Faça uma busca
Saúde

Zumbido no ouvido: o que pode ser e como lidar

Descubra quais são as possíveis causas e como lidar com o incômodo

Escrito por:

Iana Faini

Redator
zumbido no ouvido
ChesiireCat/iStock
Publicado em: Última atualização:

Podem dizer que o zumbido no ouvido é coisa da sua cabeça, mas, não, ele é muito real. A barulheira, o assobio ou a velha campainha nos ouvidos aflige muitas pessoas. Saiba mais sobre este incômodo a seguir.

O que é o zumbido no ouvido

O nome médico para o zumbido persistente nos ouvidos é tinido, de tinnitus, que, em latim, significa “soar da campainha”. Em determinadas pessoas, principalmente naquelas com mais de 60 anos de idade, o zumbido pode ser tão perturbador a ponto de interferir no sono e gerar depressão e ansiedade.

Sintomas

Ruído de campainha, zunido, ronco, assobio ou apito nos ouvidos. Às vezes, o tinido só é percebido se você estiver em um lugar silencioso.

Causas

A maioria dos casos de zumbido deriva da perda auditiva causada pela idade ou pela exposição repetida a barulhos intensos (música alta, tiros, maquinário industrial), que podem lesar os nervos e os minúsculos pelos no ouvido interno que detectam o som.

Outras causas, algumas das quais facilmente remediáveis, incluem o excesso de cera no ouvido, otites, excesso de álcool, insuficiência da circulação sanguínea e os efeitos colaterais de determinadas medicações, principalmente antibióticos ou ácido acetilsalicílico. Além de tumores, alergias e problemas na mandíbula e no pescoço.

Quando procurar um médico

Existem diversos tratamentos disponíveis dependendo da causa do problema. Por isso, não hesite em procurar um neurologista se o ruído interferir nas suas atividades diárias ou no sono; se vier acompanhado de dormência facial, tontura, náuseas ou perda de equilíbrio; ou se afetar apenas um ouvido durante um período prolongado.

Como prevenir

Se você nunca teve zumbido no ouvido ou se ele está apenas começando, evite que se agrave observando as 6 recomendações a seguir: