Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 12 de março de 2021

Micropigmentação labial: especialista explica a técnica

Conheça o procedimento que promete lábios mais marcados e resultados semipermanentes

Imagem: iStock

Lábios mais bonitos e contornados são os resultados proporcionados pela micropigmentação labial. Essa técnica, que vem sendo adotada por muitas mulheres em todo o país, é feita por meio da aplicação de pigmentos, no intuito de conferir mais cor aos lábios.

Normalmente após o preenchimento labial, procedimento minimamente invasivo que, com uma agulha ou cânula, é feita a introdução de uma substância nos lábios, nota-se que esses ficam mais pálidos. Nesses casos, a micropigmentação labial pode ajudar, trazendo mais cor a eles.

Além disso, esse procedimento estético também traz maior definição aos contornos dos lábios, sobretudo para quem apresenta pequenas “falhas”. E também pode ser útil para disfarçar cicatrizes pós-cirúrgicas ou deformações de nascença.

O que é a micropigmentação labial?

micropigmentacao labial
Crédito: Carol_Anne/iStock

A micropigmentação labial é uma evolução da maquiagem definitiva – técnica que foi usada há alguns anos.

“Hoje o procedimento é feito em uma camada mais superficial e trabalhamos com pigmentos próprios para esta técnica”, explica Deise Damas, especialista em micropigmentação, professora da técnica no Brasil e no exterior. 

Além dos lábios, esse procedimento também pode ser feito nas sobrancelhas, por quem deseja garantir olhares mais marcantes.

Como é feito o procedimento de micropigmentação labial?

micropigmentacao labial
Crédito:dimid_86/iStock

A micropigmentação labial é feita com um aparelho chamado dermógrafo, que possui pequenas agulhas na extremidade. Antes de ser aplicada, o cliente escolhe o pigmento desejado, que pode ser mais fraco ou mais forte.

Em seguida, são aplicadas na camada mais superficial da pele — como uma tatuagem.

“É importante dizer que após o procedimento deve-se evitar alimentos e bebidas quentes nas primeiras horas, evitar sol e praia por uma semana”, alerta a especialista.

A micropigmentação labial dói?

Outra dúvida bastante comum entre as pessoas é se a micropigmentação labial dói. Mas não, ela não dói. E isso porque antes do procedimento aplica-se um anestésico local, para evitar o incômodo das agulhas.

Para que não haja complicações após o procedimento, a recomendação é a de que o indivíduo deixe que a cicatrização ocorra, sem mexer na região. Ou seja, nada de tirar as casquinhas que se formam ou aplicar produtos nos lábios — como batons ou cremes.

Contraindicações

Apesar de ser um procedimento simples e seguro, existem algumas restrições. Assim, devem evitá-lo:

  • Diabéticos;
  • Gestantes e lactantes;
  • Pessoas com anemia;
  • Alérgicos aos componentes dos materiais;
  • Pessoas com problemas de cicatrização na pele.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados