Faça uma busca


|
Publicado em: 9 de outubro de 2020

Lente de contato dental: tudo o que você precisa saber sobre a técnica

O procedimento substitui tratamentos ortodônticos demorados e já é o queridinho dos famosos!

Imagem: Phoenixns/iStock

Você já ouviu falar em lente de contato… dental? O procedimento é novo para algumas pessoas, mas já é bem requisitado nos consultórios dentários. Muitos famosos, inclusive, já aderiram à nova moda.

Antes de aderir a um procedimento estético dentário, é necessário consultar um dentista especialista para analisar o caso.

Vamos entender um pouco mais sobre essa nova modalidade estética para os dentes!

O que é lente de contato dental?

A lente de contato dental é uma lâmina muito fina, mas com espessura suficiente para ser colocada sobre a superfície externa do dente. Por ser tão fina, se assemelha à lente de contato ocular. Por isso, a referência do nome.

Quando é indicada?

Foto: Ocskaymark/iStock

A lente é indicada quando o paciente não quer passar por um tratamento ortodôntico demorado.

Ela é utilizada para corrigir pequenas imperfeições estéticas, como posicionamento, formato, volume, textura ou cor dos dentes. Por isso, não precisa ser colocada em todos os dentes.

Ainda assim, o paciente precisa passar por exames minuciosos para detectar se não há a necessidade de um tratamento mais aprofundado.

O procedimento não é indicado quando o paciente possui muitas restaurações nos dentes ou sofre de bruxismo. Neste caso, é preferível que o dentista mude de tratamento para melhorar a estética oral do paciente.

Como a lente é feita?

Foto: scyther5/iStock

Existem dois tipos de lente de contato: As de resina ou facetas de porcelana. A escolha do material vai depender dos objetivos do paciente.

Após o dentista avaliar se este procedimento é o mais indicado para o paciente, é preciso um trabalho estético minucioso. É necessário analisar o melhor formato e cor das lentes, que se adeque ao rosto, lábios e personalidade do paciente.

  • Prévia do resultado

Se o paciente estiver com dúvidas sobre seguir ou não com o procedimento, ele pode solicitar uma “prévia” dos resultados.

Então, é aplicada uma resina bisacrílica sobre os dentes naturais, que dura aproximadamente dois dias. Assim, o paciente pode se adaptar a uma nova realidade e decidir se está disposto a investir em lentes definitivas.

  • Preparo dos dentes  

Após o paciente e o dentista entrarem em um acordo sobre toda a estética do dente (formato, textura, cor), é necessário fazer um desgaste dos dentes para a colocação das lentes.

  • Produção e colocação

Uma câmera 3D escaneia a extensão da boca do paciente e desenha o novo sorriso no computador. Após esse processo, é possível moldar os dentes manualmente ou, em casos mais avançados, uma impressora 3D pode produzir a lente.

A colocação é feita por meio de um adesivo líquido, e é essencial que as lentes estejam do tamanho e espaçamento ideais.

É necessário, no mínimo, 3 sessões para acertar os detalhes da lente e completar a colocação.

Quanto tempo dura a lente?

Foto: Catallin205/iStock

A lente pode durar entre 5 e 10 anos, e depois precisa ser substituída. Porém, elas podem ser substituídas antes, caso haja algum problema como retração gengival (isto é, a gengiva subir) ou falha na cimentação ou até mesmo adaptação do paciente.

Não é possível retirar a lente, uma vez que há o desgaste dos dentes para a colocação.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados