Faça uma busca
|
Publicado em: 28 de julho de 2021

8 problemas que causam mau hálito e você não sabia

Os problemas podem ser tanto bucais quanto extrabucais. Fique atento aos sinais!

Imagem: fizkes/iStock

O mau hálito é um problema mais comum do que se imagina. Ele é uma alteração do hálito que não se corrige apenas comendo uma bala ou escovando os dentes.

Apesar de a maioria dos problemas que causam o mau hálito ser bucal – cerca de 90% – , podem haver outras causas, extrabucais, como problemas gastrointestinais. Conheça alguns fatores que podem causar o mau hálito.

Leia também: Especialista explica como prevenir o tártaro

1. Saburra

mulher com problemas dentários
90% dos problemas que causam mau hálito são bucais. (Imagem: Estradaanton/iStock)

A saburra é uma placa bacteriana que surge sobre a língua e pode causar o mau hálito. Ela se forma naturalmente na boca, e é uma junção de restos de comida, bactérias e células descamadas da pele.

Quando se acumula é que o mau odor acontece, pois as bactérias se alimentam dos restos de comida e soltam um gás de cheiro forte, o enxofre. Dessa forma, há a necessidade constante de higiene bucal com escovação e fio dental.

2. Gengivite

A inflamação nas gengivas também é um causadora de mau hálito. A gengivite ocorre pela falta de higiene bucal da forma correta, com fio dental e escovação. Se causado pela gengivite, o mau hálito pode ser duradouro. Nesse caso, é melhor procurar um dentista para seguir um tratamento adequado.

3. Diabetes descontrolado

Muitas vezes, quando uma parte do nosso corpo é afetada, outra, aparentemente sem ligação, também pode sofrer consequências. É o caso do diabetes que não está sendo controlado.

Se a pessoa não conseguir controlar os níveis de glicose no sangue, pode causar xerostomia (secura bucal), que prejudica a produção de saliva. Além de ser um dos causadores do mau hálito, pode causar lesões na mucosa e aumentar a chance de ter outras doenças bucais, como periodontite e cárie.

Porém, quem é portador de diabetes tem mais risco de desenvolver mau hálito. Isso acontece devido à falta de insulina no corpo, que faz produzir uma substância química chamada cetona, que tem odor característico. Quando há essa liberação de corpos cetônicos, o odor aparece.

4. Problemas estomacais

obstrução intestinal pode ser necessária uma cirurgia
Problemas estomacais podem estar ligados ao mau hálito. (Imagem: Sinenkiy/iStock)

Quem tem problemas de estômago também pode sofrer com o mau odor bucal. Por menor que seja, pessoas com úlcera ou refluxo gastroesofágico e mau hálito, podem ter esses problema interligados.

No caso da úlcera, que é provocada pela bactéria H. pylori, faz surgir uma das principais bactérias periodontais, a Provotella intermedia, que causa o mau hálito. O tratamento pode ser feito com antibióticos.

Um dos sintomas do refluxo é o mau hálito. Ele é causado pelo ácido que vem do estômago e provoca uma sensação de ardência no peito e na garganta. É necessário procurar um médico para obter tratamento adequado.

5. Estresse

problemas que causam mau hálito estresse
O sistema nervoso abalado também pode causar mau hálito. (Imagem: Ridofranz/iStock)

O sistema nervoso está diretamente ligado ao funcionamento das glândulas salivares. Assim, o estresse também pode ser um causador de mau hálito, pois ele pode diminuir a produção salivar, que é importante para eliminar os principais agentes formadores da placa bacteriana.

6. Câncer

Alguns tipos de câncer podem causar mau hálito, como o câncer de estômago. Isso acontece devido à multiplicação celular de forma desordenada, que causa necrose em alguns tecidos. Nesse processo de necrose tecidual, algumas substâncias que são carregadas pela corrente sanguínea vão para os pulmões e são eliminadas pela respiração.

7. Insuficiência renal

A insuficiência renal é quando há uma dificuldade de os rins filtrarem o sangue. A insuficiência renal crônica tem como alguns sintomas: dores de cabeça, tonturas, fadiga ou cansaço e mau hálito.

Quando a função dos rins fica comprometida, há um acúmulo de ureia e creatinina no sangue. A corrente sanguínea leva esses componentes até o pulmão e eles são liberados junto com o ar expirado. O odor é característico.

8. Problemas pulmonares

É raro, mas pode acontecer de o mau hálito vir dos pulmões, devido a uma infecção de curto prazo. Algumas doenças que podem causar o odor são pneumonia, sinusite,  bronquite ou asma, devido à respiração ser, na maioria das vezes, pela boca.

Nos casos mais sérios, como de fibrose cística, o mau hálito é um sintoma da doença. Ele ocorre por causa do muco espessado nos pulmões.

Outros problemas que causam mau hálito

Câncer de cabeça e pescoço
Cigarro e álcool aumentam as chances de ter mau hálito. (Imagem: Kamonwan Wankaew/iStock)

Existem outros motivos que podem causar o mau hálito, como hábitos ruins ou até mesmo respiratórios. Eles são:

  • baixo consumo de água;
  • uso de tabaco;
  • uso de álcool;
  • ronco;
  • infecções na garganta ou nariz.

Como evitar o mau hálito?

Para evitar o mau hálito, faça a higiene bucal corretamente. (Imagem: fizkes/iStock)

Para evitar o mau hálito, não há segredo. É essencial fazer uma higiene bucal adequada após as refeições, com escovação completa e fio dental. Se quiser, invista em um raspador de língua. O raspador ajuda a eliminar as toxinas e sujeiras da língua e evita problemas bucais mais sérios.

Além da higiene, ter uma alimentação controlada e sempre beber muita água é importante. A água ajuda a eliminar bactérias e partículas de comida da boca e ajuda na produção e na circulação salivar.

Se você tem filho pequeno e está com dificuldade de ensiná-lo sobre a importância da escovação ou não sabe nem por onde começar, veja as nossas matérias "Como ensinar para seu filho a importância de escovar os dentes" e "Como cuidar da saúde bucal do seu filho". Elas com certeza o ajudarão bastante!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close