Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 20 de outubro de 2019

Confira as medidas de batimentos cardíacos para um treinamento bem-sucedido

Saiba identificar se seus batimentos cardíacos estão normais antes, durante e após exercícios.

Imagem: RasselOK/iStock

O objetivo de qualquer exercício físico saudável é condicionar o corpo, tornando-o cada vez mais forte e resistente. Para tanto, os limites de carga devem ser exigentes, porém não exagerados. Mas como avaliar o rendimento dos exercícios? Um dos critérios adequados é medir os batimentos cardíacos antes, durante e após o exercício.

Como medir os batimentos cardíacos?

O procedimento é simples: basta contar os batimentos cardíacos tocando o pulso ou, o que é ainda mais conveniente e prático, medindo-o com um aparelho de pressão. O importante é medir o pulso com o corpo em repouso e durante o esforço físico, assim como o intervalo em que os batimentos voltam ao normal após o esforço físico.

◆ Pulso em repouso

É a medida exata da condição da circulação sanguínea. O pulso deve bater entre 60 e 80 vezes por minuto. É melhor medir pela manhã, logo depois de acordar e antes de praticar exercícios. Com a melhora do condicionamento físico, o número de batimentos por minuto diminui e o pulso se torna mais forte e regular, pois a força dos batimentos cardíacos aumenta.

◆ Pulso durante o esforço

Deve oscilar entre 120 e 140 batimentos por minuto. Uma regra fisioterapêutica recomenda 180 batimentos subtraindo-se a idade do indivíduo. O limite máximo deve ser 160; se ultrapassado, você deve movimentar-se lentamente até que os batimentos voltem ao normal.

◆ Fase de recuperação

Quanto mais rápido os batimentos cardíacos voltarem ao normal, melhor é a condição física de uma pessoa. Após 3 ou 4 semanas de condicionamento físico, o intervalo de tempo se reduz, e os batimentos voltam ao normal em 3 minutos.

◆ Pressão arterial

Também se altera durante o esforço físico. Em uma pessoa saudável, o valor máximo deve oscilar entre 120 e 140 mm Hg e o mínimo entre 60 e 80 mm Hg. A partir de 160/100 mm Hg a pressão arterial é considerada demasiadamente alta e indica a necessidade de tratamento médico. Durante a prática de esportes, o valor máximo aumenta, mas deve retornar rapidamente ao batimento normal.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados