No dia a dia, por vezes passamos por estresses que deixam nossos músculos tensos. E como não temos um massagista à disposição 24 horas para nos ajudar, é preciso improvisar com uma automassagem!

Uma automassagem pode ajudar a reduzir a tensão muscular, aumentando o fluxo de oxigênio para os músculos. Algumas pesquisas mostram que receber massagens regulares também é certamente útil para a imunidade, graças ao estímulo à produção de glóbulos brancos. Até a produtividade pode melhorar. No entanto, o que pouca gente sabe é que, além de uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas, a massagem também pode promover a boa forma, pois ajudar a eliminar gorduras localizadas e a diminuir a retenção de líquidos.

Posição no trabalho pode piorar as dores

Pessoas que passam o dia sentadas em posições desconfortáveis, como na frente de um computador, podem acabar com dores seriíssimas. As dores no pescoço, por exemplo, podem ser causadas pela má postura. Para evitá-las, procure mantê-lo ereto. Ajeite o monitor a uma altura confortável, de forma que o seu pescoço não abaixe. Além disso, apoie seus braços sempre que possível em encostos apropriados.

Já as dores nas costas podem ser sintomas de algo mais sério, como problemas na lordose da coluna. No entanto, melhorar a postura tanto sentado quanto em pé pode evitá-las. Prefira cadeiras ergonômicas que se encaixam à sua coluna, e, em pé, policie-se quanto a postura e mantenha a coluna reta. Isso pode, inclusive, mudar o seu humor e a sua mensagem corporal para os outros. Uma pesquisa de 2010, por exemplo, demonstrou que uma postura corporal correta aumenta a confiança e diminui as chances de parecer fraco. Uma dica preciosa para pôr em prática em reuniões de família ou no trabalho, não é?

Veja abaixo 11 exercícios para eliminar as dores no corpo:

  • 1. Alivie a dor nos antebraços

    Muitas posições, como a de pessoas que trabalham muito tempo no computador, causam dores frequentes. Uma delas concentra-se no antebraço. Para eliminar o desconforto, faça o seguinte: com a palma da mão virada para cima, agarre o antebraço dolorido com a outra mão. Movimente a mão agarrada ao antebraço levemente, aplicando certa pressão, enquanto gira o antebraço de forma circular. Quando sua mão chegar ao pulso, repita o movimento ou passe para outro antebraço.

    KatarzynaBialasiewicz/iStock
  • 2. Massageie o estômago após cada refeição

    A maioria de nós faz isso instintivamente, em especial após comer demais. Posicione uma palma ou as duas sobre o abdome e friccione no sentido horário. Esta é a direção em que o alimento naturalmente se move para o intestino, de modo que esta massagem circular estimula a digestão.

    structuresxx/iStock
  • 3. Massageie as mãos diariamente – sempre que passar creme

    Comece com a parte de baixo das palmas, entrelaçando os dedos e esfregando as palmas em movimentos circulares. Então, com as mãos ainda entrelaçadas, use um polegar para massagear a área logo abaixo do outro polegar em movimentos circulares, movendo-o para fora, para o meio da palma. Repita com a outra mão. Em seguida, solte os dedos e use os polegares e indicadores para massagear as palmas, os pulsos e a pele entre os dedos. Com uma mão, puxe cada dedo da outra mão suavemente. Finalize usando o polegar e o indicador para beliscar a pele entre o polegar e o indicador da outra mão.

    OlgaMiltsova/iStock
  • 4. Aperte uma bola de tênis para liberar tensão 

    Se você está sentindo o pé tensionado, fique de pé apoiando uma das mãos em uma parede, para ter apoio, e coloque o arco do pé sobre a bola. Gradualmente, aumente o peso do corpo sobre o pé, de modo que a bola pressione o arco. Comece a mexê-lo devagar, permitindo que a bola massageie o calcanhar, a parte da frente do pé e os dedos. Se a bola de tênis for grande demais para o seu pé, experimente uma bola de golfe.

    Você pode, também, deitar sobre a bola para alcançar aquele lugar difícil entre as omoplatas, ou para aliviar a tensão da lombar. Para tensão nos quadris, sente-se na bola, mexendo o quadril e segurando-a em um ponto que propicie conforto.

    sergunt/iStock
  • 5. Use as mãos para pressionar o pescoço

    Uma vez a cada hora, faça uma pausa e entrelace os dedos atrás do pescoço, pressionando-o com a base de cada palma, de cada lado da coluna. Massageie com a base das mãos, subindo e descendo, em movimentos lentos e controlados. Então, coloque os dedos da mão direita no músculo do trapézio, ao longo do lado esquerdo do pescoço, logo abaixo da base do crânio. Pressione esse músculo, vire a cabeça para a esquerda e esfregue de cima para baixo até chegar ao ombro. Repita três vezes e troque de lado. Finalize alongando a cabeça para trás, de forma que o topo do encosto de sua cadeira de trabalho pressione o seu pescoço logo abaixo do crânio. Isso também alonga a parte anterior do pescoço, que tende a ficar tensa quando se trabalha sentado. Mantenha a posição por 20 segundos.

    klebercordeiro/iStock
  • 6. Dê um abraço em si mesmo para relaxar a tensão nos ombros

    Cruze os braços sobre o peito e agarre um ombro com cada mão. Aperte e solte cada ombro três vezes. Então, deslize as mãos para os braços, apertando e relaxando até chegar aos pulsos.

    Koldunova_Anna/iStock
  • 7. Quando tiver uma dor de cabeça

    Levante-se, curve-se para a frente e coloque a cabeça sobre uma cadeira com encosto. A cadeira vai exercer uma pressão suave na cabeça enquanto você relaxa na posição. Mantenha por aproximadamente 30 segundos. Quando levantar a cabeça, sente-se e passe os dedos sobre os cabelos, terminando com o punho fechado. Puxe o cabelo suavemente. Segure por dois ou três segundos e solte. Isso alonga a fáscia (o tecido fibroso ao longo do couro cabeludo) e alivia a tensão. Continue a puxar outras partes do cabelo, começando pela frente até chegar à parte de trás. Depois de ter agarrado e puxado todo o couro cabeludo, volte renovado ao trabalho.

    GeorgeRudy/iStock
  • 8. Para relaxar o maxilar

    Seu maxilar está travado? Com as pontas dos dedos, faça pressão nas maçãs do rosto. Feche e abra a boca enquanto pressiona. Passe a alongar os movimentos pelo rosto, como se estivesse puxando ele para trás. Próximo da orelha, use os polegares para fazer movimentos suaves para baixo. Repita o movimento em sequência até chegar ao queixo.

    MangoStar_Studio/iStock
  • 9. Alivie os joelhos

    Os joelhos recebem impactos e aguentam o peso do corpo durante todo o dia, então é natural que você sinta dores caso não se exercite com frequência. Para aliviar, faça o seguinte: sente-se e aguarde uns instantes para que os músculos das suas coxas relaxem. Faça um nó com os dedos e, com movimentos circulares, pressione a área dolorida por 10 minutos. Repita o movimento de 2 a 3 vezes, ou até sentir alívio nas dores. Repita o processo diariamente antes de dormir!

    ojoel/iStock
  • 10. Elimine as dores nos glúteos

    Se você costuma passar muito tempo sentado durante o dia, é provável que sinta dores nos glúteos. Elimine-as fazendo o seguinte: sente-se sobre uma bola de tênis (ou duas, dependendo das dores, uma para cada nádega). Com os braços apoiados atrás do corpo, levante a perna e faça movimentos de ida e volta com os glúteos. Repita por alguns minutos, até sentir alívio.

    olejx/iStock
  • 11. Use uma bola com espinhos de plástico para os pés

    Assim como os joelhos, os pés recebem o peso do corpo o dia inteiro; é comum que, ao final do dia, você sinta dores na área. Para amenizar o impacto, passe a rolar uma bola de espinhos de plástico sob os pés, de forma que alcance toda a extensão da sola.

    wernerimages/iStock

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!