“A quem pode dormir é permitido ser feliz”, afirma o autor alemão Erich Kastner. No entanto, a realidade é muito diferente para um número cada vez maior de pessoas – elas simplesmente não conseguem adormecer, permanecem horas acordadas “rolando” na cama. Assim, se sentem esgotadas pela manhã. Cerca de metade dos brasileiros adultos alega sofrer de transtornos do sono ocasionais ou recorrentes. São diversas as causas dos problemas relacionados ao sono e de distúrbios graves e crônicos. Uma delas é uma falsa expectativa.

Adormecer suavemente, dormir sem interrupções: é assim que a grande maioria das pessoas descreve um bom sono. Porém, essa descrição nem sempre corresponde à realidade. O sono é bem diferente daquilo que a maior parte das pessoas considera ser um descanso noturno.