um pão naan com coentro, acrescente ao iogurte 4 colheres de sopa de coentro fresco picado e 2 colheres de sopa de cebolinhas bem picadas.
    • Para preparar naan de alho, adicione ao iogurte 1 dente de alho bem picado.
    • Para preparar naan recheado, numa panela pequena, aqueça 1 colher de sopa de óleo de girassol e junte as sementes de 2 vagens verdes de cardamomo, 2 cenouras grosseiramente raladas e 2 cebolinhas bem picadas. Por cima, salpique 2 colheres de sopa de passas e tampe a panela. Cozinhe em fogo baixo por 5 minutos, mexendo de vez em quando. Espere esfriar. Divida o recheio em quatro porções. Abra a massa de um dos pães, formando um círculo de 18 cm de diâmetro. Ponha uma porção do recheio de um lado da massa e, sobre ele, dobre o outro lado da massa, como se fosse um pastel. Com cuidado, aperte e modele a massa recheada, obtendo o formato oval, mantendo a superfície enfarinhada e virando a massa uma vez. Repita o procedimento com o restante da massa e do recheio. Asse o naan como na receita principal.


  • Seleções de Reader's Digest

    Pão irlandês

    De preparo rápido e simples, este pão saído do forno é muito saboroso. Esta versão contém farinhas de trigo branca e integral, numa proporção meio a meio, o que lhe confere textura áspera e sabor de nozes. É ótimo com manteiga e geleia no café da manhã ou com sopas e saladas no almoço.

    Ingredientes

    Para 8 pessoas

    • 250 g de farinha de trigo branca
    • 250 g de farinha de trigo integral, mais um pouco para polvilhar
    • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
    • ½ colher de chá de sal
    • 300 ml de leitelho (se não encontrar leitelho, use creme de leite fresco azedado com limão: acrescente 2 colheres de chá de suco de limão a 1 xícara de creme de leite fresco)

  • Choreograph/iStock

    Modo de preparo

    1 – Preaqueça o forno a 200ºC. Numa tigela, peneire as farinhas de trigo branca e integral, o bicarbonato de sódio e o sal, incluindo o farelo que restar na peneira.

    2 – Faça um buraco no centro da farinha e despeje nele o leitelho. Com uma colher de pau, misture aos poucos o líquido com a farinha para formar uma massa mole. Com as mãos, trabalhe um pouco a massa e transfira-a para uma superfície ligeiramente enfarinhada. Sove rápida e levemente a massa até formar uma bola lisa.

    3 – Ponha a massa num tabuleiro untado e achate-a ligeiramente para formar um pão redondo abobadado com cerca de 19 cm de diâmetro. Com uma faca afiada, corte uma cruz no topo, atingindo metade da espessura do pão. Polvilhe por cima um pouco mais de farinha de trigo integral.

    4 – Asse por cerca de 30 minutos ou até ficar crescido e dourado, e produzir um som oco quando você bater com os dedos na base do pão. (Se parecer úmido e pesado, asse por mais 3 a 5 minutos e repita o teste.)

    5 – Transfira o pão para uma grade metálica e espere esfriar por completo. Como azeda rapidamente, sirva-o no dia em que foi preparado ou faça torradas no dia seguinte.


  • • Se não encontrar leitelho e não quiser usar o creme de leite fresco, use leite semidesnatado e acrescente 1 colher de sopa de suco de limão. Ou use leite semidesnatado e peneire 2 colheres de chá de creme tártaro com a farinha, o bicarbonato e o sal.
    • Para preparar um pão de ervas, adicione 2 colheres de sopa de salsa picada, 2 colheres de sopa de cebolinha fresca picada e 1 colher de sopa de sálvia fresca picada no final da etapa 1.

    • Para preparar um pão com frutas, acrescente 100 g de passas brancas ou pretas, 50 g de frutas secas diversas picadas e raspas de 1 limão no final da etapa 1.


  • Seleções de Reader's Digest

    Pão preto

    Este pão multigrãos tem crosta macia e textura compacta. Sua cor escura e seu sabor ativo vêm do melado. Foi criado pelos colonizadores americanos na época em que a maioria das casas ainda não tinha forno.

    Ingredientes

    Para 1 pão (rende cerca de 12 fatias)

    • 225 g de farinha de trigo integral com fermento
    • 225 g de farinha de centeio
    • 225 g de farinha de milho ou polenta instantânea
    • 2 colheres de chá de sal
    • 2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
    • 200 g de uvas-passas
    • 150 ml de melado
    • 600 ml de leitelho (se não encontrar leitelho, use creme de leite fresco azedado com limão: acrescente 2 colheres de chá de suco de limão a 1 xícara de creme de leite fresco)
    • 4 colheres de sopa de leite semidesnatado

  • Olha_Afanasieva/iStock

    Modo de preparo

    1 – Para preparar este pão, você precisa de uma forma alta redonda com uma base sólida, de cerca de 15 cm de diâmetro e, pelo menos, 18 cm de altura. Deve ter capacidade para, pelo menos, 2,2 litros.

    2 – Numa tigela, coloque a farinha de trigo integral, a farinha de centeio, a farinha de milho, o sal, o bicarbonato de sódio e as uvas-passas. Misture tudo muito bem e faça um buraco no centro.

    3 – Numa panela, misture o melado, o leitelho e o leite, e aqueça um pouco. Despeje tudo no buraco feito na mistura de farinhas e mexa rapidamente. Com uma colher, transfira essa massa para a forma já preparada. Cubra a parte superior da forma com um pedaço dobrado de papel impermeável untado e depois com um pedaço dobrado de papel-alumínio, e amarre-os bem com um barbante.

    4 – Numa panela grande, ponha a forma sobre um suporte e acrescente água fervente suficiente para atingir três quartos da altura da forma. Tampe a panela com uma tampa de encaixe perfeito (se não tiver uma panela funda o suficiente, faça uma cobertura abobadada com papel-alumínio para cobrir a panela). Cozinhe no vapor por 2 ¼ horas — a água deve ferver em fogo baixo. Verifique de tempos em tempos e acrescente mais água fervente, se necessário.

    5 – Retire a fôrma da água e espere o pão esfriar por 10 minutos antes de desenformá-lo sobre uma grade metálica para esfriar completamente.

    6 – Para servir, corte em rodelas e depois corte cada rodela ao meio ou em quartos. Este pão pode ser conservado em local frio, embrulhado em papel impermeável e depois em papel-alumínio, por até 4 dias.


  • • Prepare um pão de centeio integral ao estilo de Chicago (a receita foi levada por alemães para o Meio-Oeste americano no século XIX). Você vai precisar de 2 latas de frutas em conserva limpas e vazias, com capacidade para 400 g. Unte as latas e forre os fundos com papel-manteiga. Misture 55 g de farinha de trigo branca, 55 g de farinha de centeio, 55 g de semolina fina, 3/4 de colher de chá de
    fermento em pó, 1/2 colher de chá de sal e 1/2 colher de chá de temperos variados em pó. Aqueça em fogo baixo 4 colheres de sopa de melado em 240 ml de leitelho, dissolvendo o melado. Acrescente os ingrediente secos e misture muito bem. Divida a massa entre as latas, tampe-as e cozinhe em banho-maria por 2 horas.


  • Seleções de Reader's Digest

    Broa de batata

    Servidas logo depois de sair do forno, ainda quentes, as broas são tradicionalmente populares, no café da manhã, no almoço ou em um lanche rápido. Aqui, acrescenta-se purê de batata à massa, o que confere umidade à broa salgada e ajuda a conservá-la. Uma ótima maneira de aproveitar sobras de batatas.

    Ingredientes

    Para 6 fatias

    • 225 g de farinha de trigo branca com fermento
    • ½ colher de chá de sal
    • ¼ de colher de chá de mostarda em pó
    • 1 ½ colher de chá de fermento em pó
    • 30 g de manteiga, cortada em pequenos pedaços
    • 4 colheres de sopa de leite semidesnatado, ou mais, conforme a necessidade
    • 170 g de purê de batata frio (sem leite ou manteiga)

    Acabamento

    • leite ou ovo batido para pincelar
    • 2 colheres de chá de aveia em flocos

  • master1305/iStock

    1 – Preaqueça o forno a 220ºC. Numa tigela, peneire a farinha de trigo, o sal, a mostarda em pó e o fermento. Junte a manteiga e amasse tudo com as pontas dos dedos até obter uma farofa.

    2 – Em outra tigela, misture o leite com o purê de batata, mexendo bem. Acrescente essa mistura aos ingredientes secos e use um garfo para mexer, adicionando mais 1 a 2 colheres de sopa de leite, se necessário, até obter uma massa suave.

    3 – Sove delicadamente a massa numa superfície enfarinhada por alguns segundos até ela ficar lisa. Depois abra-a num círculo de cerca de 15 cm de diâmetro e 2 cm de espessura. Coloque-a num tabuleiro untado. Com uma faca afiada, marque 6 fatias na broa.

    4 – Pincele com leite ou ovo batido e salpique a aveia. Asse por 15 a 20 minutos ou até ter crescido bem e adquirido uma coloração dourada.

    5 – Transfira-a para uma grade e, com as mãos, parta-a em fatias. Sirva quente ou deixe esfriar. A broa pode ser conservada num recipiente hermético por até 3 dias. Se desejar, aqueça-a para servir: coloque-a num tabuleiro, cubra com papel-alumínio e aqueça em forno baixo por cerca de 5 minutos.


  • • Em vez de aveia, antes de levá-la ao forno, polvilhe a broa com uma mistura de 2 colheres de chá de farinha de trigo e uma pitada de páprica.
    • Para fazer uma broa de batata e queijo feta, em vez de manteiga, acrescente aos ingredientes secos 75 g de queijo feta bem esfarelado e 2 colheres de sopa de cebolinha fresca picada.
    • Prepare uma broa de batata-doce condimentada, usando purê de batata-doce em vez do purê de batata-inglesa. Substitua a mostarda em pó por noz-moscada ralada na hora ou cardamomo em pó. Essa broa é mais doce que a da receita principal.


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados