Faça uma busca


|
Publicado em: 2 de agosto de 2019

23 dicas para dirigir com conforto e cuidar da saúde

Na hora de pegar no volante, sentir-se confortável é primordial para a sua saúde e segurança no trânsito

Imagem: why kei/Unsplash

Mais um dia começa, e você sabe que precisa passar mais algum tempo dentro do seu veículo. Se as suas costas doem só de pensar nisso, está na hora de pensar em meios para dirigir com conforto. Afinal, a sua segurança também depende disso.

Muitos motoristas sofrem com dores musculares por passar algumas horas dentro do carro, seja em uma viagem ou a trabalho. Por esse motivo, algumas mudanças podem — e devem — ser feitas para obter mais conforto dentro do carro e garantir uma viagem mais tranquila.

Má postura pode causar sérios problemas

A má postura no trabalho não se limita apenas aos motoristas. Pessoas que trabalham muitas horas sentadas estão mais propensas a desenvolver problemas como a hérnia de disco, o que leva a sérias complicações.

Para evitar o problema, procure sentar-se de modo ereto, na cadeira. Motoristas em particular devem, como é dito em uma das dicas abaixo, ajustar o banco para que as costas não mudem de lugar constantemente.

É possível diferenciar ainda dores musculares de dores neurais. Analgésicos, massagens e outras soluções comuns podem remediar as primeiras, mas preste atenção às neurais. Elas geralmente vêm acompanhadas de queimação, choques, fisgadas e formigamentos. Se sentir algum ou vários desses sintomas, investigue a causa.

Alongue-se!

A prática do alongamento provavelmente vai melhorar o seu dia a dia e evitar dores e problemas, como por exemplo a tendinite. Antes de entrar no carro, faça uma sessão de alongamento simples para os braços, pernas, pescoço e tronco. Alongar melhora a circulação sanguínea, prevenindo que os músculos fiquem tensionados, o que pode ocasionar em dores e rompimento.

Veja a seguir algumas dicas para dirigir com conforto e cuidar da saúde:

  • g-stockstudio/iStock

    1. Sente-se ereto

    E bem recostado no banco. Seu conforto é importante tanto para sua segurança como para sua saúde, e chegar ao destino sem dores. Eleve ou abaixe o banco para enxergar claramente tanto a rua quanto o painel. Seus joelhos devem estar nivelados com os quadris. Se tiver baixa estatura, use uma almofada (disponível em lojas de acessórios para carros).


  • Phantom1311/iStock

    2. Deslize o banco

    Destrave o banco e busque os pedais do seu carro. Encontre uma posição em que suas pernas não fiquem muito esticadas nem muito apertadas. Dessa forma você alcançará os pedais confortavelmente, sem riscos para a circulação de sangue enquanto estiver sentado.


  • Monica Sauro/Unsplash

    3. Regule o ângulo do encosto do banco

    O banco do motorista deve estar reclinado na apenas em 100 ou 120 graus para que você tenha uma visão clara da frente do carro e ainda ficar confortável, principalmente em viagens longas. Nunca recline tanto o banco para frente ou para trás, ou a sua coluna começará a doer.


  • Art Markiv/Unsplash

    4. Movimente o encosto de cabeça

    Muita gente pensa que o encosto de cabeça serve para que o motorista recoste enquanto dirige, mas não é verdade. O encosto é mais um acessório de segurança, e serve para amortecer qualquer impacto externo que leve a cabeça para trás. Por isso, é necessário ajustar o encosto de forma que o centro fique o mais próximo possível da parte superior das orelhas. Trave bem o encosto assim que encontrar a posição mais confortável.


  • Yuzki Wang/Unsplash

    5. Ajeite a almofada

    Se você usa uma almofada para dirigir, preste atenção! Ela deve estar fixa no lugar e posta de maneira que apoie as coxas uniformemente, e não chegue à parte posterior dos joelhos.


  • Bruchin Noeka/Unsplash

    7. Movimente o volante

    Acerte o posicionamento do volante para baixo e em sua direção para colocar as mãos sobre a direção com conforto, com os pulsos nas posições dez horas e duas horas. Regule o ângulo para que o airbag da direção fique de frente para seu peito.


  • Stragys/iStock

    8. Retire a carteira do bolso

    Quando você senta com uma carteira no bolso traseiro da calça, o corpo tende a entortar-se para o lado oposto, fazendo com que a sua postura — e, consequentemente, sua coluna — fique prejudicada. Além disso, o volume pressiona o nervo ciático, causando, entre outros problemas, hérnia de disco.


  • Devon Janse van Rensburg/Unsplash

    9. Ajuste os retrovisores externos

    Muita gente começa a praticar com os retrovisores desde a autoescola, mas esquece a necessidade com o tempo. O fato é que ajustar os retrovisores faz parte dos procedimentos de segurança de direção. Um ângulo errado pode não apenas tirar todo o seu conforto — já que você pode querer se esticar para chegar ao ângulo certo — como pode tirar a visão de outro carro, motocicleta, bicicleta, pedestres ou até animais que esteja mais próximos do seu carro.


  • Dion Almuena/Unsplash

    10. E os retrovisores internos também

    Os retrovisores internos também são muito utilizados, apesar de negligenciados por muitos motoristas. Eles são usados para fazer balizas, mas também são úteis para observar a proximidade de veículos na parte traseira do carro. Sente-se na posição que você usa para dirigir normalmente e ajeite com a mão direita. Mantenha a esquerda no volante enquanto isso.


  • Tobias Tullius/Unsplash

    11. Invista em suportes para smartphones

    Há muitos aplicativos que podem ajudar no trânsito hoje em dia, como os que avisam sobre engarrafamentos ou o GPS. No entanto, não é aconselhável manusear o smartphone enquanto dirige por motivos óbvios. Para evitar acidentes, invista em um suporte para carros e coloque-o no centro do painel, de modo que você consiga manuseá-lo com a mão direita. Se possível, aumente o tamanho da tela do telefone para conseguir enxergar melhor.


  • jacoblund/iStock

    12. Utilize fones de ouvido

    Ainda sobre os smartphones, utilize fones de ouvido hands free, do tipo que torna o manuseio do aparelho ainda mais fácil. Dessa forma você consegue atender chamadas e falar ao telefone de modo mais simples.


  • Anetlanda/iStock

    13. Não digite — use a voz

    Digitar no trânsito, além de perigoso, é imprudente. Por isso, pegando carona na dica anterior, sempre que possível utilize a voz para usar o telefone. Se você precisa falar com alguém no WhatsApp, mande um áudio. Se precisa encontrar um endereço, utilize a busca por voz. Com os fones de ouvido ou headsets com bluetooth, essa medida, além de tornar a sua direção mais confortável, aumenta a sua segurança.


  • kaarsten/iStock

    14. Ajuste os cintos de segurança

    As fivelas do cinto de segurança foram feitas para ajustar confortavelmente o cinto de segurança ao seu corpo. Por incrível que pareça, muita gente deixa de usá-lo porque aperta o corpo, mas é possível ajustar o cinto de maneira muito simples soltando as fivelas que ficam próximas do banco.


  • mapichai/iStock

    15. No porta-luvas, só o que não é imediato

    Não utilize o porta-luvas como um porta-trecos — desses que dá para colocar um mundo de canetas, clipes e outras bugigangas. Prefira guardar apenas os documentos essenciais do carro no porta-luvas, bem como o manual, que você só utiliza em casos específicos.


  • mapichai/iStock

    16. Deixe garrafas de água à mão

    É importante se hidratar mesmo enquanto dirige! Se você usa garrafas squeeze para levar água ou outras bebidas — exceto alcoólicas, por favor! —, deixe-a em uma posição confortável para pegá-las. Alguns carros possuem um porta-garrafas acoplado às portas, mas, se o seu não tiver, improvise: encaixe a garrafa sob o banco ou faça um suporte para ela e cole na porta de modo que não atrapalhe suas pernas e você ainda consiga pegá-la sem esforço. Evite deixá-las sobre o painel, já que, no caso de uma freada mais forte ou um acidente, ela pode se projetar contra a sua cabeça.


  • TuiPhotoengineer/iStock

    17. Bugigangas organizadas

    Se você possui canetas, talões de recibos (como no caso de muitos taxistas) e outros utensílios de papelaria dentro do carro, não deixe nada espalhado. Em primeiro lugar, organize cada coisa em seu lugar: tenha um local específico para canetas, outro para os talões, outro para moedas etc. Assim, nada fica desorganizado ou solto, aumentando o seu conforto e segurança dentro do veículo.


  • humonia/iStock

    18. Limpe o ar-condicionado frequentemente

    O ar-condicionado é um item necessário em muitas cidades brasileiras, que, no verão sofrem com o aumento da temperatura que fica ainda mais intenso no trânsito. Por isso, não deixe de fazer a manutenção também no aparelho de ar para que ele funcione sem prejudicar o funcionamento do seu carro.


  • Teddy Österblom/Unsplash

    19. Use capas protetoras para alavancas, volante e bancos

    Com o tempo, o suor e sujeira podem fazer o volante e a alavanca de câmbio ficarem pegajosos e desconfortáveis. Por isso, invista em protetores de borracha, que evitam o contato com as impurezas, evitando problemas como a micose nas unhas e até mesmo facilitam a limpeza mais tarde.


  • venusphoto/iStock

    20. Use kits de conforto

    Há diversos kits para conforto do motorista, que incluem apoios para o pescoço e a lombar que evitam as fortes dores que podem ser provocadas pela posição constante. Invista em alguns deles se você sentir que o seu corpo está pedindo socorro.


  • cmspic/iStock

    21. Utilize calçados adequados

    Passe longe de calçados que podem atrapalhar o seu conforto ao dirigir, como saltos altos, tamancos, sapatos de sola muito grossa, sandálias, chinelos ou mesmo descalço. O uso desses tipos de calçados podem fazer o motorista perder a sensibilidade com o pedal e resultar em desconforto e insegurança. Prefira calçados com sola baixa, como tênis de corrida. Além disso, o uso de qualquer calçado inadequado confere, segundo o Código Nacional de Trânsito, multa de R$ 130,16 e perda de 4 pontos na CNH.


  • standret/iStock

    22. Invista em um sensor de ré

    A dica requer um pouco mais de investimento, mas ainda é útil para o motorista que deseja aumentar o conforto ao dirigir. Muitas vezes, ao dar marcha à ré para estacionar, motoristas costumam virar-se no banco para ter uma visão clara da traseira, o que pode render uma dor nas costas, cãibras ou, em casos mais graves, uma ruptura dos músculos. Para evitar que isso aconteça, o sensor de ré pode ajudar a saber quando o seu carro se aproxima de uma parede ou de outro veículo, aumentando a sua segurança e poupando dores.


  • Steinar Engeland/Unsplash

    23. Escolha modelos adequados

    Pode parecer a dica mais óbvia de todas, mas também é uma das mais importantes: ao escolher um novo modelo de automóvel, prefira modelos que se adequem a todos que vão utilizar o veículo. Entre no carro, ajuste os espelhos, o banco, o cinto, imagine uma situação corriqueira em que esteja com o carro e verifique se o seu corpo está adequado ao tipo de veículo que deseja comprar. Concentrar a sua decisão nesse aspecto pode render muitas dores futuras.


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados