Durante o passeio matinal no parque, você avista duas pessoas caminhando. Seria algo normal se essas pessoas não estivessem usando bastões para se apoiar… Achou diferente? Então você ainda não conhece a caminhada nórdica, uma nova modalidade de exercício que promete diversos benefícios para a saúde.

A caminhada nórdica surgiu, como o nome sugere, nos países nórdicos, mais precisamente na Finlândia. Por lá se diz que um esquiador queria continuar se exercitando mesmo nas estações mais quentes, sem neve. Então ele resolveu usar seus bastões de esqui para caminhar.

Talvez a lenda tenha algum fundamento: a movimentação utilizada é parecida com a de um esquiador em terrenos planos. Basta que o caminhante encontre um ritmo entre as passadas utilizando os bastões, e pronto!

Como funciona?

Para alguém que nunca experimentou, pode parecer complicado no início. Mas é possível dominar o ritmo em pouco tempo. O objetivo dos bastões é impulsionar o praticante para a frente, envolvendo músculos que normalmente não são usados na caminhada comum.

Primeiro, tente imaginar uma linha na sua frente. Dê a primeira passada com o pé direito; ao mesmo tempo, apoie o bastão esquerdo no chão. Agora, é a vez do seu pé esquerdo. Ao trocar a passada, você deve se apoiar no bastão esquerdo e passá-lo para trás. O contato com o chão só pode ser desfeito quando o bastão direito estiver apoiado em seguida.

Tente apoiar os bastões com uma leve inclinação, na diagonal em relação ao seu pé. Ao mesmo tempo, o braço que não está apoiado deve se elevar em um ângulo de 90º antes de voltar a apoiar-se na frente. Observe a imagem para ter uma ideia de como funciona:

Imagem: Divulgação

Os benefícios da caminhada nórdica

A caminhada comum costuma utilizar os músculos das pernas, glúteos e abdômen. Utilizando os bastões da caminhada nórdica, você inclui braços, ombros, costas e peito, o que eleva o gasto calórico do exercício. Isso faz com que seja também uma ótima atividade para quem busca perder peso.

A atividade é recomendada para todas as idades e ritmos. Ela é capaz de aumentar a capacidade aeróbica, já que eleva a frequência cardíaca do praticante. Existem também benefícios para os ossos: a preservação da densidade óssea devido ao esforço contínuo.

O impacto gerado é significativamente menor do que a caminhada regular, o que gera um benefício maior para as articulações. Além disso, há melhoras na postura, já que a atividade automaticamente demanda a postura correta do praticante.

Escolha bem o seu equipamento

Antes de comprar o seu equipamento, você deve prestar atenção em alguns detalhes. O bastão deve ser regulado de acordo com a sua altura. Na hora de comprar, veja se o comprimento está entre o umbigo e o peito. Caso escolha o equipamento errado, os riscos de se machucar aumentam.

É importante manter as costas eretas durante a caminhada. Experimente ainda na loja; se você sentir qualquer desconforto, é possível que não seja o bastão adequado para você. Alguns possuem tamanhos fixos de 90 cm e outros são reguláveis, o que facilita a prática.