Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 20 de abril de 2021

Dentista compartilha dicas de higiene bucal para quem usa aparelho

Botou aparelho? Confira como fazer a limpeza adequada dos seus dentes

Imagem: iStock

Para muitas pessoas, usar aparelho ortodôntico é fundamental para corrigir problemas de oclusão e melhorar o aspecto do sorriso. Fixos, móveis, de metal ou transparentes, atualmente há muitas opções, cada uma indicada para determinada necessidade. Mas saber como escovar os dentes com aparelho é fundamental para evitar problemas na saúde bucal, como o acúmulo de placas bacterianas que causam gengivites.

Leia também: 50 segredos que seu dentista jamais contaria a você

Afinal, de nada adianta um sorriso alinhado se os dentes estiverem amarelados — ou pior, cariados — após a retirada do aparelho. Pensando nisso, conversamos com a Dra. Thaís Branco, que é cirurgiã-dentista do Rio de Janeiro, e compartilhou conosco um guia de cuidados com a higiene bucal pensadas especificamente em quem usa aparelho.

Aqui, você vai saber quais são os melhores tipos de escova de dente e fio dental, além de conferir outras dicas para ter uma higiene bucal perfeita. Confira!

Como escolher a sua escova de dente?

dicas higiene aparelho ortodontico
Imagem: Voyagerix/iStock

Muita gente pensa que escova de dente é tudo igual. E por isso, depois que começam a usar aparelho ortodôntico, pensam que podem aproveitar aquela escova que costumavam usar. Mas na verdade, não é bem assim.

“Existem escovas para cada tipo de necessidade. Hoje já podemos contar com a escova ortodôntica. Ela é a mais recomendada pois é específica para quem usa aparelho, já que possui um recorte no meio das cerdas, fazendo com que se adapte melhor aos braquetes na hora da escovação”, explica a Dra. Thaís Branco, que complementa: “Além disso, temos também as chamadas escovas interdentais, que têm o formato cilíndrico e servem para auxiliar na limpeza daqueles espaços entre os dentes que a escova comum não alcança.”

O tempo de troca de sua escova de dente também precisa ser avaliado. “Assim como as demais escovas, essas também precisam ser trocadas a cada 3 meses. E isso porque estudos já demonstraram que após esse tempo de uso as escovas se tornam menos eficientes na remoção da placa bacteriana quando comparadas às escovas novas”, explica a cirurgiã-dentista.

Atenção ao fio dental

dicas higiene aparelho ortodontico
Imagem: Voyagerix/iStock

Além da escova, o fio dental também é um importante aliado da saúde bucal, e que muitas vezes é negligenciado por parte de quem usa aparelho ortodôntico. Mas apesar de parecer uma tarefa chata, o fio dental consegue remover os resquícios de alimentos dos espaços em que a escova não alcança, e assim, deixar nossos dentes livres de placas bacterianas que causam as gengivites e outras complicações.

“Passar o fio dental pode parecer uma tarefa complicada para quem usa aparelho, mas com os produtos e instrumentos corretos tudo fica mais fácil. Existe hoje no mercado um fio dental chamado super floss. Ele possui a ponta mais rígida que facilita a entrada do fio dental por entre os braquetes.

Além disso, a Dra. Thaís Branco explica que existe outro dispositivo que também pode auxiliar no uso do fio dental, que é o chamado “passa fio” ou “passador de fio”.

“Ele é parecido com uma agulha de costura pequena, só que mais curva e feita de plástico, onde se pode amarrar a ponta do fio dental comum e usá-lo como guia para passar o fio dental pelo aparelho”, conclui.

Como fazer a limpeza dos aparelhos móveis?

Diferentemente dos aparelhos fixos, os móveis podem ser removidos. E assim, devem ser higienizados todos os dias, com o creme dental ou com pastilhas próprias para a limpeza desses aparelhos.

“Sempre que o paciente for escovar os dentes após as refeições ele deve também higienizar seu aparelho móvel. Essa limpeza pode ser feita com a própria escova e o creme dental. Mas também é interessante fazer, pelo menos 1 vez na semana, uma limpeza adicional com o uso de pastilhas efervescentes próprias para a limpeza desses dispositivos, que são vendidas nas farmácias. Coloca-se essa pastilha em um copo com água e deixa o aparelho submerso por alguns minutos para que possa eliminar qualquer micro-organismo restante”, explica a Dra. Thaís Branco.

Alimentos perigosos

dicas higiene aparelho ortodontico
Imagem: MixitIstock/iStock

Uma dúvida comum por parte de quem usa aparelho ortodôntico é se é necessário evitar alguns alimentos, como aqueles mais “grudentos” ou duros, para evitar a quebra dos braquetes. Mas afinal, é possível comê-los sem trazer prejuízos aos dentes?

“Quem usa aparelho precisa ter bastante cuidado com alimentos para não ocasionar o descolamento dos braquetes e atrasar o tratamento ortodôntico. Por isso, sempre recomendamos evitar morder alimentos com os dentes da frente. Opte sempre cortá-los em pedaços pequenos e mastigar com os dentes de trás. Também é preciso ter cautela com alimentos duros e pegajosos como balas, pé de moleque, torresmo, castanhas, jujubas, caramelos, pois eles podem ser bem difíceis de higienizar e também podem ocasionar o descolamento dos braquetes”, explica a cirurgiã-dentista.

Evite surpresas

dicas higiene aparelho ortodontico
Imagem: MarianVejcik/iStock

Quem usa aparelho ortodôntico e não realiza uma limpeza adequada dos dentes pode ter uma surpresa desagradável após retirá-los. E isso porque, segundo a Dra. Thaís Branco, essas pessoas estão muitos mais propensas a desenvolverem cáries, gengivite e tártaro do que as que não usam aparelho.

Isso acontece porque com o aparelho é muito mais fácil da placa bacteriana aderir-se aos dentes, causando cáries por baixo e ao redor dos braquetes, tártaro e inflamação da gengiva devido ao acúmulo de restos de alimentos e bactérias. E mesmo que o paciente faça a higienização correta em casa é essencial que ele faça a limpeza profissional e aplicação de flúor no consultório. Pelo menos a cada 4 ou 6 meses, pois só assim podemos garantir que a única surpresa ao remover o aparelho será um sorriso perfeito!”, conclui.

Por isso, não dê mole! Após cada refeição separe alguns minutos para fazer uma boa higienização bucal. Sua saúde e seu sorriso irão agradecer.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados