Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 11 de outubro de 2019

Faça o “teste do aspirador de pó” e evite a perda auditiva

Confira 7 dicas preciosas para manter sua audição saudável!

Imagem: AaronAmat/iStock

A perda auditiva tende a aumentar com a idade. Em parte por problemas como hipertensão arterial e diabetes, além de anos e anos de exposição a ruídos. Mas, graças às bandas de rock, aos aspiradores de pó e aos brinquedos eletrônicos, a perda auditiva agora está acometendo jovens adultos e até mesmo crianças. Saiba como se prevenir desse problema incômodo, com algumas mudanças simples no dia a dia.

Evite a perda auditiva e mantenha seus ouvidos “aguçados” com as dicas a seguir:

  • Ridofranz/iStock

    Atenção aos hábitos

    Proteja-se do diabetes, de doenças cardíacas e da hipertensão arterial. Todos esses distúrbios aumentam o risco da perda auditiva relacionada à idade, provavelmente por impedirem o fluxo sanguíneo para o ouvido interno.


  • Milkos/iStock

    Faça o teste do aspirador de pó

    Se alguma coisa soa como um aspirador de pó (90 decibéis), significa que está alto demais. Você precisa proteger os ouvidos com abafadores de ruído ou com protetores auriculares.


  • cagkansayin/iStock

    Teste da televisão

    Outra maneira de avaliar se suas atividades domésticas ou de lazer estão afetando sua audição: antes de aspirar a casa ou de sair para treinar tiro ao alvo, ligue a televisão e ponha o volume no nível baixo. Perceba o quanto você está ouvindo do que é dito. Depois, faça o teste novamente. Se não escutar tão bem quanto antes, você já está apresentando surdez temporária, que, com a exposição contínua, poderá tornar-se permanente


  • Kristina Kokhanova/iStock

    Abaixe o volume de sua música

    Se mantiver o controle de volume em, no máximo, 50% do nível mais alto, poderá ouvir suas músicas pelo tempo que quiser. Mas, se estiver acostumado a ouvir um som tão alto que alguém parado ao seu lado consegue identificar a música que está tocando, limite-se a cinco minutos se estiver usando um iPod com fones do tipo que se encaixa dentro da orelha e 18 minutos se estiver usando fones do tipo que você usa sobre as orelhas. Segundo os pesquisadores, se você ultrapassar esse tempo, estará colocando sua audição em risco.

    Ouça um bom conselho e proteja sua audição agora mesmo


  • LumineImages/iStock

    Pare de fumar

    Acrescente a audição à lista de funções orgânicas prejudicadas pelo tabagismo. Após analisar oito grandes estudos, pesquisadores concluíram que fumar aumenta de 33% a 189% o risco de perda auditiva. Isso porque o tabagismo reduz o fluxo de sangue e oxigênio para o ouvido interno, enfraquecendo as células ciliares que transmitem o som para o cérebro. Se você quer dicas de como parar de fumar, de uma vez por todas, clique aqui!


  • NatchaS/iStock

    Tome vitaminas do complexo B

    Há cada vez mais evidências de que as pessoas com deficiência das vitaminas do complexo B ácido fólico e B12 tendem a apresentar deficiência de audição.

    Quando pesquisadores holandeses deram a 728 idosos (homens e mulheres) 800 microgramas de ácido fólico ou placebo diariamente por três dias, aqueles que tomaram a vitamina apresentaram menos perda auditiva do que os que tomaram placebo. Em outro estudo, pesquisadores injetaram placebo ou vitamina B12 em 20 jovens voluntários diariamente por sete dias e depois expuseram cada grupo a ruídos intensos. O grupo que recebeu vitamina teve melhor recuperação da audição do que o outro grupo.

    Vitamina B12: descubra para que serve e a ingestão recomendada


  • Ivanko_Brnjakovic/iStock

    Pedale, caminhe ou corra

    Ao pedalarem duas vezes por semana, durante 30 minutos, no período de dois meses, 17 jovens adultos sofreram menos perda auditiva após a exposição a ruídos muito intensos do que antes de começarem a se exercitar. Os pesquisadores suspeitam que a explicação esteja no coração mais forte dos ciclistas. Quanto mais forte o coração e melhor a circulação (beneficiada pelo exercício), mais sangue oxigenado chega às frágeis células ciliares do ouvido interno, ajudando-as a resistir aos danos causados pelo ruído.

    20 melhores alimentos para praticantes de caminhada


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados