Já se perguntou se seu gato ou cachorro é feliz? Com o tanto de alegria que os animais de estimação nos trazem, é difícil nunca ter pensado nisso. Se seu animal de estimação pudesse falar, ele teria alguns segredos para contar a você que o deixaria muito contente se você seguisse. Confira a lista de dicas para deixar seu pet feliz sempre e retribuir todo o carinho que ele lhe dá:

1 Cuidado com o sono

Talvez você ache que dormir o dia inteiro seja bom, mas sono demais pode afetar a personalidade do seu bicho de estimação. Muitos problemas de comportamento podem ser resolvidos levando o cachorro para um simples passeio diário ou brincando com o gato 20 minutos por dia. Isso também pode evitar a obesidade e problemas de saúde decorrentes do sedentarismo.

2 Conheça os hábitos do seu pet

Seus animais de estimação possuem hábitos e uma pequena mudança de comportamento é um alerta de que ele possa estar doente. Portanto, se levar uma hora para comer em vez dos 60 segundos de sempre, se ele se cansar mais depressa quando brincar, se houver mais urina na caixa de areia do que de costume, ou se beber mais água, consulte logo o veterinário.

3 Ensine bons hábitos

Não espere seu pet ficar adulto para começar a corrigir o mau comportamento. Especialistas dizem que é mais fácil ensinar bons hábitos desde o princípio do que destreinar maus hábitos.

4 Dê atenção ao seu cão

Cães também ficam entediados. Quando começarem a latir, correr por toda a casa e destruir objetos como sapatos, não significa que estão sendo maus. Eles querem atenção!

5 Gatos não gostam de ficar encurralados

Antes de comprar uma casinha sofisticada para abrigar a caixa de areia do seu gato, não se esqueça de que, em geral, eles não gostam de sentir-se encurralados. Preferem uma caixa descoberta que fique fora do caminho, mas de onde possa ver a sala e escapar caso aviste alguma ameaça. Atenção também para o tipo de areia higiênica da caixa, grãos muito ásperos podem incomodar as patas e o induzir a fazer suas necessidades em outros locais. Saiba mais sobre como evitar que seu gato faça xixi pela casa no link.

6 Gatos também podem ser treinados

Gatos são criaturas muito inteligentes e independentes, e também podem ser treinados. É possível achar ótimos vídeos com instruções até mesmo no YouTube.

7 Entenda os sinais do seu gato

Ronronar não quer dizer somente que seu gato esteja feliz e contente. Eles também ronronam quando sentem dor ou medo, porque é um mecanismo que me acalma.

8 Gatos amam brinquedos

Gatos amam os brinquedinhos bonitos, mas podem se divertir do mesmo jeito com uma sacola de papel sem as alças, uma bola de papel-alumínio ou uma simples caixa. Na verdade, é muito fácil (e barato!) criar um brinquedo feito à mão que seu gatinho vai adorar.

9 Mastigar grama ou capim é normal para eles

Embora alguns cães comam capim apenas quando comem algo que queiram regurgitar, outros simplesmente adoram mastigar grama. Portanto, deixe seu cãozinho comer, mas verifique se o capim que ele está comendo é livre de pesticidas.

10 Atenção à dieta canina

Cães mais idosos não são muito diferentes de humanos. Eles também ficam doentes com maior facilidade e necessitam de uma dieta especial e acompanhamento médico especializado para que fique em dia com sua saúde. Em alguns casos, oferecer um alimento formulado para animais da idade dele pode ser suficiente. Mas lembre-se: ter a orientação de um veterinário é essencial!

11 Cães também se sentem incomodados

Se seu cão estiver dando sinais de ansiedade como por as orelhas para trás, afastar a cabeça ou bocejar enquanto alguém brinca com ele, é provável que ele não esteja gostando muito. Respeite o espaço dele. Evite deixa-lo desconfortável, qualquer dia desses ele pode perder a paciência.

12 Cães ficam acuados com estranhos

Se um cão não está acostumado com estranhos, estender a mão ao encontrá-lo pela primeira vez não é uma boa ideia. Ele pode achar que está em perigo. É melhor se agachar e não encarar. Deixe que o cão se aproxime e cheire você.

13 Pet feliz é pet tratado como pet

Hoje em dia é comum ver gatos sendo transportados em “mochilas para gatos” enquanto as tradicionais caixas de transporte são mais adequadas e até mesmo cachorros andando em carrinhos de bebê. Lembre-se que seu amigo, por mais esperto que seja, ainda é um animal e portanto é diferente de nós. Cães, por exemplo, gostam de rotina e vivem melhor seguindo os mesmo horários todos os dias, diferentemente de nós. Tentar tratar os bichinhos como humanos só causa muito estresse para eles.