Faça uma busca


|
Publicado em: 22 de fevereiro de 2021

Garganta seca: o que pode ser?

Muito comum, a garganta seca pode ter diversas causa. Conheça as principais!

Imagem: Koldunov/iStock

Em algum momento você já deve ter sentido uma certa irritação na garganta. Pois saiba que a garganta seca pode ser sintoma de algum problema de saúde ou apenas o resultado da baixa umidade do ar. Mas existem outros fatores que também podem influenciar nesse quadro.

Leia também: Dicas e receitas para tratar vários tipos de tosse

De qualquer modo, é preciso estar atento para essa condição. A garganta seca pode ser o indício de que algo está errado e, nesse caso, é aconselhável tratar primeiro a causa, depois o sintoma. Veja alguns fatores que podem ocasionar o ressecamento da garganta.

Clima seco

Geralmente no inverno a garganta sente o reflexo da baixa umidade do ar, ou seja, a diminuição de partículas de água na atmosfera. Em algumas regiões do país, principalmente naquelas com pouca vegetação, essa sensação de secura também é muito comum.

baixa umidade do ar
No inverno e início da primavera o ar fica mais seco, causando irritação na garganta. (Imagem: nensuria/iStock)

Quando isso acontece a garganta fica seca e incomoda bastante. O muco produzido naturalmente pelo corpo, a fim de limpar as vias aéreas, também fica mais espesso quando o ar está mais seco. E é por isso que a irritação na garganta fica mais intensa.

Alergia

Quem sofre de rinite alérgica ou tem alergia à poeira e outros elementos sabe o que é ter a sensação de garganta seca e irritada. Pois a alergia pode ser uma das causas desse desconforto, efeito da inflamação das mucosas nasais.

Entretanto, outras reações alérgicas também podem ocasionar coceira na garganta, como a poluição e fumaça. A boa notícia é que essas são causas fáceis e rápidas de serem resolvidas, um antialérgico ou descongestionante spray podem solucionar esse mal.

Distúrbios do sono

Se você costuma respirar pela boca enquanto dorme, pode ter sentido algumas vezes a garganta seca ao acordar. Isso acontece porque o ar que entra pela boca não passa pelo “filtro” do nariz e resseca a mucosa. Porém, normalmente, esse sintoma não se prolonga por muito tempo.

distúrbios do sono
A apneia do sono também pode causar garganta seca. (Imagem: tommaso79/iStock)

Já aqueles que sofrem de apneia do sono precisam de um cuidado maior. Além de ter respirações curtas pela boca, deixando a garganta irritada, costuma ter pausas na respiração durante o sono; um fator muito preocupante. Nesse caso, a consulta médica é fundamental.

Outro fator que também pode causar garganta seca é o uso constante de ar-condicionado. Nesses casos, um bom umidificador de ambiente pode solucionar esse problema.

Xerostomia (boca seca)

Apesar desse nome difícil, a xerostomia é bem comum. Trata-se de uma queda ou interrupção na produção de saliva. Pode ocorrer por diversos fatores, entre eles: cigarro, desidratação, consumo de álcool, entre outros. Quem passa por esse problema pode ter também a garganta seca como consequência.

A xerostomia, ou boca seca, pode estar relacionada com outras doenças. Portanto, vale a pena buscar orientação médica adequada. Inclusive para sanar o mal-estar do ressecamento da garganta.

Desidratação

Estar sempre bem hidratado é primordial para que a garganta esteja na sua melhor condição. O ressecamento muitas vezes não advém de agentes externo, mas surge do insuficiente consumo de água.

desidratação
Manter a hidratação pode melhorar a sensação de garganta seca. (Imagem: Prostock-Studio/iStock)

Responsável por umedecer a boca e a garganta, a saliva é composta por 99% de água, por isso é importante beber bastante água para manter uma produção eficaz. O indicado pelos médicos é o consumo de aproximadamente 2 litros de água por dia.

Garganta seca pode ser covid-19?

Apesar de muitos estudos ainda estarem sendo feitos sobre como a covid-19 age no organismo, alguns sintomas já estão definidos. E a garganta seca é sim um deles.

Quem é acometido pelo coronavírus geralmente tem os sintomas parecidos com o de um resfriado muito forte. Nessa condição, é muito comum a pessoa sentir uma irritação na garganta e uma tosse seca persistente. Portanto, é muito importante seguir as recomendações médicas para amenizar esses sintomas.

Entretanto, vale ressaltar a importância de buscar a causa desse problema e tratá-la primeiramente. Cuidando dos causadores da garganta seca esse sintoma desaparecerá. Além disso, mantenha-se sempre bem hidratado e com a higiene bucal em dia.


Atenção!

Para ter o diagnóstico correto dos seus sintomas e fazer um tratamento eficaz e seguro, procure sempre as orientações de um médico.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados