A dieta pode influenciar na dor. Por exemplo, alimentos com gorduras trans e saturadas podem desencadear inflamações no corpo. Já os carboidratos refinados são capazes de fazer os níveis de glicose no sangue virarem uma montanha-russa, esgotando sua energia. Enquanto outros têm o poder de serem analgésicos naturais.

Os alimentos não têm de ser os inimigos. De fato, alguns, como os peixes gordurosos, abrandam inflamações, e consumir grãos integrais pode estimular a energia. Em vez de focar no que cortar da dieta, comece adicionando alimentos deliciosos, que nutrem o corpo, protegem contra o dano celular e aliviam a dor. Conheça cada um deles a seguir!

  • David Köhler/Unsplash

    Uvas

    Com algumas uvas, vinho ou amoras, você estará obtendo uma dose de resveratrol, que inibe as enzimas inflamatórias tanto quanto uma aspirina, mas sem causar irritação estomacal.

  • nitrub/iStock

    Suco de Cranberry

    Esse suco é bem conhecido por abrandar infecções dolorosas na bexiga, e é usado como remédio há séculos. Cientistas acreditam que algo no suco impede que as bactérias invadam a parede da bexiga.

  • Eugene03/iStock

    Frutas Vermelhas

    Contêm substâncias químicas chamadas antocianinas que, como a aspirina, combatem inflamações. Além de serem uma boa fonte de fibras, essas frutas ainda têm poucas calorias.

  • Juan José Valencia Antía/Unsplash

    Amêndoas

    São ricos no aminoácido triptofano, que, após uma hora de ingestão, pode baixar a sensibilidade à dor. Dentre outros alimentos com esse aminoácido, destacam-se: avelãs, sementes de gergelim e de girassol, peru, laticínios, soja, frutos do mar, grãos integrais, arroz e lentilha.

  • sergeybrovko/iStock

    Chá-preto

    Alimentos como as frutas e os vegetais coloridos e os chás contêm flavonoides, que protegem contra o dano celular, capaz de agravar a artrite. Além disso, possui uma substância química que combate inflamações.

  • eyewave/iStock

    Brócolis

    Esse vegetal contém glutationa, um poderoso antioxidante capaz de proteger contra a artrite. Outros alimentos ricos nesse antioxidante incluem aspargos, repolho, couve-flor, batatas, tomates, abacates, toranjas, laranjas, pêssegos e melancias.

  • utah778/iSrock

    Abacaxi

    A bromelina, enzima digestiva extraída do abacaxi que atua sobre as proteínas, reduz inflamações. Estudos mostram que comer abacaxi pode diminuir a dor em pacientes com osteoartrite do joelho e artrite reumatoide, além de minimizar o inchaço naqueles com a síndrome do túnel do carpo.

  • Fudio/iStock

    Maçãs

    Contêm quercetina, importante fitoquímico antioxidante no combate a inflamações. A maioria das frutas e dos vegetais bem coloridos possui substâncias químicas que atenuam inflamações.

  • dulezidar/iStock

    Azeite de oliva extravirgem

    Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia notaram que uma substância química presente no azeite de oliva, o oleocanthal, inibe as enzimas inflamatórias da mesma forma que o ibuprofeno.

  • joannatkaczuk/iStock

    Cebolas e Alhos

    Esses vegetais bulbosos são ricos em substâncias químicas anti-inflamatórias e em compostos de enxofre, estimulantes do sistema imunológico.

  • id-art/iStock

    Chocolate amargo

    Possui substâncias químicas que ajudam a combater inflamações. Segundo um grande estudo italiano, quem consumiu cerca de 30 g de chocolate amargo a cada 3 dias obteve reduções significativas de uma proteína associada a inflamações em comparação com quem não comeu chocolate.