A vida moderna é muito barulhenta. Não é por acaso que a maioria dos problemas de audição são causados pela exposição prolongada a volumes altos. Por esse motivo, a preocupação com a saúde auditiva cresce a cada dia.

Grande parte do problema tem a ver com as escolhas relacionadas ao estilo de vida. Ouvir música alta nos fones de ouvido, ficar muito próximo a caixas de som durantes shows são alguns exemplos. Além disso, há os ruídos próprios da vida na cidade e específicos de algumas profissões.

Apenas uma semana como bombeiro, policial, músico, operário de fábrica ou construção civil  pode prejudicar a audição. Enquanto na maior parte da história da humanidade não havia motores, máquinas e música amplificada, hoje em dia somos expostos a um desfile infinito de sons altos o tempo inteiro.

Mas o que fazer para se proteger no meio dessa sinfonia maluca da vida moderna? Em primeiro lugar, é fundamental fazer o que puder para proteger a audição que você tem agora. O passo mais simples é evitar barulhos muito altos. Caso isso seja difícil para você devido a sua profissão ou lugar em que mora, talvez seja necessário investir em acessórios protetores.

Confira 5 dicas para preservar sua audição

1. Use tampões

Compre tampões para deixar em casa, no carro e na bolsa. Use-os quando for exposto a qualquer som acima de 85 decibéis, como um show, um casamento com música alta ou algumas horas em uma academia barulhenta.

Não use bolas de algodão ou pedaços de lenços enfiados na orelha. Enquanto os tampões de espuma podem bloquear até 32 decibéis, as bolas de algodão ou lenços bloqueiam o som de apenas 7 decibéis. Se você precisar de mais proteção, procure tampões feitos sob medida no consultório de um otorrino ou dispositivos especiais para eliminação de som.

2. Evite os fones de ouvido

Você ama fones de ouvido? Suas músicas são consideradas altas demais quando outras pessoas conseguem ouvir o som de seus fones a um metro de distância. Por isso, só escute música diretamente nos ouvidos por apenas 1 hora e meia por dia em um volume normal. No volume máximo, o recomendável são só cinco minutos. Mais do que isso pode causar o incômodo zumbido no ouvido e perda de audição.

3. Fique longe das caixas de som

Caso você esteja em um lugar onde o barulho é excessivo, como um show ou festa, troque de lugar. Faça o mesmo se você não conseguir ouvir uma pessoa que está a apenas alguns centímetros de distância, se tiver de levantar a própria voz para ser ouvido ou se os sons a sua volta parecerem abafados.

4. Cuidado com os fogos de artifício

Fogos de artifício e foguetes barulhentos são considerados essenciais em festividades do mundo inteiro, mas podem prejudicar os ouvidos de pets e humanos. Dessa forma, é importante apreciá-los apenas com os olhos e utilizar tampões nos ouvidos.

5. Proteja sua audição dos roncos

Um estudo canadense revelou que pessoas que dormiam com outras que roncavam sofreriam perda de audição no ouvido que ficava mais perto do parceiro. O ronco pode chegar a 80 decibéis (tão alto quanto alguém pedindo socorro) ou a 90 decibéis, o equivalente ao barulho do tráfego pesado de veículos. Ou seja, mantenha os tampões na mesa de cabeceira e proteja-se dos roncos do seu parceiro ou parceira.

Em todo caso, saiba que a perda auditiva pode ser reversível. Conheça os tipos, diagnósticos e tratamentos

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!