Quando o assunto é beleza, muito provavelmente a parte do seu corpo que vem à sua cabeça não diz respeito aos seus pés. Negligenciados, porém tão importantes quanto um órgão vital, os pés necessitam de atenção. Por isso, muitos podólogos recomendam dicas simples de cuidados com os pés que podem salvar a sua saúde.

O verão é um período intenso para os pés. Se você trabalha com calçados fechados, entende alguns problemas. Isso porque, em períodos mais quentes, a incidência de problemas como micoses ou mau cheiro aumenta, já que os pés estão condicionados a um espaço fechado. Com o aumento de suor na região, muitos desconfortos podem começar ali.

A micose, por exemplo, que ocorre em diversos locais do corpo, como a virilha e os pés, é uma das principais vilãs. Elas são infecções causadas por fungos, e ocorrem principalmente em regiões em que há calor e umidade, como os espaços entre os dedos dos pés ou sob as unhas.

Outro detalhe importante, mas que passa direto da atenção de muita gente, diz respeito ao tamanho dos calçados. Se você ganhou um tênis de presente, nada de agradar quem te deu o mimo: qualquer desconforto deve ser levado em consideração. O calçado não pode estar abaixo nem acima do número que você calça; dessa maneira muitos problemas podem ser evitados, inclusive alguns mais sérios, como a artrite.

Para evitar problemas e manter a saúde em dia, confira alguns dos principais cuidados com os pés que você precisa manter:

JackF/iStock

1. Vendedores de sapatos deviam medir seus pés

Mas o ideal é que você saiba quanto o seu pé mede e não esperar isso deles. Muitas pessoas usam o mesmo número durante muito tempo sem considerar que eles podem ficar mais planos, e, consequentemente, mais compridos à medida que os anos passam.


belchonock/iStock

2. Use desodorantes para os pés

Da mesma forma que você usa desodorantes para as axilas, é possível evitar o mau cheiro nos pés com desodorantes spray. Outra dica para prevenir o temido “chulé” é usar meias, pois quando o suor entra em contato direto com os calçados, promove o crescimento de bactérias por ali.


yacobchuk/iStock

3. Certifique-se de que o pedicure é esterilizado

Apesar de haver um protocolo de desinfecção de alto nível estabelecido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), nem todos os salões de beleza seguem a recomendação. Isso pode fazer você pegar uma infecção grave.


Tatiana/iStock

4. Evite utilizar acessórios sem consultar um profissional

Separadores de dedos, órteses para joanetes e outros apetrechos se silicone ajudam você a se sentir melhor, mas não resolvem o problema. Procure um profissional para garantir melhores cuidados para seus pés.