Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 24 de setembro de 2020

5 mitos sobre artrite desmentidos

Descubra quais são os cinco mitos mais comuns e algumas dicas do que fazer.

Imagem: Wavebreakmedia/iStock

Mito 1: Você não pode se exercitar

Para quem tem artrite, o programa correto de exercícios ajuda a aliviar os sintomas ao aumentar a força, o equilíbrio, a flexibilidade e a extensão dos movimentos.

Dica: Os especialistas recomendam pelo menos meia hora de exercícios de intensidade moderada cinco vezes por semana. Mexa-se do jeito que lhe traga mais felicidade.

Mito 2: Os exercícios causam dor

Quanto mais sedentário você for, mais coisas vão doer. O exercício ajuda porque aumenta a força e a flexibilidade e controla o peso. Um quilo a menos na balança corresponde a quatro quilos de pressão a menos nos joelhos. Alterne dias mais fáceis com dias mais desafiadores.

Dica: Para aliviar os joelhos doloridos e inchados, use joelheiras. A rigidez pode ser um sinal de que você precisa se mexer para lubrificar as articulações. Consulte um médico antes de começar um programa de exercícios.

Confira também: Trate bem seus joelhos e tenha qualidade de vida

Mito 3: A dor é sempre ruim

É melhor ver a dor como um sinal para prestar atenção. Os analgésicos vendidos sem receita ajudam a aliviar a dor depois do exercício; tomá-los antecipadamente pode mascarar a sensação instrutiva necessária para saber quando parar.

Dica: Pare o que estiver fazendo se a dor na articulação aumentar em 5 ou 10 minutos. No entanto, o ardor do desconforto muscular é bom.

Mito 4: O exercício traz riscos às articulações

O exercício fortalece os músculos que sustentam a articulação. O movimento lubrifica as articulações, fortalece os músculos e aumenta a flexibilidade; tudo isso melhora a qualidade de vida – e não apenas para quem tem artrite.

Dica: Estudos mostram que exercícios de sustentação de peso – andar, correr, levantar pesos – produzem cartilagens mais saudáveis no joelho. Se a dor nas articulações impede seus exercícios, experimente a piscina, onde você pode correr e agachar-se na água.

Clique no link e descubra como ter articulações saudáveis!

Mito 5: Siga um programa de exercícios restritivo

Os que sofrem com a artrite podem praticar com segurança atividades de baixo impacto, como natação, hidroginástica, ciclismo e caminhadas, são excelentes opções. Correr também é – se não causar dor na hora nem nos dias seguintes. Dê ouvidos às suas articulações e faça as modificações adequadas.

Dica: Em regra, ande em vez de correr se tiver osteoartrite e evite esportes de alto impacto com raquete e torções do corpo.

Atenção à dica final!

Osteoartrive e peso corporal

Se estiver acima do peso, você correrá mais risco de ter osteoartrite – principalmente dos joelhos. Por quê? Os especialistas acreditam que o excesso de tensão nas articulações que suportam o peso prejudica a cartilagem. De acordo com um estudo, o risco de ter osteoartrite do joelho sobe 36% a cada cinco quilos adquiridos, e até uma perda de 10% do peso pode melhorar de forma significativa o funcionamento geral. Embora emagrecer seja importante, reduzir o porcentual de gordura do corpo e aumentar a força muscular também ajudam a aliviar a dor e melhorar a mobilidade. Uma das melhores maneiras de fortalecer os músculos é o treinamento de força. Se tiver osteoporose no joelho, fortaleça o quadríceps (músculo superior da coxa). Quanto mais forte ele for, mais tensão retirará do joelho.

Leia também: Maneiras de prevenir e reduzir as dores causadas pela osteoartrite

por Flannery Dean

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados