Lesões na garganta, aftas, dor ao engolir e salivação em excesso. Se você apresenta um desses sintomas, saiba que você pode estar com estomatite.

Para ajudar a descobrir as causas, sintomas e tratamentos, separamos um guia sobre a doença. Muito comum em crianças, segundo o Ministério da Saúde, a estomatite acomete também jovens e adultos.

No entanto, como toda doença, é necessário o diagnóstico de um médico para o tratamento adequado. Mas alguns sintomas, como aftas, podem revelar o início da inflamação, que também pode ser evitada.

Antes de tudo, é preciso entender a doença. Segundo especialistas, ela ocorre a partir de um primeiro contato com o vírus da herpes simples. Por isso, as crianças são as mais afetadas.

Para entender mais sobre esta enfermidade, abaixo listamos os principais sintomas, assim como tratamentos e meios de prevenção. Confira!

  • Causas da estomatite

    1. Herpes simples

    Uma das principais causas da estomatite é a herpes simples. O vírus pode ser transmitido por contato para as mucosas dos olhos, nariz e órgãos genitais. Locais do corpo em que haja escoriações também podem ser uma porta de entrada para o herpes.

    Apesar da doença ser mais comum em crianças, os jovens e adultos, que não tiveram contato a herpes simples, também podem ser afetados.

    p_saranya/iStock
  • Causas da estomatite

    2. Vírus Coxsackie

    A estomatite também pode surgir com o vírus Coxsackie, que habita normalmente o sistema digestivo e pode causar a doença.

    ClaudioVentrella/iStock
  • Causas da estomatite

    3. Xerostomia

    Pacientes com xerostomia (doença da boca seca) podem ter predisposição à estomatite. Isso ocorre porque a produção de saliva protege a mucosa oral e evita o surgimento da doença.

    Deagreez/iStock
  • Causas da estomatite

    4. Tabagismo

    Neste caso, fumantes têm chances de serem acometidos pela estomatite nicotínica. Neste caso, a doença causa uma lesão específica relacionada ao uso do fumo

    LumineImages/iStock
  • Causas da estomatite

    5. Imunidade baixa

    Pacientes debilitados e que apresentam imunidade baixa podem ter problemas de estomatite.

    NanoStockk/iStock
  • Causas da estomatite

    6. Uso de aparelhos ortodônticos e mais

    Aparelhos ortodônticos, o  hábito de morder bochechas ou de respirar pela boca, além do uso de mamadeiras também podem causar a
    estomatite.

    Phoenixns/iStock
  • Sintomas da estomatite

    1. Manchas vermelhas

    A vermelhidão na gengiva pode ser um dos sintomas da estomatite. Em alguns casos, as manchas também podem surgir na garganta.

    FotoDuets/iStock
  • Sintomas da estomatite

    2. Salivação excessiva

    Outro sintoma comum da estomatite é a salivação excessiva.

    arenacreative/iStock
  • Sintomas da estomatite

    3. Dor ao engolir ou ao comer

    Pessoas com estomatite costumam sentir dores ao engolir ou comer.

    AaronAmat/iStock
  • Sintomas da estomatite

    4. Aftas

    Em alguns casos, pessoas com estomatite apresentam úlceras dolorosas na boca de forma repetida. Este quadro é chamado de estomatite aftosa e pode apresentar aftas maiores ou menores.

    AaronAmat/iStock
  • Sintomas da estomatite

    5. Febre

    Em casos mais graves, pessoas com estomatite podem apresentar febre entres os sintomas.

     

    vadimguzhva/iStock
  • Tratamento e prevenção da estomatite

    1. Remédio

    Para aliviar as dores, muitos médicos recomendam o uso de analgésico séptico ou medicamento antiviral.

    artisteer/iStock
  • Tratamento e prevenção da estomatite

    2. Alimentos adequados

    Uma das formas de amenizar os sintomas é comer alimentos mais macios ou, de preferência, líquidos. Desta forma, o paciente evita maiores danos, favorecendo a cicatrização.

    Foxys_forest_manufacture/iStock
  • Tratamento e prevenção da estomatite

    3. Hidratação

    Pessoas com estomatite devem manter a hidratação, bebendo muita água, para que não haja a desidratação.

    seb_ra/iStock
  • Tratamento e prevenção da estomatite

    4. Higienização

    Não há uma forma de prevenção 100% eficaz, mas uma boa higiene pode evitar a doença. Neste caso, o indicado é manter os objetos levados à boca sempre higienizados e evitar dividir talheres com outras pessoas.

    seb_ra/iStock
  • Tratamento e prevenção da estomatite

    5. Escovar os dentes

    Uma forma de prevenir a estomatite é mantendo a boca sempre limpa. Por isso, a higienização oral pode colaborar na prevenção da infecção.

    bernardbodo/iStock
  • Diagnóstico da estomatite

    Segundo o Ministério da Saúde, o diagnóstico considera a aparência e a localização das lesões, assim como os sintomas. Em alguns casos, pode ser necessário realizar exames laboratoriais para identificar o tipo do vírus e possíveis causas da doença.

    AlexRaths/iStock

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!