Faça uma busca
|
Publicado em: 25 de abril de 2020

Gengibre é bom para quê? Conheça 14 males que ele pode tratar

Os benefícios do gengibre são muitos

Imagem: pilipphoto/iStock

O gengibre é barato, tem ação rápida e cientificamente comprovada e além disso, é delicioso. Com tantas qualidades incríveis, ele é um excelente remédio caseiro.

Leia também:

Na hora de aliviar aquele enjoo de viagem, o gengibre é tudo isso e muito mais, além de ter o poder de atacar inflamações e aliviar dores, dois ótimos motivos para garantir um lugar cativo no armário da sua cozinha.

Já foram identificadas mais de 400 substâncias químicas no gengibre, embora só conheçamos as propriedades medicinais de algumas delas. As propriedades antináusea e antiemética, do gengibre provavelmente se devem aos compostos 6-gingerol, 6-shogaol e galonolactona. Segundo os cientistas, essas substâncias agiriam no “centro de controle de vômitos” do cérebro controlando o ímpeto de vomitar. Além disso, atuam no aparelho digestivo, aliviando a náusea.

O que dizem os cientistas

Atualmente, há mais dados sobre o poder do gengibre para eliminar células cancerosas, propriedade pesquisada há anos. Em 2009, pesquisadores da Universidade de Minnesota descobriram que o 6-gingerol impedia o crescimento de tumores colorretais em camundongos.

Em um teste de células de câncer de mama em mulheres realizado em laboratório, pesquisadores coreanos demonstraram que o 6-gingerol inibiu a capacidade das células de se espalhar (metastatizar) para outras partes do organismo.

Já pesquisadores iranianos estudaram seu poder de baixar o colesterol: durante 45 dias, um grupo com altos níveis sanguíneos de colesterol recebeu gengibre e outro tomou placebo. As pessoas que tomaram o gengibre apresentaram taxas mais baixas de LDL (colesterol ruim) e maiores de HDL (colesterol bom) que as do segundo grupo.

Mas pesquisas também demonstraram que o gengibre reduz a dor e o inchaço em pacientes com artrite. Também pode funcionar no alívio das enxaquecas ao bloquear substâncias inflamatórias chamadas prostaglandinas.

E há ainda os benefícios digestivos. No início da década de 1980, cientistas americanos divulgaram que o gengibre era melhor na prevenção de enjoos associados ao movimento (cinetose) decorrentes de viagens de carro e/ou avião que os produtos comerciais. Pesquisas subsequentes nos Estados Unidos, na Suécia, Alemanha e Grã-Bretanha confirmam que o gengibre reduz tonturas, náuseas decorrentes de anestesia e vômitos e suores frios decorrentes de enjoos do mar.

Gengibre é bom para quê?

  • spukkato/iStock

    Artrite

    Vários estudos descobriram que o gengibre imita os anti-inflamatórios não esteroides (AINE), os fármacos de primeira linha contra a artrite. Parece que funciona reduzindo as substâncias químicas causadoras da dor que fazem parte da resposta do organismo à inflamação – e faz isso sem os efeitos colaterais das medicações. Use gengibre em pó, cru ou fresco levemente cozido à vontade nos alimentos. Faça um chá com ¾ de gengibre e duas xícaras de água fervente. Deixe ferver lentamente, coberto, por 15 minutos, e beba duas ou três vezes ao dia.


  • baibaz/iStock

    Cataplasma de gengibre

    Aplicar gengibre amassado numa articulação dolorosa pode esgotar as reservas da substância P (um composto químico do cérebro que transporta as mensagens de dor até o sistema nervoso central). Um estudo com 56 pessoas detectou que o gengibre aliviou os sintomas em 55% dos pacientes com  osteoartrite e em 74% dos afetados por artrite reumatoide.

    • um pedaço de gengibre fresco com 7,5 cm
    • azeite de oliva

    1. Descasque e pique bem o gengibre.

    2. Misture-o com bastante azeite de oliva até formar uma pasta.

    3. Aplique na articulação dolorida. Dependendo do local da dor, pode ser necessário manter o gengibre no lugar com gaze ou com uma atadura elástica. Deixe por 10 a 15 minutos. Não aperte demais. Para obter alívio extra, aqueça um pouco o gengibre antes de aplicá-lo.


  • Lacheev/iStock

    Bursite e Tendinite

    O gengibre é uma fonte rica em compostos potentes que aliviam a dor e melhoram a inflamação. Desfrute de uma xícara de chá de gengibre forte três vezes ao dia quando estiver se recuperando de bursite ou tendinite. Faça a infusão com saquinhos de chá de raiz de gengibre pura, e use duas para cada xícara de água fervida. Mantenha-a em infusão, coberta, por 10 minutos antes de beber. Está sem saquinhos de chá de gengibre? Fatie três ou quatro pedaços do tamanho de ¼ da raiz de gengibre fresco e deixe ferver numa xícara de água por 10 a 15 minutos. Ou adicione uma colher de chá de gengibre em pó a uma xícara de água fervida, tampe e deixe em infusão por 10 minutos. Coe antes de beber.


  • Doucefleur/iStock

    Caspa

    Pique ou rale um pedaço de 8 cm de gengibre. Coloque numa panela com quatro saquinhos de chá de camomila e um litro de água. Cozinhe em fogo brando, coberto, por 15 a 20 minutos. Deixe o chá esfriar e depois coe. Após lavar com xampu, massageie ½ ou uma xícara (dependendo do comprimento do cabelo) no couro cabeludo por alguns minutos. Não enxágue. Você pode guardar o que restar do chá na geladeira para a lavagem seguinte.


  • klebercordeiro/iStock

    Cinetose (enjoo)

    O remédio mais eficaz para o enjoo de movimento é o gengibre. Ele já foi testado em pessoas navegando em mares bravios, observando demonstrações visuais que provocam tontura e sentadas em cadeiras rotativas. Em todos os casos, o gengibre aumentou o tempo que elas levavam para se sentir nauseadas e reduziu sua tendência para vomitar.

    Os compostos químicos que dão ao gengibre seu sabor picante – principalmente gingerol e shogaol – reduzem as contrações intestinais, neutralizam os sucos digestivos e reduzem a atividade no “centro de vômito” do cérebro. Mas ele é melhor para prevenir o enjoo do que para cortá-lo. Se você for suscetível, coma gengibre antes de iniciar a viagem.

    Misture uma pitada de gengibre em pó em água ou coma ½ colher de chá de gengibre fresco picado a cada 15 minutos uma hora antes de viajar; continue, se quaisquer sinais do mal-estar ocorrerem. Você também pode beber chá ou mordiscar pedaços de gengibre cristalizado antes da viagem.


  • GeorgeDolgikh/iStock

    Massagem condimentada para o estômago

    Muitas crianças são propensas à cinetose, em especial durante viagens de carro. Esta massagem aromática ajuda a acalmar o estômago de seu filho durante uma viagem. Faça-a antes de partir.

    • 1 colher (chá) de gengibre ralado
    • ¼ de colher (chá) de noz-moscada em pó
    • 2 colheres (sopa) de hortelã seca
    • ¼ de xícara de óleo vegetal

    Misture o gengibre, a noz-moscada e a hortelã no óleo e deixe em infusão por mais ou menos uma hora. Depois coe. Massageie o óleo nos pés, têmporas e punhos de seu filho. Se não estiver dirigindo, faça isso durante viagens de carro, ou em viagens de barco ou trem.


  • Antonio_Diaz/iStock

    Cólicas menstruais

    Almofada herbal para cólica

    O saquinho calmante tem origem na medicina tradicional chinesa. Ele contém ervas do porta-temperos que são conhecidas por aliviarem a dor.

    • 2 colheres (sopa) de gengibre em pó
    • 2 colheres (sopa) de cravos-da-índia
    • 2 colheres (sopa) de canela moída
    • 2 colheres (sopa) de sementes de erva-doce

    1. Coloque o gengibre, os cravos-da-índia, a canela e as sementes de erva-doce numa bolsa feita com várias camadas de musselina de algodão ou um pedaço de um tecido de algodão. Amarre firmemente com barbante de algodão.

    2. Coloque 2,5 cm a 5 cm de água numa panela pequena e deixe levantar fervura.

    3. Coloque a bolsa numa peneira ou panela para cozimento a vapor alguns centímetros acima da água fervente e aqueça até que a bolsa esteja confortavelmente quente.

    4. Deite-se no sofá e coloque a bolsa de ervas sobre o baixo-ventre. Relaxe e descanse durante 15 minutos. Você pode reutilizar a bolsa algumas vezes: faça uma nova quando as ervas perderem o aroma.


  • Aleksej Sarifulin/iStock

    Dor de dente

    Misture quantidades iguais de gengibre e pimenta-de-caiena com água suficiente apenas para formar uma pasta. Faça uma bolinha de algodão e mergulhe-a na pasta. Coloque a bolinha no dente, evitando a gengiva e a língua, e deixe lá até obter alívio da dor – ou enquanto aguentar (a combinação queima mesmo). Esses temperos podem ser usados juntos ou separados. Os dois são ótimos analgésicos e comprovadamente eficazes contra a dor da artrite, e pesquisas mostram que o principal componente químico da pimenta, a capsaicina, ajuda a impedir que os sinais de dor cheguem ao cérebro.


  • AntonioGuillem/iStock

    Dor nas costas

    Óleo de cânfora para massagem contra dores nas costas

    Você não tem de gastar muito com cremes de venda livre para dor nas costas. Em vez disso, experimente este óleo para massagem: é eficaz e fácil de fazer.

    • 1 colher (sopa) de gengibre fresco picado bem fino (ou 1 colher de sopa de gengibre em pó)
    • 1 colher (sopa) de alecrim seco
    • ¼ de xícara de azeite de oliva
    • 5 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta (opcional)
    • 2 gotas de óleo essencial de cânfora ou de gaultéria (opcional)

    1. Moa o gengibre e o alecrim num moedor de café limpo até ficarem bem fi nos e misturados.

    2. Misture o azeite e os óleos essenciais de hortelã-pimenta e cânfora numa tigela pequena.

    3. Combine com a mistura de alecrim e gengibre.

    4. Peça a alguém que esfregue a mistura perfumada na área dolorida de suas costas e cubra com um pedaço de flanela ou uma camiseta velha. Em seguida, coloque uma almofada térmica sobre o pano por 15 a 20 minutos e descanse enquanto a mistura é absorvida. É possível dobrar a receita para áreas maiores. Retire a mistura num banho de banheira, se desejar.


  • AaronAmat/iStock

    Enjoo matinal

    Eis um ponto em que muitos médicos modernos concordam com os terapeutas tradicionais: o gengibre é um remédio seguro e eficaz para o enjoo matinal. Num estudo, quando  mulheres com enjoo matinal receberam um remédio à base de gengibre ou um sem qualquer efeito, 28 das 32 mulheres no grupo do gengibre disseram que seus sintomas melhoraram, comparadas a 10 das 35 mulheres do grupo do placebo.

    Os compostos químicos que dão ao gengibre seu sabor cítrico estimulante – a saber, gingerol e shogaol – parecem reduzir as contrações intestinais, neutralizar os ácidos digestivos e controlar o “centro de vômito” do cérebro. Os médicos costumam recomendar gengibre para evitar a náusea porque ele não causa torpor como os medicamentos convencionais fazem. É usado até para reduzir a náusea provocada por quimioterapia e a pós-operatória.

    Eis quatro remédios à base de gengibre que aliviam o enjoo matinal:

    • Mordisque alguns pedaços de gengibre cristalizado antes de sair da cama (guarde num saco plástico na mesa de cabeceira).
    • Beba chá de gengibre logo que acordar.
    • Tome uma colherada de xarope de gengibre, que você pode comprar em lojas de produtos naturais. Tome uma colherada logo que acordar, direto da colher, ou misture numa xícara de água quente para fazer um chá.

    Como ocorre com qualquer medicação ou suplemento que você tome durante a gravidez, converse antes com seu médico sobre o uso de gengibre.


  • g-stockstudio/iStock

    Enxaqueca

    O gengibre pode funcionar contra as enxaquecas, inibindo a síntese de prostaglandina. E mais, o gengibre ajuda a debelar a náusea que frequentemente acompanha as enxaquecas. Prepare um chá, cozinhando suavemente em fogo brando três fatias de cerca de 1,5 cm de raiz de gengibre em duas xícaras de água, cobertas, por 30 minutos.


  • nicoletaionescu/iStock

    Eructação

    Promova uma melhor digestão com um pouco de chá de gengibre, seja usando um saquinho do chá ou macerando uma colher de chá de gengibre em pó (ou uma colher de sopa de gengibre fresco picadinho) numa xícara de água fervente por 10 a 15 minutos. Mantenha coberto enquanto macera para preservar os óleos essenciais. Beba lentamente após as refeições para aliviar os gases.


  • Jay_Zynism/iStock

    Febre

    Este remédio contra a febre vem de todas as partes do mundo – América do Norte, China, Índia e Oriente Médio. O gengibre contém compostos anti-inflamatórios, alguns com efeitos leves parecidos com os da aspirina (ácido acetilsalicílico). Além disso, os herboristas classificam o gengibre como um diaforético, o que quer dizer que ele faz suar, e o suor é uma via garantida para a redução da febre. Para preparar um chá eficaz contra febre, fatie fino um pedaço de gengibre com 50 mm a 75 mm e coloque numa panela com um litro de água. Deixe ferver, em seguida cozinhe em fogo baixo por 30 minutos, coberto. Deixe esfriar por mais 30 minutos. Coe e beba um copo três vezes ao dia, adoçado com mel. Não tem gengibre fresco? Use gengibre em pó. Adicione uma colher de chá a um copo de água fervente, cubra e deixe em infusão por 10 minutos. Coe antes de beber. Se estiver grávida converse com o médico antes de usar.


  • Sinenkiy/iStock

    Indigestão

    Dois ou três pedaços podem domar seus infortúnios gástricos. Servem ainda como um excelente remédio para dor abdominal discreta em crianças. Além de deliciosos, têm validade quase eterna!


  • AndreyPopov/iStock

    Mau cheiro nos pés

    Imersão superdesodorante para os pés

    As ervas e os óleos essenciais desta mistura aromática ajudam a reduzir o suor, combatem o mau cheiro e mantêm os pés frescos e limpos. O alecrim e o gengibre estimulam a circulação, ao passo que a sálvia inibe a transpiração.

    • 1 colher (sopa) de alecrim seco
    • 1 colher (sopa) de sálvia seca
    • 1 colher (sopa) de raiz de gengibre fresca, ralada fina, ou 1 colher (chá) de pó de gengibre seco
    • 4 xícaras de água, ou mais, conforme necessário
    • 1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio
    • 1 colher (sopa) de sal de Epsom
    • 10 gotas de óleo essencial de melaleuca (tea tree)
    • cubos pequenos de gelo ou gelo moído

    1. Coloque o alecrim, a sálvia e o gengibre numa vasilha grande com água. Deixe levantar fervura. Retire do fogo, cubra e deixe em infusão por 10 minutos. Coe.

    2. Acrescente o bicarbonato de sódio, o sal de Epsom e o óleo de melaleuca (tea tree). Misture bem. Despeje numa bacia rasa grande o bastante para colocar os dois pés. Adicione mais água para cobrir os pés e acrescente o gelo.

    3. Mergulhe os pés durante 15 minutos; seque-os sem esfregar.


  • a_namenko/iStock

    Ressaca

    Faça um chá de gengibre. O gengibre acalma o estômago na manhã do dia seguinte e diminui a náusea. Adoce com bastante mel – isso ajudará a queimar o álcool que ainda restar no organismo.


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close