Faça uma busca


|
Publicado em: 15 de abril de 2020

Conheça 6 terapias alternativas que podem melhorar sua saúde

Tosse persistente, dor intestinal e sinusite são apenas alguns dos problemas de saúde que a medicina alternativa pode tratar

Imagem: Elenathewise/iStock

Muitas propriedades medicinais e curativas são encontradas em flores, folhas, raízes, alimentos integrais e até na água. Esses “remédios” naturais podem ajudar a tratar vários problemas de saúde quando usados em terapias alternativas.

De óleos essenciais a massagens curativas, as terapias alternativas podem trazer mais qualidade de vida ao tratar de dores e aliviar sintomas de doenças crônicas. O conhecimento contido nesse tipo de medicina é muito vasto, e seus efeitos comprovados. Descubra como essências, flores e aromas podem te ajudar.

ChamilleWhite/iStock

FITOTERAPIA

Antes da era dos remédios fabricados por grandes indústrias, usava-se uma variedade de plantas para produzir medicamentos. Embora muitas drogas tenham sua base nas ervas (a aspirina, por exemplo, vem da casca do salgueiro-branco), recentemente o interesse pelo uso de plantas na forma natural ressurgiu. Isso pode ser devido a preocupações com efeitos colaterais e possível dependência causada por alguns remédios convencionais.


marilyna/iStock

Como pode ajudar

A fitoterapia tem como objetivo adaptar tratamentos às necessidades individuais, o que pode eliminar resíduos tóxicos, estimulando o mecanismo de defesa do corpo ou tonificando-o por completo. As preparações mais comuns incluem infusões, tinturas, decocção, cataplasma, compressas e inalantes. Entre as doenças que respondem bem aos fitoterápicos estão:

  • queixas digestivas
  • problemas de pele
  • insônia
  • resfriados
  • artrite.

Madeleine_Steinbach/iStock

Cuide-se

Embora muitas ervas sejam amplamente usadas em casa, algumas, como o confrei, podem ser perigosas se tomadas durante longos períodos. Outras podem representar perigo se o indivíduo tiver um problema de saúde específico, como hipertensão arterial, ou durante a gravidez. Caso faça uso de outros medicamentos, consulte um médico antes de tomar fitoterápicos; eles podem interagir e produzir efeitos adversos. Por isso, as ervas devem ser tratadas com cuidado – se você perceber qualquer efeito colateral, pare de tomar o remédio e consulte um fitoterapeuta.


ValentynVolkov/iStock

Vinagre de sálvia para dor de garganta

Macerar as ervas no vinagre para uso medicinal é uma tradição culinária já estabelecida. Este remédio para dor de garganta combina as propriedades adstringentes e antissépticas da sálvia com a ação anti-inflamatória do vinagre.

  1. Dilua uma parte do vinagre de sálvia em duas de água; adicione uma pitada de sal e gargareje três vezes ao dia, até que os sintomas melhorem.
  2. Encha uma jarra de vidro com 2 ramos de sálvia fresca (picada grosseiramente) ou 1 colher de sopa de sálvia seca.
  3. Aqueça com cuidado 425 ml de vinagre de maçã em fogo baixo até que atinja a temperatura corporal.
  4. Despeje o vinagre de maçã sobre a sálvia até cobrir a erva.
  5. Vede a jarra com uma tampa hermética.
  6. Deixe a mistura no peitoril da janela por 2 semanas, certificando-se de sacudir a jarra todo dia.
  7. Despeje o líquido em uma garrafa de vidro e tampe bem. Se armazenado em ambiente arejado e escuro, o vinagre de sálvia terá validade de 1 ano.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados