Desejo de uns, pavor de outros tantos. Viajar sozinho é, acima de tudo, uma possibilidade de autoconhecimento, independência e amadurecimento.

Seja por falta de opção ou necessidade, o fato é que a prática ganha cada vez mais adeptos ao redor do mundo.

Como viajar de férias mesmo sem dinheiro

Se você é ou pretende ser um turista solitário, confira as 21 dicas para viajar sozinho que preparamos. Veja nos slides a seguir.

  • Vasyl Dolmatov/iStock

    1. Respeite

    Uma vez que estará sozinho(a), não será possível a compensação no quesito bom senso. Portanto, atente para respeitar a cultura local.

  • anyaberkut/iStock

    2. Seja certeiro(a) no destino

    Pesquise tanto quanto necessário antes de se lançar à viagem. Há países e regiões pouco amistosas para viajar sem companhia. Acerte na escolha do destino.

  • YakobchukOlena/iStock

    3. Trace sua própria rota

    Viajar sozinho(a) lhe permitirá planejar seu próprio percurso, inclusive abrindo mão dos roteiros turísticos.

  • grinvalds/iStock

    4. Planeje

    Se optou por viajar sem companhia, ninguém além de você pode planejar a viagem. Tenha claro qual sua intenção com a aventura. Por exemplo, se quer economizar, comprar antes é importante.

  • jacoblund/iStock

    5. Separe bons livros

    Sem um parceiro(a), terá tempo de sobra em silêncio absoluto. Escolha livros para ler durante os percursos de sua viagem. Vai enriquecer ainda mais sua experiência.

  • Studio-Annika/iStock

    6. Escolha bem a estadia

    Pesquise com atenção sobre a pousada ou hotel que irá se hospedar. Considere as avaliações de outros hóspedes e confira detalhes como segurança do local.

  • sanddebeautheil/iStock

    7. Não abra mão do GPS

    Você está sozinho(a) em um lugar novo. O GPS será um grande aliado na sua viagem.

  • danr13/iStock

    8. Estabeleça relações com os locais

    Nativos conhecem a região melhor do que qualquer pessoa. É importante aproveitar dicas de quem mora no local.

  • Natali_Mis/iStock

    9. Faça um seguro saúde

    Contar com a sorte pode custar muito caro em outro país. Esteja respaldado com um seguro de saúde. É barato e compensa.

  • Denisfilm/iStock

    10. Saiba o idioma local

    Em caso de viagem para fora do país, conheça o mínimo do idioma local para se comunicar. Embora seja língua universal, o inglês nem sempre é bem aceito em países cuja língua nativa é outra.

  • diego_cervo/iStock

    11. Mantenha contato

    Embora faça o trajeto sozinho(a), é importante manter contato com pessoas próximas e deixá-las informadas sobre seu itinerário.

  • Helena Lopes/Unsplash

    12. Dê preferência a hostel

    Estar hospedado(a) em um hostel permite conhecer pessoas de diferentes países e culturas, além de pessoas que também estão viajando sem companhia.

  • pcess609/iStock

    13. Cópia dos documentos

    Faça cópias de seus documentos e tenha guardado no e-mail ou na nuvem. Importante ter como backup.

  • Halfpoint/iStock

    14. Salve números úteis

    Tenha no seu celular número de telefones úteis, como o da embaixada brasileira local, por exemplo. Nunca se sabe quando vai precisar.

  • fizkes/iStock

    15. Socialize

    Apesar do percurso solitário, ao chegar no destino da viagem, socialize. Estabeleça diálogo em todos os ambientes que estiver.

  • rodrigobellizzi/iStock

    16. Administre bem seu dinheiro

    É fundamental planejar seus gastos para não passar por dificuldades na sua viagem. Sozinho(a), não terá a quem recorrer.

  • AntonioGuillem/iStock

    17. Tenha um chip local

    Para não perder completamente a comunicação, invista em um chip de telefone da região.

  • anyaberkut/iStock

    18. Siga seu instinto

    Se atravessar aquela rua parece arriscado, não ouse. Siga seu instinto. Lembre-se: você está sozinho(a).

  • Chalabala/iStock

    19. Arrisque-se

    O que enriquece a viagem são as experiências locais, a sensação de integração com a cultura da região. Portanto, não hesite em experimentar comidas nas barracas de rua, por exemplo.

  • monkeybusinessimages/iStock

    20. Fuja da zona de conforto

    Como não terá companhia, permita-se sair da zona de conforto, uma vez que não haverá alguém para estabelecer limite. Vá no seu ritmo.

  • Alfribeiro/iStock

    21. Só leve o necessário

    Uma mala enorme só lhe trará dificuldades de locomoção. Leve somente o necessário para o período determinado da vigem.