Faça uma busca

Esse site usa cookies para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade

|
Publicado em: 11 de junho de 2019

Queijo: herói ou vilão para a saúde?

Douglas Ferreira
Última atualização: 11 de junho de 2019
Por: Douglas Ferreira

O queijo pode ser um alimento calórico ou um grande trunfo na nossa dieta. Tudo depende de como o consumimos.

Queijo: herói ou vilão para a saúde? Imagem: jantroyka/iStock

Praticamente desprovido de carboidratos, mas rico em proteínas, o queijo é com certeza um bom alimento. Além disso, proporciona sensação de saciedade. O queijo é ainda uma excelente fonte de cálcio, e os estudos mostram que ingerir grande quantidade de cálcio a partir de alimentos pode ajudar a prevenir a resistência à insulina. Segundo um estudo recente, mulheres que consomem grande quantidade de cálcio a partir de produtos derivados do leite também apresentam um risco significativamente mais baixo de desenvolver síndrome metabólica, distúrbio relacionado tanto ao diabetes como a doenças cardíacas.

Isso tudo não quer dizer que você pode abusar. O queijo é riquíssimo não só em calorias, mas também em gordura saturada – o tipo que obstrui artérias e reduz a sensibilidade do organismo à insulina. E é por isso que vale a pena, sempre que possível, pagar um pouco mais caro por variedades com pouca gordura, como queijo cottage, requeijão light, mozarela light, ricota, queijo-de-minas e queijo de cabra. Caso contrário, os malefícios podem facilmente superar os benefícios. Os queijos cremosos contêm menos gordura por cada 30 g do que os queijos duros (em geral, cerca de 6 g a 7 g em vez de 8 g a 9 g).

Leia também:

Quando você usar um queijo duro, como o cheddar, diminua a quantidade ou use uma variedade light. Certamente você não optará pelo cheddar light; então, experimente outras variedades. Sugerimos o queijo de cabra com ervas e gotas de limão. O suco ácido oferece um benefício adicional, pois o ácido ajuda a baixar a glicose no sangue. Outra forma de cortar as calorias do queijo é escolher um tipo que tenha aroma forte, como parmesão, romano, feta ou Münster, porque uma pequena quantidade já basta para conferir sabor e você acaba consumindo uma quantidade menor.

O queijo não seria tão prejudicial se o consumíssemos em menor quantidade. Abusamos dele na lasanha e em pizzas, mas é fácil solucionar esse problema! Ao preparar uma lasanha, você pode usar a mesma porção de ricota (semidesnatada) e parmesão, mas apenas a metade da mozarela
(semidesnatada). Acrescente um pouco de molho de espaguete para manter a lasanha bem suculenta. Quanto à pizza, você pode pedir nos restaurantes que coloquem apenas a metade da porção de mozarela.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

Assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados