Faça uma busca
|
Publicado em: 17 de agosto de 2018

Qual é a dieta saudável para o coração?

Douglas Ferreira
Última atualização: 6 de janeiro de 2022
Por: Douglas Ferreira

Entenda os 15 pontos abordados em nosso Quiz.

Qual é a dieta saudável para o coração? Imagem: Denisk999/iStock

Para ajudá-lo a entender melhor, preparamos uma explicação sobre cada uma das 15 questões do Quiz.

  • baibaz/iStock baibaz/iStock

    Pesquisas mostram que alimentos lácteos têm benefícios surpreendentes para a saúde, tornando o leite com baixo teor de gordura a sua bebida. Água e água gasosa são também excelentes escolhas. O suco de frutas obtém pontuações relativamente baixas porque é uma fonte concentrada de açúcar. Refrigerantes dietéticos podem não conter calorias, mas pesquisas sugerem que eles deixam os sinais de saciedade fora dos eixos, acabando por levar você a comer mais. E refrigerantes normais adicionam uma quantidade impressionante de calorias vazias. Alguns especialistas em peso acreditam que o refrigerante seja o colaborador número um para o ganho de peso e o diabetes em muitos países.


  • artisteer/iStock artisteer/iStock

    Massa levemente mal-cozida retardará a digestão, originando uma elevação menor no açúcar do sangue. Alimentos que elevam menos o açúcar são melhores para o coração. Um molho à base de tomate oferece nutrientes que protegem o coração, em especial se você acrescentar outros vegetais. O azeite de oliva é uma gordura saudável e, junto com o alho, proporciona substâncias que podem manter sua pressão arterial baixa e seu sistema cardiovascular saudável. Refeições pré-embaladas são em geral ricas em sódio e açúcar e pobres em nutrientes.


  • Magone/iStock Magone/iStock

    Cozinhar com ingredientes frescos é uma das coisas mais saudáveis que você pode fazer. Quanto mais preparação você deixar a cargo dos fabricantes, maior sua ingestão de substâncias que podem prejudicar o coração. Por exemplo, muitos molhos comprados prontos são ricos em açúcar.


  • monticelllo/iStock monticelllo/iStock

    Pão é bom – desde que contenha muita fibra. A fibra desacelera a digestão dos carboidratos, moderando as oscilações do açúcar do sangue. Só o pão integral ainda tem a cobertura fibrosa em torno do grão, e ele contém a maioria das vitaminas B, o que também é bom para o coração. Pães multigrãos oferecem mais fibras do que o branco, mas certifique-se de que a embalagem também diga grão integral. Pães pretos e brancos são essencialmente a mesma coisa – toda a fibra foi removida.


  • ribeirorocha/iStock ribeirorocha/iStock

    O arroz branco não é porcaria – mas também não é saudável. Como um grão refinado, ele foi desprovido da maioria dos nutrientes e, pior, faz o açúcar do sangue se elevar, o que pode aumentar o colesterol. A fibra é a razão para se escolher o arroz selvagem ou o integral. Evite os do tipo instantâneo; eles são digeridos muito rapidamente pelo corpo. As calorias que o arroz instantâneo proporciona são armazenadas como gordura.


  • Lisovskaya/iStock Lisovskaya/iStock

    Surpreendentemente, carne de porco, de cordeiro e bovina podem ter um papel valioso em uma dieta saudável para o coração. Isso se deve grandemente ao fato de que elas são uma grande fonte de proteína, o que o ajuda a se sentir satisfeito. Claro, o pecado está nos detalhes… você irá querer escolher cortes magros e consumir porções moderadas.


  • brunorbs/iStock brunorbs/iStock

    Pessoas que comem peixe duas vezes na semana reduzem em até 36% seu risco de infarto. Quanto mais você comer, melhor.


  • margouillatphotos/iStock margouillatphotos/iStock

    Pessoas que pulam o café da manhã pesam mais. O melhor café da manhã contém proteína (presente no mingau de aveia) para ajudar a ficar satisfeito até o almoço. Como os carboidratos simples são o inimigo número 1, o café da manhã pode ser um campo minado se você não tiver cuidado. Evite cereais açucarados e qualquer forma de pão branco.


  • ALLEKO/iStock ALLEKO/iStock

    Azeitonas e hummus são ricos em gordura “boa” para o coração. O camarão é outra excelente escolha; ele fornece as mesmas gorduras benéficas para o coração que outros peixes, e seu colesterol tem pouco efeito nos seus níveis no sangue. O molho salsa tem muitas hortaliças – mas não vá ficar maluco com os chips.


  • Chepko/iStock Chepko/iStock

    Os laticínios obtêm pontuações altas. Evidências sugerem que os alimentos lácteos podem ajudar a perder peso, baixar a pressão arterial e reduzir a inflamação nas artérias. Mas se você comer a versão integral da maioria dos laticínios, estará acrescentando gordura saturada a sua dieta – e esta é uma gordura que você quer limitar.


  • gpointstudio/iStock gpointstudio/iStock

    Como e onde você come podem ser tão importantes quanto o que você come. Sentar-se à mesa para uma refeição uma vez ao dia melhora a saúde de qualquer um. As pessoas em geral comem mais devagar e fazem escolhas mais sensatas dos alimentos quando comem juntas.


  • firina/iStock firina/iStock

    Quando se trata de frutas, fora da vista significa fora da mente. Vários estudos concluíram que famílias que mantêm as frutas à mostra são mais propensas a comê-las – e antes que estraguem. Isso significa que você vai fazer valer seu dinheiro através do corredor de hortifrutis, em vez de sempre jogar fora as frutas esquecidas – e estragadas – escondidas na gaveta da geladeira. E você e sua família terão se abastecido de petiscos muito mais nutritivos.


  • AlexRaths/iStock AlexRaths/iStock

    Os carboidratos que você deve comer para a alegria de seu coração são hortaliças coloridas. Essas hortaliças devem ser uma parte da maioria de suas refeições, e sempre em seu jantar. Mostraremos formas de converter essa tarefa em prazer. Batatas fritas e purê de batatas sem a pele, embora populares, são bem menos benéficos do que outras hortaliças.


  • e-anjei/istock e-anjei/istock

    Há muitos óleos saudáveis que você pode usar para cozinhar. Você já conhece os benefícios do azeite de oliva, mas aprenderá mais sobre outros óleos saudáveis no post 7 tipos de óleos para melhorar a saúde. Margarina sem gordura trans é um pouco melhor do que manteiga. Mas a manteiga também tem seu espaço. Nas quantidades certas, ela pode proporcionar o sabor que o deixará satisfeito, e o benefício para a saúde de não desejar – nem comer – mais tem peso maior do que qualquer dano que essas poucas gorduras saturadas possam causar.


  • Denira777/iStock Denira777/iStock

    Você não tem de evitar todas as gorduras. Frutos oleaginosos (nozes, amêndoas, avelãs, castanhas) são uma excelente escolha para um lanche, porque contêm gordura boa e proteína para acalmar sua fome muito melhor do que um saco de fritas ou doce. Frutas, claro, também são um excelente lanche.